Sujeira

Poluição tira São Conrado do Circuito Mundial de Surfe

Segundo o Inea, praia apresenta péssima condições de balneabilidade desde 2008

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

São Conrado
De fora: local seria uma das alternativas para abrigar evento de surfe (Foto: Alexandre Macieira/Riotur)

Os organizadores do Circuito Mundial de Surfe anunciaram a exclusão da praia de São Conrado do planejamento do evento. Os altos níveis de poluição no local motivaram a decisão, que foi noticiada hoje pelo site do jornal O Globo.

+ Dez praias paradisíacas no litoral fluminense

Inicialmente, o plano era contar com São Conrado como uma alternativa no caso da praia da Pepê (que vai receber a etapa brasileira do Circuito) não apresentar boas ondas nos dias de competição. Porém, a poluição fez com que os organizadores optassem por deixar em stand by o Posto 6, na Barra, em vez de São Conrado. 

+ O roteiro do stand up paddle no Rio

De acordo com dados coletados pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente), São Conrado apresenta, desde 2008, condições de balneabilidade classificadas como péssimas em, pelo menos, metade do ano. Dezessete mulheres e 34 homens vão participar da etapa brasileira do Circuito Mundial de Surfe. O evento está marcado para acontecer entre os dias 11 e 23 de maio.

Fonte: VEJA RIO