COTIDIANO

Do que elas reclamam...

...e o que eles respondem

Por: Carla Knoplech - Atualizado em

Foto: Fernando Lemos
(Foto: Redação Veja rio)

Elas - O cavalheirismo não existe mais. Eles não nos buscam mais em casa e dividem a conta até no primeiro encontro.

Eles - "Não é esse direito que as mulheres conquistaram? Os casais agora estão modernos, o homem não precisa sustentar todos os encontros." Filipe Cerolim, designer

Elas - Muitos são grosseiros na abordagem; se não damos atenção, xingam e dizem desaforos.

Eles - "Tem muita mulher marrenta, que nem te olha ou vira a cara quando você fala. Aí você até perde a paciência." João Esquioga, estudante de administração

Elas - Eles não ligam no dia seguinte e só fazem contato com mensagens pelo WhatsApp e pelo Facebook.

Eles- "Com a mensagem você não atrapalha a pessoa, que responde quando puder. Ligação hoje só em caso urgente." Frederico Ferreira, engenheiro

Elas - A competição entre as mulheres por parceiros nas casas noturnas está mais acirrada, o que leva os homens a achar que a conquista é fácil.

Eles - "É exatamente isso o que acontece. Em alguns lugares a proporção entre mulheres e homens é de cinco para um", Thiago Coutinho, desenhista industrial

Fonte: VEJA RIO