COTIDIANO

BB libera 3,6 bilhões para projetos no Rio

Empréstimo bilionário do Banco do Brasil vai financiar projetos como a despoluição da Lagoa da Tijuca e a construção da Linha 3 do metrô, que vai ligar Niterói a São Gonçalo

- Atualizado em

Mario Moscatelli/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

O Banco do Brasil anunciou, na segunda (12) a liberação de 3,6 bilhões de reais para o financiamento de obras no estado do Rio. Trata-se da primeira operação deste tipo destinada a um estado brasileiro, e o governo vai pagar a longo prazo. Já nesta quarta-feira entram no caixa estadual 885 milhões de reais, e o restante será liberado em parcelas, até 2015. A primeira obra a ser financiada será a Linha 3 do metrô, que vai ligar Niterói a São Gonçalo. Segundo o governo do estado, o projeto executivo terá andamento imediato, e a obra deve ser iniciada em dezembro.

O primeiro trecho a ser feito fica entre Barreto e Alcântara e deve contar com 14 quilômetros, sendo inaugurado em 2014. Em 2015 devem ficar prontos o segundo trecho, de três quilômetros, que fica entre a Estação Araribóia e Alcântara. No mesmo ano será inaugurado ainda o terceiro trecho, entre Guaxindiba e Barreto, somando mais cinco quilômetros de trilhos. A obra deve contar ainda com verba do Orçamento Geral da União de 2013 e deve custar, no total, 3 bilhões de reais. O sistema de transporte que liga Niterói ao Rio também deverá ser renovado com a compra de novas barcas. Outra importante intervenção a ser financiada será a despoluição das lagoas da Barra da Tijuca e do Canal da Joatinga, que estão no caderno de encargos como obras prometidas para Olimpíada de 2016.

Fonte: VEJA RIO