COMIDA

Existe vida após o Carnaval

Esqueça o suquinho detox clássico. Preparamos um manual gourmet antirressaca nada convencional para depois da folia. Pode até beber mais

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O arsenal básico contra os sintomas da bebedeira você já conhece: água, repouso e muita dieta detox. Mas se quiser fugir do tratamento convencional para curar a ressaca, temos dicas e receitas de anônimos e famosos que vão do super cheeseburguer do ator Malvino Salvador até rótulos de cerveja especiais indicados por uma sommelière para continuar bebendo sem medo de piorar ainda mais a situação. Sim, o truque pode dar certo e você vai entender o porquê.

De acordo com a nutricionista Patricia Smith, o mal-estar típico da ressaca é causado na maioria das vezes pela desidratação decorrente do excesso de álcool, um poderoso diurético, no organismo. A ingestão de líquidos é, portanto, um pilar básico da recuperação porque reidrata e facilita o trabalho do fígado e dos rins na eliminação de toxinas. "Água, água de coco e sucos são o melhor remédio, mas a cerveja, se ingerida em pequenas doses, fornece vitamina B12 e sais minerais que costumamos perder após o consumo exagerado de bebidas alcoólicas", afirma Patricia. A bier sommelière Erika Cruz, sócia da Cerveja Social Clube, na Tijuca, sugere loiras mais leves para o dia seguinte, com baixo teor alcoólico, paladar mais suave e bem aromatizado a fim de tirar aquele gosto de amargor da boca. "Indico as tipo wit, como a carioca Jeffrey Niña e a curitibana Blanche, as estilo saison, como a Saison à Trois, e as farm house ale, que têm apenas 5,8% de álcool", diz.

cervejas.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Sem uma comida quentinha e restauradora no estômago, medicamento nenhum faz efeito. Alimentar-se bem também é essencial na luta contra a ressaca. Afinal, além da desidratação, os beberrões também costumam sofrer com a hipoglicemia, falta de açúcar no sangue que costuma dar aquela fraqueza e sensação de tontura. Cereais integrais, legumes, verduras, frutas como melancia, melão e abacaxi e ervas como alecrim, manjericão e salsinha são boas pedidas, segundo a nutricionista Marcela Frias, da Clínica Dicorp.

Mas se você tem pavor de sopinha e salada (até quando está passando mal), se liga: "Como um belo hambúrguer, daqueles bem suculentos e gordurosos, e aguento na marra, sem remédios, a maldita da ressaca", conta o ator Malvino Salvador no livro Beber, Comer, Sobreviver - Cozinhando de Ressaca, escrito pelo cineasta Pedro Asbeg. A receita é prática e saborosa (clique aqui e aprenda a preparar). Também separamos algumas receitas do próprio Pedro, como sanduíche de linguiça calabresa, frango ao mel e laranja, filé com queijo boursin, cuscuz vegetariano e mais (clique aqui), segundo ele infalíveis. Para quem curte comida oriental, Bel Gil, que estreia nesta terça (11), no GNT, o programa Bela na Cozinha, indica a kimpira de bardana, um mix da raiz com cenoura. Qual dessas delícias vai parar no seu prato pós-folia?

Fonte: VEJA RIO