Violência

Pezão admite possíveis erros na investigação do caso Jaime Gold

Para ele, polícia pode até ter se enganado, mas suspeitos não são inocentes

Por: Redação Veja Rio

Pezão
Pezão: polêmica declarações foi dada ontem por governador (Foto: Reprodução)

O governador do estado Luiz Fernando Pezão afirmou ontem (dia 3) que pode ter havido engano por parte da polícia na identificação dos envolvidos no assalto que resultou na morte do médico Jaime Gold, na Lagoa, no último dia 19.

+ Ataque a ciclista na Lagoa faz cariocas mudarem de hábitos

A declaração foi dada após um adolescente de 17 anos ter se apresentado como autor do crime na última terça, dia 2. Em seu depoimento, ele inocentou um jovem de 16 anos que havia sido detido e apontado como assassino - além de ter confirmado o envolvimento no crime de outro adolescente de 15 anos já capturado. Por ordem judicial, os três estão detidos agora.

+ Jovens do Jacaré usam Facebook para fazer apologia ao crime

Apesar de ter reconhecido a possível falha de investigação, Pezão declarou que nenhum dos três jovens é inocente, devido ao fato de já terem participado de outros casos de assaltos não resolvidos. Agora, a Delegacia de Homicídios busca imagens de segurança e novas informações que possam ajudar a esclarecer quem matou o médico.

Fonte: VEJA RIO