COTIDIANO

Prefeitura divulga calendário comemorativo dos 450 anos do Rio

Programação preliminar mostra como será a distribuição dos eventos comemorativos, que começam no Réveillon e se estendem até 2016

- Atualizado em

rio-pedro-kirilos.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A Prefeitura apresentou, nesta quarta (21), o calendário preliminar das comemorações dos 450 anos do Rio. A agenda mostra as datas que recebrão eventos especiais, do Réveillon 2015 até fevereiro de 2016. O Comitê Rio450 pretende, ao longo dos quatorze meses, valorizar o repertório histórico, artístico e cultural carioca. Neste primeiro momento foram divulgados os marcos que serão trabalhados durante o ano que vem. O ponto alto será no mês de março, quando a programação de cada um dos cinco fins de semana será inspirado por uma expressão consagrada pelos cariocas: "Cidade Maravilhosa", para exaltar a carioquice; "Gentileza Gera Gentileza", para inspirar a cidadania; "Do Leme ao Pontal", para trabalhar o movimento; "Minha Alma Canta", para celebrar a musicalidade; e "Aquele Abraço", para ressaltar o jeito hospitaleiro do carioca.

O mês de julho será dedicado às crianças, para animar o período de férias escolares. Já em outubro, a tradicional Festa da Penha receberá um tratamento especial, quando serão entregues as seis iniciativas sugeridas e escolhidas pelos cariocas por meio da campanha no portal rio450anos.com.br. Os outros pilares do calendário são datas com as quais os cariocas já têm uma forte relação afetiva: os dias de São Sebastião (20/1), de São Jorge (23/4), do Chorinho (23/4), da Consciência Negra (20/11) e do Samba (1/12). Em fevereiro de 2016, último mês de programações, a Conferência do V Centenário, um grande encontro acadêmico, terá a proposta de debater os próximos 50 anos do Rio, com a presença de especialistas nas áreas de mobilidade, sustentabilidade, inovação e urbanismo.

Marca oficial

Na mesma ocasião, foi anunciada também a marca escolhida para representar o ano comemorativo, desenvolvida pelo escritório Crama Design Estratégico. Durante o lançamento, prefeito Eduardo Paes também assinou um decreto institui o Programa de Valorização da Memória e da Cultura Popular Carioca, o Pró Carioca. O Programa prevê três eixos de atuação: memória, cultura popular e conhecimento, cujas ações serão definidas em planos de trabalhos próprios.

marca_horiz_.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO