COMIDA

Do chef para a sua casa

Restaurantes e bares da cidade atendem aos pedidos dos comensais e apostam na venda à parte de iguarias apreciadas à mesa, que muitas vezes acompanham pratos da casa, como molhos, compotas e azeites temperados

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Sabe aquele molho secreto que vem num dos pratos do restaurante que você adora? Confessa: seria maravilhoso tê-lo em casa para dar um toque de chef às suas receitas. Ou então imagina preparar a salada com os tomates secos que Ronaldo Canha, à frente das cozinhas do Quadrucci e do Q, produz artesanalmente e serve tanto no restaurante quanto no gastrobar. "Um belo dia, fiz um pote de tomates e dei para o Zé Hugo Celidônio. Depois, eis que me liga o Claude Troisgros para encomendar. A fama foi se espalhando e, quando vi, estava fornecendo tomate seco para outros chefs, como a Roberta Ciasca", conta Ronaldo, que colocou a receita à venda na Deli 43-Pavelka (R$ 24,80, 380g; R$ 39,80, 600g). Algumas iguarias são tão apreciadas nas mesas da cidade que acabam ganhando vida própria e virando produtos vendidos à parte, para incrementar as receitas caseiras.

No Bazzar, a demanda pelos molhos como teriyaki, barbecue, curry e mostarda, pelas coberturas açucaradas (de framboesa, chocolate, açaí e mais), bem como pelo fondue de chocolate, por doces como o de banana e pelo café servidos na casa foi tão grande que os produtos começaram a ser vendidos individualmente. "A ideia da linha Bazzar Especialidades é que a experiência gustativa no restaurante e nos nossos cafés possa ser vivenciada no lar", explica a sócia Cristiana Beltrão, eleita melhor restauratrice pelo guia Comer & Beber 2012.

A chef Maia van Velthem, do Carambola Cozinha & Café, bistrô recém-inaugurado em Ipanema, também aposta na venda de molhos como o de tomate fresco (R$ 8,90), além de brownie (R$ 6,90), bolos em sabores como nozes e cacau 50% (R$ 4,50 a fatia), compotas de delícias como abobrinha grelhada, tomate confit e ratatouille em conserva (R$ 13,90 cada) e ainda azeites temperados com especiarias como alecrim e limão siciliano (R$ 16,00 o pequeno e R$ 25,00 o grande).

Adriana Lorete
(Foto: Redação Veja rio)

No Venga, é possível comprar os ingredientes espanhóis utilizados nas receitas do bar de tapas. Turróns, vinagre de Jerez, temperos, entre outros, são vendidos em pequenos empórios que funcionam no salão do bar no Leblon e em Ipanema. É o caso da páprica picante (R$ 16,00), usada no pulpo a la galega, e do turrón El Almendro macio (R$ 15,00) , que serve para acompanhar o café e que faz parte da calda de sorvete do bar. O tempero de paella (R$ 12,00) e o vinagre de Jerez (R$ 25,00) são outras pedidas atraentes.

Listamos a seguir outras dicas:

Market Ipanema. O restaurante acaba de lançar em pacotinhos de 200 gramas a 9 reais cada a granola artesanal, feita com aveia, semente de girassol, linhaça dourada, gergelim branco, castanha do Pará, banana passa, flocos de arroz, açúcar mascavo, óleo de canola e mel. Ela é usada no açaí, no iogurte e nos sucos do café da manhã da casa.

Joaquina. Vende doces de fabricação própria. Tem de goiaba, mamão com coco, abóbora com coco e doce de leite (R$ 12,00, 690g).

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Cristóvão. Após um saboroso almoço no salão do restaurante da Confeitaria Colombo, que tal levar para casa o chutney preparado pelo chef Renato Freire, que ficou conhecido como "delícia do amor" por conta de suas propriedades afrodisíacas? Preparado com uma combinação de abacaxi, maracujá, gengibre, pimenta dedo de moça, cardamomo, alho, vinagre e açúcar, o molho fica delicioso para acompanhar carne de porco ou aves, e no preparo de sanduíches. Ele é vendido em potes de vidro de 350 gramas por 19 reais. E note que a chance de você sair da Confeitara Colombo com mais outras delícias na sacola é alta.

Gabbiano Ristorante. O chef Romano Fontanive prepara diversas delícias pra os comensais levarem para casa. Entre elas, o mel de trufas (R$ 64,00, 25g) e o grissini (R$ 18,00, 200g).

Gutessen Café e Restaurante. Além das autênticas receitas judaicas servidas na casa, é possível encontrar à venda molhos, conservas e doces caseiros que acompanham alguns dos pratos. Vale destacar a compota de frutas (R$ 23,00, 500g), o chrein, molho de raiz forte adocicado, indicado para temperar o guefilte fish (R$ 4,00, 100g), o pepino agridoce (R$ 9,00, 250g), o fluden, docinho típico do leste europeu feito com nozes e damasco (R$ 2,50 a unidade) e os biscoitinhos de goiaba ou tangerina servidos com o café (R$ 3,60 o saquinho).

Rosita Café. São vendidos à parte o patê de fígado (R$ 85,00 o quilo), as pastinhas de tomate-seco, provolone e ricota (R$ 65,00 o quilo), a caponata de berinjela (R$ 65,00 o quilo), entre outras delícias.

Epifania Café Bistrô. Duas boas pedidas no mini empório que fica no fundo do bistrô são os azeites temperados nos sabores manjericão e alho e tomilho com pimenta e alecrim (R$ 15,00, 375 ml) e as mostardas artesanais (R$ 12,00, 200g) em três versões: rústica clara, rústica escura e com abacaxi. Entre os antepastos, peça o de abobrinha ou a caponata de berinjela (R$ 10,00, 200g).

Paxeco Bar. Leve para casa o brigadeiro de colher com cacau 100%, produzido na Fazenda Almada, em Ilhéus, e coberto por grãos de cacau (R$ 15,00).

Fonte: VEJA RIO