Memória da Cidade

Livro reúne personalidades marcantes na história da cidade

Obra narra o perfil de dezenas de personagens ligados ao Rio e acaba traçando um panorama da vida carioca nos últimos 200 anos

Por: Lula Branco Martins

Na capa da publicação, que tem formato grande, couberam as 74 fotos, ou seja, todos os perfilados. Aqui embaixo, mostramos trinta deles, apenas para se ter uma ideia de como o livro é variado e identificado com a cidade. Trata-se de Gente do Rio: Eles Iluminaram a História (Editora Mídia In, 192 páginas, 75 reais), obra organizada pelo veterano jornalista Nilo Dante, com apresentação do acadêmico Cícero Sandroni. Não são exatamente minibiografias reunidas, e sim verbetes em forma de crônica, escritos pelos dois e também por Nelson Hoineff, Vicente Senna, Arnaldo Niskier, Wilson Figueiredo e, veja só, pelo governador Luiz Fernando Pezão, que assina duas páginas sobre o prefeito Pereira Passos, a quem credita a invenção do conceito de “tolerância zero” na administração pública, no início do século XX. Momentos marcantes (para o bem e para o mal) da vida carioca estão no livro, como o dia em que o botafoguense Heleno de Freitas jogou no América, e a fase de decadência do playboy Jorginho Guinle, quando os negócios da família começaram a ruir.

infografico
(Foto: infografico)

 

Fonte: VEJA RIO