COTIDIANO

Rio terá reforço na frota de ônibus

Prefeitura adotou a medida a fim de atender população das zonas Sul e Oeste após proibição da circulação de vans

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

onibus.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A partir deste fim de semana, os consórcios que operam o sistema de ônibus da cidade deverão reforçar a frota de parte das linhas que circulam nas zonas Sul e Oeste. A medida foi determinada pela Prefeitura a fim de suprir a demanda de transporte público que será criada com após a publicação do decreto 37 180, que estende a proibição da circulação de vans a novos bairros da Zona Sul. Com a medida, que entra em vigor no sábado (25), os consórcios serão obrigados a operar com 100% da frota nas linhas de ônibus determinadas e, em alguns casos, com número extra de veículos.

A decisão vai atender as populações de bairros como Glória, Catete, Flamengo, Largo do Machado, Laranjeiras e Cosme Velho, além de linhas que ligam bairros da Zona Oeste ao Centro e à Tijuca. O aumento da frota visa evitar os transtornos que ocorreram em abril, quando houve a primeira fase da proibição da circulação de vans na cidade, com atrasos, ônibus lotados e filas nos pontos de parada. Equipes da Secretaria de Transportes estarão nas ruas para acompanhar o cumprimento das orientações e avaliar o atendimento à população.

Veja abaixo quais serão as linhas que terão aumento da frota na cidade:

Zona Sul

507 ? Largo do Machado x Silvestre ? 150% da frota

137 ? Largo do machado x Rodoviária - 100% da frota

183 ? Laranjeiras x Central ? 100% da frota

583 ? Cosme Velho x Leblon (via Jardim Botânico) ? 120% da frota

584 ? Cosme Velho x Leblon (via Copacabana) ? 120% da frota

583 ? Cosme Velho x Central ? 100% da frota

Ligação Barra/Jacarepagua/Recreio ? Centro: Via Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá

Linhas do Centro

306 - Castelo x Praça Seca (via Av. Men. Cortes) ? 100% da frota

340 - Praça XV x Curicica (via Cidade de Deus/Av. Men. Cortes) - 100% da frota

341 - Praça Mauá x Taquara ? 115% da frota

368 - Castelo x Rio Centro ? 100% da frota

390 - Praça XV x Curicica (via Guerenguê) ? 125% da frota

2110 - Castelo x Gardênia Azul ? 130% da frota

2111 - Castelo x Praça Seca (via Av. Menezes Cortes) - 130% da frota

2114 - Castelo x Freguesia ? 130% da frota

Tijuca

600 - Praça Saens Pena x Taquara (via Cidade de Deus e Av. Menezes Cortes) - 124% da frota

601 - Praça Saens Pena x Taquara (via Av. Menezes Cortes) ? 120% da frota

Ligação Barra/ Jacarepaguá/Recreio ? Centro: Via Estrada de Furnas

Centro

301 - Rodoviária x Barra da Tijuca (via Av. das Américas) ? 110% da frota

302 - Rodoviária x Recreio dos Bandeirantes (via Av. Sernambetiba) - 110% da frota

345 - Praça Mauá x Barra da Tijuca - reforço de 130% da frota

Ligação Barra/ Jacarepaguá/Recreio ? Centro: Via Linha Amarela

303 - Rodoviária x Barra da Tijuca ? 100% da frota

315 - Central x Recreio dos Bandeirantes - 130% da frota

331 - Castelo x Praça Seca - 100% da frota

337 - Praça XV x Curicica - 160% da frota

338 - Praça Mauá x Taquara - 150% da frota

339 - Rodoviária x Cidade de Deus - 100% da frota

343 - Praça XV x Joatinga - 100% da frota

348 - Castelo x Rio Centro - 100% da frota

352 - Castelo x Rio Centro (via Autódromo e Linha Amarela) - 160% da frota

361 - Carioca x Recreio dos Bandeirantes - 130% da frota

380 - Praça XV x Curicica (via Linha Amarela / Estr. do Pau Ferro) - 100% da frota

2112- Castelo x Taquara - 130% da frota

955 ? Maré x Alvorada - 100% da frota

Via Túnel da Grota Funda

Campo Grande

2334 - Campo Grande x Castelo (via Estr. da Ilha e Barra da Tijuca) - 125% da frota

2338 - Campo Grande x Castelo (via Estr. do Magarça) - 100% da frota

2801 - Campo Grande x Barra da Tijuca (via Magarça) - 240% da frota

Santa Cruz

2335 - Santa Cruz x Castelo (via Barra da Tijuca) - 100% da frota

2337 - Santa Cruz x Castelo (via Sepetiba) - 100% da frota

2802 - Santa Cruz x Barra da Tijuca (via Américas) - 100% da frota

Bangu

853 - Vila Kennedy x Barra da Tijuca - 100% da frota

LECD - Vila Kennedy x Barra da Tijuca - 100% da frota

Fonte: VEJA RIO