DIVERSÃO

O Rio dos patinadores

Os patins voltaram às ruas da cidade. Confira um roteiro com lugares para patinar no Rio e dicas de modelos para quem quer se arriscar nas quatro rodas

Por: Louise Peres - Atualizado em

roller-rio-foto-eliane.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Há algum tempo skates e bicicletas voltaram a dividir as pistas da cidade com eles. Depois do sucesso das botinhas brancas na década de 80 e do boom dos modelos in line nos anos 90, os patins estão novamente fazendo a cabeça dos cariocas. Há duas semanas, mais de mil pessoas participaram da terceira edição do Roller Rio, encontro realizado no Aterro do Flamengo com o objetivo de reunir praticantes da atividade. ?É um esporte que tem a cara da cidade. O resultado foi tão positivo que já planejamos mais um para o segundo semestre?, informa a produtora Cláudia Pampolini, da organização do evento. Seja na orla ou nos rinques de patinação, os patins são uma ótima maneira de se divertir e exercitar o corpo ao mesmo tempo, de uma maneira nada monótona. ?Eu não gosto de fazer nenhuma atividade física e encontrei na patinação uma ótima alternativa. É minha terapia?, revela Sandra Mello, de 62 anos, ex-presidente da Federação de Patinação do Rio e adepta do modelo tipo quad - aquele tradicional, das antigas, com duas rodas paralelas na frente e duas atrás.

Se patinar sozinho já é divertido, imagine compartilhar a diversão com outros amantes do esporte? Com isso em mente, grupos de patinadores se formaram e realizam, semanalmente, animados passeios pela cidade. ?Toda sexta, sábado e domingo a gente se reúne, seja na orla, no Parque dos Patins, ou mesmo um passeio do Posto 2 até a Lagoa?, conta o técnico de informática Cláudio Soares, de 44 anos, que há cinco anos ajudou a criar o grupo Gang dos Patins, hoje com cerca de 40 patinadores . ?Para quem está começando é ótimo. Todo mundo se ajuda, e sempre aprendemos muito com os mais experientes?, conta ele, que organiza encontros temáticos com a turma ? há desde festas juninas até noites de Halloween sobre rodinhas, tudo à fantasia.

parque-dos-patins.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Como todo esporte, a patinação requer cuidados fundamentais para tornar a diversão segura. Um bom equipamento é o primeiro passo. ?O mercado hoje é cheio de modelos feitos de plástico. Fuja deles. Escolha patins de boa qualidade, feito de materiais resistentes e com rodas de poliuretano?, ensina o professor de educação física Lyon Aragão. Hoje aos 28 anos, ele patina desde os seis e há 10 anos atua como instrutor no esporte. Quem quiser experimentar um modelo antes de investir no próprio, no Parque dos Patins, na Lagoa, há patins para aluguel. ?A prática é a melhor maneira para descobrir qual é o melhor para você?, diz ele.

Deu vontade de entrar na onda? Confira abaixo o nosso guia de lugares para você patinar pelo Rio e ainda uma seleção de modelos à venda em lojas da cidade.

ONDE PATINAR

ATERRO DO FLAMENGO

A área próxima à pista de aeromodelismo do Aterro é também território dos patinadores. Por ali, praticantes se reúnem diariamente para deslizar sobre as rodinhas. Aos domingos, as pistas fechadas ao trânsito se tornam destino disputado dos adeptos dos patins.

ORLA

Qualquer esporte se torna ainda mais atraente quando a visão é a deslumbrante orla carioca. Do Leme ao Leblon, são cerca de 8 km de ciclovia ? sem falar ainda na orla da Barra e do Recreio.

PARQUE DOS PATINS

Principal point dos adeptos do patins da cidade, o rinque na Lagoa foi reaberto em maio de 2012 após um ano de obras. É o único do Rio exclusivo dos patinadores.

parque.jpg
Com 2.187 metros quadrados, o rinque de patinação teve sua pista refeita, e o gradil no entorno foi trocado (Foto: Redação Veja rio)

PARQUE MADUREIRA

O novo espaço queridinho dos cariocas na Zona Norte é um prato cheio para quem patina. O rinque, usado também por skatistas, tem 3.850 metros quadrados. O maior vão possui 3,5 metros de profundidade.

Rua Soares Caldeira, 115, Madureira (Em frente ao Madureira Shopping). De terça a domingo, das 5h à 0h. Grátis.

Pista de skate
Pista de skate (Foto: Redação Veja rio)

PARA PATINAR SEGURO

Use sempre o kit de segurança

Capacete, munhequeira, cotoveleira e joelheira são itens indispensáveis para proteger você de possíveis tombos. ?Do iniciante ao mais experiente, ninguém está livre?, alerta o instrutor Lyon Aragão.

Faça uma avaliação física

Antes de se arriscar nas manobras, é importante consultar um médico e fazer aquele check up para garantir que você está apto a se exercitar. Mais do que uma diversão, a patinação é uma atividade física que requer esforço.

Busque orientação

Nunca se aventurou sobre as rodinhas? Procure a ajuda de um profissional ou, no mínimo, de alguém experiente que possa ajudar você nos primeiros passeios.

Escolha bem o lugar

Nada de se misturar ao trânsito e se aventurar nas movimentadas vias cariocas. Se você acabou de começar, prefira espaços fechados, parques e ciclovias, como os que listamos acima.

patinsmodelo.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

SERVIÇO

Aluguel de patins

Rollerplay. Parque dos Patins, Lagoa. Sextas, de 14h às 20h; sábados, domingos e feriados, a partir das 10h.

Sextas ? R$ 12,00 por 30 minutos; R$ 20,00 por 1 hora.

Fins de semana e feriados ? R$ 15,00 por 30 minutos; R$ 25,00 por 1 hora.

O valor inclui capacete, cotoveleira, munhequeira e joelheira.

Lojas

Decathlon

Avenida das Américas, 2000, Barra. Tel. 2176-3660.

SK8 Rock

Rua Campos Sales, 188, loja B, Tijuca (perto da Afonso Pena). Tel. 2264-3034.

Xskate

Arpoador - Galeria River. Rua Francisco Otaviano, 67, loja 24, Tel.: 2247-3678.

Barra - Barrashopping - Loja 106/P19. Tel. 3089-1377

Fonte: VEJA RIO