EXPOSIÇÕES

Lixo extraordinário

Tiras de chinelo e palitos de fósforo servem de matéria-prima para as criações de Marcos Cardoso reunidas no MAM

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Eduardo Camara/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Há cerca de vinte anos, o carioca Marcos Cardoso vem se dedicando a produzir trabalhos através da manipulação artesanal de objetos industrializados ? em suas criações, já utilizou bitucas de cigarro, plástico e rótulos. Para as obras de Arquitetura de Vidro, individual que abre para o público no domingo (5), no MAM, ele recorreu a outros dois materiais comuns: tiras de chinelo de borracha e palitos de fósforo. As primeiras compõem uma instalação de 30 metros de comprimento por 3,5 metros de altura, formando uma espécie de rede que cobre uma janela do museu, além de seis obras da série Jackson Pollock do Pandeiro. Com os palitos, Cardoso desenvolveu 22 intrincadas esculturas da sequência Maquete Visual. Quatro xilogravuras completam o acervo.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 19h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 14 de julho. A partir de domingo (5). www.mamrio.com.br.

Fonte: VEJA RIO