DE BRAÇOS ABERTOS

Rio prepara a festa dos 450 anos de fundação da cidade

Calendário comemorativo, que começa no Réveillon, se estende até 2016

Por: - Atualizado em

Divulgação/Comitê Rio450
(Foto: Redação Veja rio)

O aniversário é só em 1º de março de 2015, mas a festa dos 450 anos do Rio já está praticamente pronta: as comemorações terão início no Réveillon e irão se estender até março de 2016. Ao longo desses 14 meses, a idéia é valorizar todo o repertório histórico, artístico e cultural carioca.

O grande momento será, claro, em março, que terá um tema para cada um de seus cinco fins de semana, sempre com inspiração em expressões consagradas pelos cariocas. A agenda protocolar ganhou o nome "Cidade Maravilhosa", a cidadania leva a marca "Gentileza Gera Gentileza"; atividades ao ar livre serão incentivadas "Do Leme ao Pontal", a musicalidade será celebrada em "Minha Alma Canta" e, para fechar o mês de festa, um pot-pourri dos temas anteriores foi batizado de "Aquele Abraço".

Divulgação/Comitê Rio450
(Foto: Redação Veja rio)

Ao longo de todo o ano de 2015, datas tradicionais como os dias de São Sebastião (20/01), de São Jorge (23/04), do Chorinho (23/04), da Consciência Negra (20/11) e do Samba (01/12) também irão receber uma roupagem comemorativa dos 450 anos. As crianças vão ganhar um mês inteiro dentro do calendário festivo: julho foi escolhido por ser o mês de férias escolares.

Em outubro, na época da Festa da Penha, será a vez dos cariocas protagonizarem o evento: serão entregues as seis iniciativas escolhidas pela população para festejar o aniversário por meio de consulta pública feita pelo portal rio450anos.com.br. Foram quase 1,5 mil sugestões, das quais 30 submetidas à votação popular. Ao longo de 45 dias, cerca de 100 mil pessoas votaram para escolher cinco iniciativas em cada área de planejamento da prefeitura e uma para a categoria especial "Todo o Rio".

O grande destaque da votação que escolheu as festas e presentes que o carioca desejava para a cidade foi o Festival de Bossa Nova, em Ipanema, que superou a marca de 30 mil votos. Em seguida, vieram a reforma da pista de skate da Praça Nossa Senhora da Apresentação, no Irajá, e a arborização da Estrada de Três Rios, em Jacarepaguá, que superaram a marca de 14 mil votos. O programa de mutirão para a pintura de fachadas e muros de casas em Santa Cruz, Campo Grande, Bangu e arredores levou cerca de quatro mil votos e também vai sair do papel. Duas ideias que reverenciam a memória do município fecham os projetos escolhidos: uma exposição com material histórico coletado junto à população do Centro Histórico e da Zona Portuária angariou quase mil votos e a ocupação cultural da Ladeira da Misericórdia, logradouro mais antigo dacidade e resquício do mítico Morro do Castelo, arrecadou mais de quatro mil votos na categoria especial "Todo o Rio".

Divulgação/Comitê Rio450
(Foto: Redação Veja rio)

Em fevereiro de 2016, último mês do calendário comemorativo, haverá um grande encontro acadêmico para debater os próximos 50 anos do Rio de Janeiro. A Conferência do V Centenário reunirá especialistas nas áreas de mobilidade, sustentabilidade, inovação e urbanismo.

Os 450 anos também ganharam um decreto pra chamar de seu: trata-se do Pró Carioca, um Programa de Valorização da Memória e da Cultura Popular do Rio. A idéia é promover novos circuitos para a valorização do patrimônio material e imaterial da cidade, seja ele oficialmente reconhecido ou popularmente consagrado; promover a diversidade do repertório artístico e as manifestações culturais locais e, ainda, realizar ações de estímulo ao estudo da história da cidade, seus símbolos e personagens emblemáticos. Nas escolas municipais, haverá o reforço da identidade da cidadania carioca com cerimônias semanais de hasteamento da bandeira do município, acompanhada da execução do hino "Cidade Maravilhosa".

Escolha da marca celebra a carioquice

Nas festividades do IV Centenário, em 1965, o símbolo criado pelo designer Aloísio Magalhães teve papel fundamental no engajamento e mobilização dos cariocas. Diante da importância de uma imagem forte e de destaque, o Comitê Rio450 abriu um concurso público para a escolha da marca comemorativa.

Divulgação/Comitê Rio450
(Foto: Redação Veja rio)

O escritório Crama Design Estratégico superou outros 27 concorrentes ao fugir de símbolos óbvios como o Cristo e o Pão de Açúcar e optar por uma solução gráfica simples na concepção, mas complexa no conceito. Segundo Ricardo Leite, Diretor de Criação da Crama, a proposta de poucos traços, fácil de desenhar, personalizar e compartilhar, traduz um Rio que acolhe e respeita as diferenças e promove expressões individuais.

"Para comemorar os 450 anos da cidade que já é conhecida por ser maravilhosa, resolvemos homenagear os cariocas e seu estilo de vida - a carioquice. Construímos uma solução única, porém múltipla. Uma marca narrativa, que provê a interatividade. Por meio de um perfil formado pelos números 4, 5 e 0, que aceita interferências gráficas de maneira planejada ou livre, a marca ganha vida e significado pleno somente quando cada pessoa cria a sua versão pessoal", explica Ricardo Leite.

A fácil reprodutibilidade foi um dos principais critérios do concurso para a escolha. Para o prefeito Eduardo Paes, ela reflete a alma do carioca. "A marca é fantástica. Adorei e estou cheio de ideias para sua utilização. Queremos que o carioca a utilize livremente. A partir de agora, estará presente em nossas ações e intervenções pela cidade", afirma o prefeito.

Fonte: VEJA RIO