COTIDIANO

Reforma da Vista Chinesa é concluída

Monumento da Vista Chinesa ganhou restauração, além de placas informativas e recuperação do asfalto na região

- Atualizado em

Alexandre Macieira|Riotur
(Foto: Redação Veja rio)

Inaugurada em 12 de outubro de 1903, pelo prefeito Pereira Passos, e um dos pontos turísticos mais visitados da cidade, a Vista Chinesa recebeu a sua primeira reforma, em 110 anos de existência do monumento. A Prefeitura entregou, no último sábado (26), a restauração completa do pagode da Vista Chinesa. A obra incluiu ainda o recapeamento das estradas Dona Castorina e da Vista Chinesa, além de sinalização voltada para o compartilhamento da via e maior segurança dos ciclistas.

A recuperação do Pagode da Vista Chinesa começou em março e aconteceu em três etapas: decapagem (remoção da coloração preexistente), recuperação da estrutura e dos trechos danificados e pintura com tinta à base de cal. A fim de manter o estilo rocaille, um gênero de ornamentação usado na França no reinado de Luís XV, partes do monumento receberam restauração manual. As cores originais, que imitam elementos da natureza, também foram recuperadas e duas fontes próximas ao pagode foram reativadas. O valor total dos serviços foi de R$ 417.319,85.

As estradas Dona Castorina, a partir da Rua Pacheco Leão, e da Vista Chinesa (até a Mesa do Imperador) foram fresadas e recapeadas. A via ganhou sinalização que destaca o compartilhamento entre ciclistas e veículos nesse trecho de cinco quilômetros, a fim de aumentar a segurança dos atletas. Foram instalados ainda totens com mapas e informações sobre localização e altitude e quatro totens indicativos de ?zona 30?, que mostram as áreas em que os motoristas não podem ultrapassar os 30 km/h.

vista-chinesa.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO