viva a natureza

Projetos e iniciativas de preservação do meio ambiente

Listamos organizações que aceitam (e precisam!) de voluntários para continuar cuidando da natureza

Por: Luna Vale

Em homenagem ao Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado nesta sexta (5), listamos projetos e iniciativas criadas para ajudar a natureza. De reflorestamento de mata nativa a coleta de lixo, conheça as ações e aproveite para ser um voluntário!

  • Amigos do Perigoso
Amigos do perigoso
Amigos do perigoso (Foto: Reprodução Facebook)

A ONG fundada pelo guia turístico Pedro Felipe em 2013 promove multirões de limpeza da praia que dá nome ao projeto. O paraíso em Barra de Guaratiba ainda é desconhecido de muitos cariocas, mas ainda assim o lixo é grande no local. Para este ano, Pedro pretende estender os trabalhos para outras praias da região, plantar mudas para ajudar na recuperação da mata nativa e criar oficinas de reciclagem nas escolas da região.

Quem quiser ajudar, pode acompanhar a página do projeto no Facebook para saber as datas dos multirões 

  • Doe seu lixo
Doe seu lixo
Doe seu lixo (Foto: Reprodução Facebook)

O Instituto criado em 2003 pela atriz Isabel Fillardis e seu marido, visa uma solução para o grande problema de acúmulo de resíduos. Por meio da coleta seletiva unida à reciclagem, cooperativa de catadores de materiais recicláveis, Socitex reaproveita os materiais, gerando empregos e renda para diversas famílias.

A organização aceita doação de materiais recicláveis na sede no Santo Cristo ou nos pontos de entrega. Para o lixo de empresas, eles oferecem o serviço de gerenciamento, coleta e transporte seletiva de resíduos.

  • Pão de Açúcar Verde
Pão de Açúcar Verde
Pão de Açúcar Verde (Foto: Reprodução Facebook)

Fundada em 2002 pelo bancário Domingos Sávio Teixeira para recuperar a mata da encosta do Pão de Açúcar e do Morro da Urca. Há 13 anos, ele faz todo o trabalho praticamente sozinho, as vezes tem ajuda de montanhistas que costumam praticar escalada na região. No primeiro domingo de cada mês, realiza um multirão de plantio com voluntários para despertar o interesse do público pela preservação do meio ambiente. Por ser um adotante oficial, tem um contrato com a prefeitura que faz a doação das mudas a serem plantadas. Ainda assim, precisa de ferramentas, equipamento de escalada e contratação de ajudantes para o trabalho mais pesado.

Quem quiser ajudar, pode comprar as camisetas vendidas a 30 reais no site do projeto ou contribuir com valor em dinheiro, entrando em contato pelo email: saviorj@terra.com.br . Para participar do evento, basta chegar no obelisco da praça em frente ao bondinho, às 8h30 do primeiro domingo de cada mês.

  • Limpeza na Praia
Limpeza na Praia
Limpeza na Praia (Foto: Reprodução Facebook)

Inspirado na ONG internacional Clean Up the World, que atua na preservação ambiental em 130 países, o empresário Hildon Carrapito criou esse projeto para promover a limpeza de diversas praias do litoral carioca como Moreninha (Paquetá), Urca, Copacabana, Barra e Prainha, entre outras. Os quatro eventos realizados no ano são anunciados no site, juntamente com as praias comtempladas. A partir de então, outros cariocas podem se unir para realizar ações no mesmo dia e em outros locais, basta entrar em contato com o projeto para ter acesso ao material (sacolas, luvas e camisetas).

Para ajudar, basta encontrar no ponto de encontro de cada praia, que é divulgado no site. Anote na agenda a data do próximo evento: sábado, 27 de junho. E no dia 20 de setembro, acontece o multirão simultaneamente no mundo todo, por iniciativa do Clean Up The World.

Mangue Vivo
Mangue Vivo (Foto: Reprodução)

Projeto mantido pela ONG Onda Azul para recuperar áreas de manguezais degradadas no entorno da Baía de Guanabara, mais especificamente entre Magé e Duque de Caxias. Desde 2001, mais de 55 mil mudas já foram replantadas. O instituto construiu ainda um viveiro de suporte técnico ao projeto com capacidade para 40 mil novas plantas.

O projeto recebe cerca de 1.500 visitantes por ano. Quem quiser participar do multirão de plantio deve agendar a visita pelo email: ondazul@ondazul.org.br

  • Hortas Comunitárias
Hortas Comunitárias
Hortas Comunitárias (Foto: Reprodução Facebook)

O paisagista alemão Manfred Bert achou uma forma de transformar terrenos abandonado em algo de uso comum da comunidade do entorno. Há dois anos, ele criou a primeira horta comunitária no Cosme Velho. Hoje em dia, Laranjeiras com dois pontos, Santa Tereza e também contam com a iniciativa mantida pelos próprios moradores. Além de reaproveitar o terreno, a iniciativa ajuda a reutilização do lixo como adubo.

Qualquer um pode participar, basta procurar a página de Facebook de cada horta para mais informações.

Movimento Preserva Laboriaux
Movimento Preserva Laboriaux (Foto: Divulgação)

O movimento comunitário visa o desenvolvimento sustentável da Vila Laboriaux, na Rocinha e a interação com a mata atlântica do local. Através da participação da comunidade, os problemas socioambientais são identificados, para que todos pensem em um plano de ação que possa ser efetivado e até replicado em outras comunidades. Na prática, são incentivadas ações como multirão de limpeza, replantio de mata nativa, jardins e hortas comunitárias. 

A rede está aberta a participação de qualquer pessoa em qualquer área, basta entrar em contato pelo email: movimentopreservalaboriaux@gmail.com

  • Light Recicla
reciclagem
Lixo reciclável pode virar desconto na conta de luz (Foto: Divulgação)

Muita gente não sabe, mas é possível trocar lixo reciclável e óleo de cozinha usado por descontos na conta de luz. Para isso, é preciso se dirigir a um dos 12 pontos  de coleta com a conta de luz e fazer o cadastro, que dá direito ao cartão do cliente. No local, você escolhe se quer doar o valor equivalente para instituições do projeto ou obter desconto na conta de luz (depende do bairro de moradia). O material arrecadado é doado para 48 instituições cadastradas. Confira mais detalhes aqui.

Fonte: VEJA RIO