COTIDIANO

Obras em áreas destruídas por temporal são concluídas na Floresta da Tijuca

Intervenções no Parque Lage, Cachoeira do Quedra e Vista Chinesa recuperam áreas destruídas pelo temporal de abril de 2010

Por: Ernesto Neves - Atualizado em

Atingida por desmoronamentos que se seguiram durante o temporal de abril de 2010, a Floresta da Tijuca teve três obras de recuperação inauguradas nesta semana. Realizadas pela Geo-Rio, as intervenções custaram 10 milhões de reais incluem a contenção de encostas, drenagem e pavimentação . Na área do Parque Lage foi construído um muro de contenção com 56 metros de comprimento protegido por tela de alta resistência, capaz de aguentar até 15 toneladas. Também no Parque, uma cicatriz aberta em meio a vegetação está sendo reflorestada com o plantio de 500 espécies de mata nativa. Na Vista Chinesa, foi preciso instalar drenos no entorno do cartão postal, que otimizam o escoamento de água durante os temporais.

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Fonte: VEJA RIO