MODA

Guia de moda para o outono

Estilistas e consultoras de moda ensinam dicas para você se vestir bem mesmo com o tempo instável dos dias de outono na cidade

Por: Louise Peres - Atualizado em

ad-lb-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Apesar de lindos, os dias de outono são bastante instáveis: se as manhãs são frias e ensolaradas, o sol esquenta lá pelo meio-dia. As noites podem ser frescas, mas também há dias em que são deliciosamente geladas. Difícil é sobreviver a um dia inteiro sem passar calor ou sofrer com o friozinho. Já que o clima pode variar bastante ao longo de um dia, a mulherada se questiona: como lidar com essas altas e quedas bruscas de temperatura e permanecer bem vestida durante um dia inteiro? Perguntamos a estilistas e consultoras de moda cariocas e preparamos um guia de dicas para você estar sempre bem vestida durante a estação. Confira abaixo.

Abuse das camadas

Para não correr o risco de passar frio ou calor, vestir-se sobrepondo camadas de roupas é a melhor solução. Se esquentar, é só ir se livrando delas. ?Use blusas leves por baixo e finalize com uma jaqueta de couro, um casaquinho e até mesmo um moleton mais descolado para compor o look", ensina Ana Claudia Dias, diretora criativa da A.Brand.

Invista em peças intermediárias

Nem casacão, nem top decotado. Escolha peças que não sejam tão quentes nem frescas demais. ?Abuse das blusas de manga 3/4 ou 7/8, vestidos de mangas compridas, calças coloridas?, recomenda Camila Terra, estilista da marca AD Life Style. ?A camisa, que é um item desejo nesse outono/inverno, é um curinga para as alterações climáticas. Se ela for de tecido fluido, fica muito fácil produzir um look moderno e chic?, dá a dica Patricia Barreto, das marcas Pathisa e Pathisa Notte.

a-brand-2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Esquente com acessórios

Uma echarpe, de preferência grande e estampada, pode mudar o tom da roupa em questão de segundos e salvar o guarda-roupa nesse período do ano. Esfriou? É só tirar o acessório da bolsa. ?O lenço ou a pashmina podem ser usados enrolados no pescoço, para aquecer, ou como turbante, dando uma disfarçada no cabelo depois daquela chuvinha fora de hora?, sugere Roberta Damasceno, estilista e proprietária da multimarcas Dona Coisa.

ad-lb-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fuja de peças muito claras

Se houver alguma possibilidade de chover, tons muito claros podem ser uma bela furada, já que molhados ficam transparentes. ?Na dúvida, o neutro cai sempre melhor bem em qualquer temperatura?, indica a estilista Ritta Sobral, sócia da Corporeum.

Evite tecidos pesados ou muito quentes

É bom evitar tecidos mais grossos ? se a temperatura subir, você não vai conseguir se livrar do calor tão fácil. ?Também não use roupas muito escuras, que retém calor e esquentam mais?, ensina Camila Terra, estilista da marca AD Life Style.

a-brand.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Tenha um tricô à mão

Um casaquinho ou cardigan pode ser a solução dos seus problemas naqueles dias que intercalam chuva e sol, frio e calor. Pontos mais fechados ou mais abertos funcionam perfeitamente em pulôveres e casaquetos, um ótimo complemento para camisas, t-shirts e vestidos. Roberta Ribeiro, estilista da Maria Filó, tem um truque: ?Uma dica de styling é enrolar o tricô no pescoço, como se fosse um cachecol. Protege a região e dá um toque a mais na produção?.

Guarde as peças de verão

Regatas de tecidos muito finos, materiais sintéticos, shorts, blusas e vestidos muito decotados, sandálias abertas. Tudo isso pode soar inadequado caso o tempo vire. ?Sandálias rasteiras muito abertas e decotes profundos devem ser evitados. Se o tempo mudar de repente, você ficará fora do contexto?, alerta Patricia Barreto, das marcas Pathisa e Pathisa Notte.

Não se jogue nas botas (ainda)

As vitrines estão cheias de modelos incríveis, mas segure sua vontade de usar coturnos e botas, pelo menos por enquanto. ?Apesar de ser um charme, se o clima esquentar você não vai ter para onde correr. Mas se você não aguenta esperar o frio chegar de vez para usá-la, opte pelos modelos de cano baixo. Elas não esquentam tanto e são ideais para aqueles dias chuvosos, típicos do outono?, diz Lucinda Aziz, da Agilitá.

Fonte: VEJA RIO