COTIDIANO

Rio inaugura o primeiro centro de tratamento de doenças do cérebro do país

Centro cirúrgico do Instituto Estadual do Cérebro começa a funcionar nesta quinta (1º)

- Atualizado em

cerebro-1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurado nesta terça (30), o Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer terá seu centro cirúrgico em funcionamento a partir desta quinta (1º). O hospital vai concentrar o tratamento de doenças do sistema nervoso central e periférico, como tumores e doenças vasculares e degenerativas. O projeto integral recebeu quase R$ 80 milhões em investimentos do Governo do Estado e será dirigido pelo neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho.

Projetado com o objetivo de se tornar uma referência nacional para tratamento gratuito, o hospital possui quatro centros cirúrgicos, 44 leitos de UTI, 120 leitos de enfermaria, sala de fisioterapia para pacientes de AVC (Acidente Vascular Cerebral), além de um espaço para pesquisa e formação de profissionais. A previsão é realizar de oito a dez cirurgias por dia. Entre elas, procedimentos neuronavegacionais, que são menos invasivos e feitos por computador.

O Instituto do Cérebro não terá atendimento de emergência. Após o primeiro diagnóstico de necessidade de neurocirurgia, o paciente será encaminhado por meio da Central Estadual de Regulação para a realização de consulta para avaliação de exames e risco cirúrgico. O modelo de agendamento de consulta é o mesmo já utilizado há um ano e meio no Rio Imagem ? Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI) do Governo do Rio. Cada município terá cota de consultas em um sistema online, de acordo com a sua população.

O Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer fica na Rua Washington Luís, 61, no Centro.

Fonte: VEJA RIO