Rock in Rio

Roubos assustam no Rock in Rio

Espectadores relatam furtos e reclamam da falta de organização do festival

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

MG_73051.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Um grupo de ladrões assustou os espectadores na primeira noite do Rock in Rio. Às 22h, cerca de 50 pessoas se aglomeravam na delegacia montada próxima da Cidade do Rock. Todos relatavam crimes parecidos. Um grupo pequeno, com quatro pessoas, se aproxima e esbarra na vítima. "Fizeram um empurra empurra próximo ao stand da Philips", contou Alexandre Sobral, que perdeu a carteira e os documentos. Ele disse ainda que a organização do festival não ajudou. "Ninguem me disse para onde deveria ir. Precisei seguir até a porta".

Os ladrões também agiram com violência. A estudante Paula Guerreiro teve seu aparelho telefônico arrancado da mão. "Passei dez minutos dentro da Cidade do Rock. Ele machucou minha mão. Gritei por ajuda mas ele saiu correndo". Ela reclamou ainda da segurança para entrar no evento. "Ninguem me revistou". O estudante Thales Cardoso levou um soco na barriga antes que roubassem sua carteira e o passaporte. "Estava no show da Claudia Leitte quando fui agredido". O biomédico Gabriel Machado contou que, ao chegar na delegacia, foi informado pela polícia de que a fila estava grande e que ele poderia voltar depois do show. "Tinha muita gente reclamando".

Na fila da delegacia, Ricardo Veloso contou ter perdido seu celular. "Conseguimos agarrar o ladrão. A segurança o levou para a polícia, que não nos dá informação sobre ele". Grande parte das carteiras roubadas são entregues no posto de informações da Prosegur, responsável pela segurança da festa. O stand fica na entrada e uma atendentes informou que o local, incialmente apenas para informações, virou um achados e perdidos tamanha a quantidade de carteiras devolvidas ali.

Fonte: VEJA RIO