COTIDIANO

Prainha ganha selo internacional de excelência

Recanto ecológico do Rio, a Prainha conquista o selo Bandeira Azul, que atesta a qualidade da praia e sua importância para o meio ambiente

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Pedro Kirilos/Riotur
(Foto: Redação Veja rio)

Uma das raras praias ainda cercada por mata atlântica no Rio, a Prainha, na Zona Oeste, agora é um recanto ecológico reconhecido internacionalmente. A pequena faixa de areia recebeu o certificado Bandeira Azul, fornecido pela Foundation For Environmental Education, instituição reconhecida em todo o mundo. Trata-se de um título que atesta a qualidade da praia, balneável 365 dias por ano. Decisão que ocorreu em Copenhagen, na Dinamarca, na última sexta (5). Para manter a classificação, a Prainha deverá atender a 33 quesitos, que serão avaliados anualmente pela institução. Outra medida será a restrição do público a 600 pessoas por vez, como forma de garantir que o ambiente não seja afetado pelo excesso de visitantes. Além da Prainha, também ostentam o selo a Praia do Tombo, no Guarujá, São Paulo, e a Praia Marina Costabella, em Angra dos Reis. Criado em 1987, o título já certificou 3.203 praias em 46 países.

Nesta semana, a Prainha também apareceu em uma pesquisa que aponta os locais preferidos por cariocas para praticar esportes. Confira a lista completa, que conta ainda com a Praia da Barra da Tijuca, o Aterro e a Lagoa Rodrigo de Freitas.

Fonte: VEJA RIO