EXPOSIÇÕES

A volta dos irmãos Campana

Trabalhos inéditos compõem a segunda mostra, em um ano, dedicada à dupla na Luciana Caravello Arte Contemporânea

Por: Rafael Teixeira - Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)
Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Consagrados pela criação de cadeiras, sofás, mesas, luminárias e outros objetos utilitários que fundem design e arte, Humberto e Fernando Campana tiveram seus vinte anos de trajetória celebrados em 2012. A retrospectiva Anticorpos ? 1989-2009 reuniu 200 peças no Centro Cultural Banco do Brasil. Na mesma ocasião, a marchande Luciana Caravello abrigou em sua galeria, em Ipanema, uma mostra menor dedicada à dupla, batizada de A Arte de Sentar com Arte. Com um acervo de apenas onze objetos em edições limitadas, ela conseguiu uma proeza: não soou redundante diante da concorrência da alentada coleção exibida no CCBB. Um ano depois, seu espaço volta a receber o trabalho dos irmãos Campana: Traçando o Real abre as portas para o público na quinta (24). A exposição ocupará o 3º andar da galeria, lugar no qual Luciana vem se dedicando sistematicamente a exibir trabalhos que flertam com o design.

Novamente, o objetivo é evitar aquela sensação de mais do mesmo. Para tanto, o curador Waldick Jatobá fez uma enxuta seleção de dez peças nunca antes mostradas no Rio. Todas têm em comum o uso do vime, material que consagrou os irmãos na Design Miami de 2008, em que eles foram eleitos os melhores profissionais do ano na área. A matéria-prima também evoca o início da carreira dos Campana, o tempo em que ainda trabalhavam em uma oficina de artesanato criando, entre outros objetos, cestos de vime. Na seleção do ano passado havia apenas cadeiras, mas agora elas dividem espaço com luminárias (nas quais galões de plástico são usados de forma surpreendente), estantes e outras invenções. Nas mãos da dupla, um simplório assento de plástico preto ganha ares de poltrona com o uso de vime sintético. A ambientação, desenvolvida especialmente pelo arquiteto e designer croata Marko Brajovic, vai privilegiar tons azuis.

Irmãos Campana. Luciana Caravello Arte Contemporânea. Rua Barão de Jaguaripe, 387, Ipanema, ☎ 2523-4696. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 14h. Grátis. Até 22 de fevereiro. A partir de quinta (24). www.lucianacaravello.com.br.

Fonte: VEJA RIO