EXPOSIÇÕES

Ron Mueck

Artista traz ao Rio nove de suas esculturas hiper-realistas.

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Patrick Gries/Paris/divulgaçÃo
| Crédito: Redação Veja rio

Filho de fabricantes de brinquedos, este australiano de Melbourne, atualmente radicado em Londres, costumava dedicar boa parte do seu tempo na infância a modelar figuras, talento que desenvolveria profissionalmente mais tarde no cinema, na televisão e na publicidade. No fim dos anos 90, descoberto pelo colecionador britânico Charles Saatchi, teve seu trabalho alçado ao mundo da arte contemporânea e conquistou enorme reconhecimento ? proporcional, diga-se, ao tamanho de algumas de suas esculturas hiper-realistas. Uma delas, Boy, com 5 metros de altura, foi exibida na prestigiada Bienal de Veneza em 2001. Nove dessas impactantes criações estão reunidas na individual que abre as portas na quinta (20) no MAM. É assombroso o grau de detalhismo de esculturas como Mask II (2002), uma cabeça de homem, com direito a linhas de expressão, veias saltadas na testa e barba por fazer, repousando sobre um pedestal. Três obras foram criadas no ano passado especialmente para a exposição, que já passou por Paris e Buenos Aires: uma mostra um casal de adolescentes, outra representa uma mãe com seu bebê e a última traz um casal de idosos na praia, do alto de seus 3 metros.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e, na quarta, a partir das 15h, para todos. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 1º de junho. A partir de quinta (20).

Fonte: VEJA RIO