DIVERSÃO

Rio ganha guia de feijoadas das escolas de samba

Guia reúne histórias, serviços e imagens do prato típico que é tradição nas escolas da cidade

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

guia_feijoadas_capa.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Será laçado nesta quinta (24), o Guia de feijoadas das escolas de samba do Rio de Janeiro. O livro, que tem concepção de Augusto Carazza e Regina Lucia Sá, traça um roteiro das tradicionais feijoadas promovidas pelas escolas do grupo A do Carnaval carioca. Além de apresentar as responsáveis por cozinhar os pratos, que são servidos para até duas mil pessoas - como Tia Zica, da Mangueira, Vicentina, da Portela, e Tia Surica - a publicação reúne informações sobre cada feijoada, com endereço, dias e horários em que acontecem, além de atrações musicais e telefones para contato.

Todo o ritual de preparo do prato é explicado no livro: "Preparar uma feijoada para mil, duas mil pessoas, não é tarefa fácil. Na maioria das escolas ela está a cargo das famosas baianas. Um dia antes, elas já colocam as carnes salgadas "de molho" para retirar o excesso de sal e compram com antecedência todos os ingredientes. No dia do evento, um seleto grupo de baianas chega cedo à quadra, por volta de seis, sete horas da manhã. Enquanto as carnes (tripa, pé, orelha, etc.) cozinham, um trabalho que requer paciência, algumas baianas cortam as folhas verdes (couve, cebola), as linguiças e o bacon. É impressionante o nível de concentração, afeto e devoção".

Além da história, receitas e informações sobre as feijoadas de onze escolas, que fazem os eventos regularmente em suas quadras, o livro ainda possui imagens do fotógrafo Alexandre Sant?Anna, retratando o passo a passo do preparo do prato. O Guia é uma publicação da Réptil Editora e será vendido a R$ 35.

vila-isabel.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO