CARNAVAL

Renascer de Jacarepaguá

Conheça o samba-enredo 2012 da escola, "O Artista da Alegria Dá o Tom na Folia"

- Atualizado em

renascer.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Vem de Jacarepaguá a única estreante no Grupo Especial. A Renascer faz uma homenagem ao artista plástico Romero Britto, que nasceu pobre em Pernambuco e conquistou o mundo, principalmente os Estados Unidos, onde mora, com sua pintura leve e colorida, e de grande acento pop. Ele próprio estará presente, no carro alegórico que encerra o desfile. Muitos artistas estrangeiros que possuem obras de Britto em casa foram convidados pela escola, mas nenhum garantiu presença.

A escola

Nome completo Renascer de Jacarepaguá

Ano de fundação 1992

Símbolo Uma pomba

Bases Jacarepaguá, Tanque, Freguesia

Cores Vermelho e branco

Algumas figuras ilustres Adélia Sorriso, Dona Sissi, Rubinho, Sabará

Versos que marcaram "Na fonte da vida eu vou me banhar/ berço das águas vem saciar/ a minha sede é tremenda para à vitória chegar"

Títulos no grupo principal Nenhum

Ano passado Campeã do Acesso A

Atual presidente Antônio Carlos Salomão

O desfile

Enredo O Artista da Alegria Dá o Tom na Folia

Carnavalesco Edson Pereira

Mestre de bateria Paulão

Rainha da bateria Patrícia Nery

Autores do samba Adriano Cesário, Cláudio Russo, Fábio Costa e Isaac

Intérprete Rogerinho Renascer

Coreógrafa da comissão Alice Arja

Mestre-sala Fábio Júnior

Porta-bandeira Jéssica

Uma ala bacana As baianas, com lâmpadas de LED na saia

Uma alegoria legal O carrossel de bonecos de Olinda

Famosos convidados Carl Lewis, Michelle Martins, Luís Salém, Zezé Barbosa

Concentração No edifício Balança

Entrada na avenida Domingo, 21h

O samba

Esse dom que faz o artista imortal

É luz do céu para pintar

A Renascer no Carnaval

O faz buscar em cada cor o infinito

Acreditar Romero Brito

Que Deus mora na inspiração

Em páginas arte que viu

O inverso se abriu, presente de irmão

Contraste que se refletiu

Universo do artista, outra direção

Nas cores de sua aquarela

Valores brincando na tela

Aquele abraço desenhar

Gira o compasso eu quero outra vez sambar

Sensibilidade, pop arte ao mundo espalhou

Sorrir é brilhar,

Dar ao papel a emoção que seduz

Eu sei que arte vai reinar

Tal qual as telas na Cidade-Luz

Do alto do morro o Redentor abraça o gênio

Que hoje repinta esta cidade

Moleque Recife é saudade

Há tantos meninos assim

Querendo um sonho,

Na liberdade das cores sem fim

Pintor da alegria, calor da emoção

Pintou Renascer no meu coração

No tom da folia vou me apresentar

Na Galeria Jacarepaguá

Fonte: VEJA RIO