Cidade

Entorno do Engenhão vai mudar radicalmente. Veja como ficará a região

Região com 35.000 metros quadrados no entorno do estádio do Engenhão vai ganhar novas calçadas, paisagismo, ciclovias e uma praça

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

Melhorias incluem construção de calçadas, ciclovia e paisagismo
Entorno do Engenhão será repaginado para a Olimpíada (Foto: Secretaria Municipal de Obras)

A região localizada no entorno do Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Engenho de Dentro, vai sofrer uma intervenção radical. Para receber competições dos Jogos estão sendo investidos 115,7 milhões de reais na reurbanização. 

A principal mudança será feita na área conhecida como Praça do Trem. Trata-se do principal acesso ao estádio, terá o conjunto de edificações das Oficinas de Locomoção do Engenho de Dentro reformadas. 

+ Veja como serão a pista de esqui e a praia de Madureira

+ Túnel subterrâneo vai evitar enchentes na Tijuca

+ Os preparativos para 2016 entram na reta final

Com 11.000 metros quadrados, esta será a maior área de lazer do Grande Méier
Entorno do Engenhão será repaginado para a Olimpíada (Foto: Secretaria Municipal de Obras)

A praça vai se tornar a maior área pública do Grande Méier. Com aproximadamente 35 mil m2,  está localizada no entorno dos bens tombados de maior referência histórica da região. O local também vai ganhar um projeto de paisagismo composto por 90 árvores.  

A etapa mais importante será a construção da nova Praça do Trem
Entorno do Engenhão será repaginado para a Olimpíada (Foto: Secretaria Municipal de Obras)

Ao todo, 34 ruas adjacentes ao estádio vão receber nova pavimentação, assim como 678 metros de nova rede de drenagem. Serão construídas 241 rampas de acessibilidade, e o os serviços têm duração prevista de 16 meses.​ Já o estádio, que foi fechado por problemas estruturais em 2013, deve reabrir até dezembro. Foram investidos 100 milhões de reais para sua recuperação.

Entorno do Engenhão será repaginado para a Olimpíada
Entorno do Engenhão será repaginado para a Olimpíada (Foto: Secretaria Municipal de Obras)

Fonte: VEJA RIO