DIVERSÃO

As meninas do long

Aumenta a procura de mulheres por skates e o longboard é o modelo preferido

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

long-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Criado na década de 60 por um grupo de surfistas californianos que queria deslizar sobre as pranchas até quando o mar estava sem onda, o skate foi, durante muitos anos, símbolo de um grupo meio underground. Hoje, no entanto, o esporte já desassociou sua imagem dos jovens ?rebeldes? e cai no gosto de perfis cada vez mais variados de praticantes, se consolidando como uma das principais apostas do mercado esportivo. Um levantamento da Sports Good Intelligence Europe (SGI), divulgado no início de 2013, aponta os board sports (em que se enquadram o surfe e o skate) entre as atividades com maior potencial de expansão no Brasil nos próximos anos. Com algumas pistas novinhas ? como a do Parque Madureira e a recém-reformada na Praça do Ó, na Barra da Tijuca ?, o Rio não ficaria de fora desta tendência. O skate ganha cada vez mais adeptos na cidade e, entre eles, está um número considerável de meninas.

Se antes era difícil ver garotas deslizando sobre as rodinhas, hoje em dia só cresce o número de praticantes do esporte. Com moda e lifestyle bem característicos, o skate virou uma das atividades queridinhas das cariocas, sendo uma opção também para a mobilidade urbana. A publicitária Camila Freire, de 28 anos, faz parte do grupo que usa o equipamento como meio de transporte. ?Comprei o meu no final de 2012, quando fui morar em Ipanema, e usava sempre para ir de um posto ao outro da praia ou a bairros próximos. Essa comodidade também influenciou quando me mudei para Copacabana, pois queria continuar fazendo as coisas de skate?, conta.

Fonte: kanui.com.br
(Foto: Redação Veja rio)

Este crescimento entre as mulheres pode ser percebido em alguns números da Kanui, loja online especializada em equipamentos de board sports. Apesar de a maioria do público que compra no site ainda ser masculina, entre os meses de fevereiro e agosto, houve um aumento considerável de mulheres acessando e comprando produtos relacionados ao skate. O aumento foi de quase 300%, e cerca de 30% do volume de compras de equipamentos para o esporte é feito por elas. Entre as cariocas, o volume de vendas triplicou entre os meses de julho e setembro, em comparação ao período de abril a junho. Além da capital, as principais consumidoras estão em Niterói, São Gonçalo e Petrópolis.

Com shapes maiores e mais fáceis de se equilibrar, o modelo longboard é o preferido entre as cariocas, sobretudo a que estão estreando no esporte. ?Comprei um long em fevereiro, para acompanhar o meu namorado, que é skatista. Enquanto ele fica fazendo as manobras, eu dou uma volta com um grupo de meninas que também andam. Não tenho a menor vontade de comprar outro modelo menor?, conta a jornalista Rachel Dimetre, de 27, que costuma andar no Aterro do Flamengo.

Os mais procurados:

Confira os skates longboard mais vendidos:

long-3.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
1°) Skate Longboard Ride Skateboards Photo 42'' X 9''

Preço: R$ 300

É, com sobra, o modelo mais procurado pelas mulheres. Ideal para descer ladeiras, além de garantir maior estabilidade.

long-2.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
2°) Skate Longboard Ride Skateboards Standard 46'' X 9''

Preço: R$ 380

A construção e design do skate são ideais para descer ladeiras, além de garantir maior estabilidade.

long-1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)
3°) Skate Longboard Us Boards Girls 1 43".

Preço: R$ 570

Modelo profissional voltado para as mulheres. Possui uma construção com truck resistente que garante maior sustentação e possibilita a execução de manobras radicais, com bom deslizamento e pilotagem, proporcionando alta performance no asfalto.

Os melhores lugares do Rio para um rolé de long:

Aterro do Flamengo

long-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com pistas largas e asfalto liso, é o lugar preferido das meninas e sua principal vantagem é que fica mais vazio que a orla. Com as pistas fechadas aos domingos, fica perfeito para a prática do esporte.

Orlas de Copacabana, Ipanema e Leblon

Com uma concentração de gente bonita e meninas com seus respectivos skates, a orla tem um visual incrível e fica fechada aos domingos. Uma desvantagem é que as pistas ficam muito cheias.

Vista Chinesa

As ladeiras da Paineiras são a opção perfeita para quem gosta de praticar o down hill ? modalidade mais radical em que o skatista desce as vias em alta velocidade.

Parque dos Patins

O espaço fechado na Lagoa tem piso liso e é uma boa opção para quem está começando.

Veja também: O roteiro do skate no Rio

Fonte: VEJA RIO