EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias Cariocas

Fatos e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

A taça é nossa

historias-cariocas-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Após dez anos de vida, pela primeira vez uma das feiras mais importantes de Portugal, a Essência do Vinho, será realizada fora do Porto. À espera de 3 000 degustadores, o Centro de Convenções SulAmérica, na Cidade Nova, sedia o evento, marcado para as próximas quinta e sexta (2 e 3). Estarão representadas 100 vinícolas, em cerca de cinquenta estandes. Haverá programas para todos os bolsos. Por 50 reais, o visitante pode, por exemplo, aprender a harmonizar a bebida com chocolates. Mas quem quiser experimentar as garrafas caras já começará pagando 500 reais. Um dos encontros mais aguardados é o que traça paralelos entre boas safras de marcas europeias e fatos da história do Brasil, como a Revolução de 1930, a conquista da primeira Copa do Mundo, em 1958, e a volta da democracia, em 1985.

Curta esta

historias-cariocas-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

É com este cartaz, misturando as curvas do calçadão de Copacabana ao tradicional desenho de películas de cinema, que o movimento Rio Eu Te Amo promove um concurso de curtas sobre a cidade. O vencedor ganhará contrato com a produtora Conspiração, e o filme será exibido com um longa-metragem (também sobre o amor ao Rio) que já começa a ser produzido, reunindo diretores como Fernando Meireles, Andrucha Waddington e José Padilha.

As inscrições vão até julho, pelo

site www.rioeuteamo.

Vermelho de vergonha

historias-cariocas-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

A expectativa era grande, o time vinha aplicando goleadas, mas na semana passada perdeu para a Cabofriense, em casa, a semifinal do primeiro turno da Série B. Clube de tantas tradições, agora o América enxerga mais longe o retorno à elite do futebol carioca (veja, no quadro abaixo, o que pode vir pela frente). A única notícia boa parece ser o lançamento, pela Liga Retrô, nas versões masculina e feminina, do uniforme de 1982, o ano das últimas conquistas de peso do time.

Pulso firme

historias-cariocas-06.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Designer de acessórios com loja em Ipanema e habituée do Arpoador, Mônica Rosenzweig andou reparando na moda de juntar pulseiras num mesmo braço, must entre os surfistas daquele cantinho da praia. "A febre do pulseirismo começou há três anos. Já vi gente usando vinte ao mesmo tempo", ela diz. Dando um nó aqui, outro ali, ela bolou uma linha que mescla estilos, com as peças unidas por fecho único. Vale juntar cordão de Bali, macramê, berloques e até fitinha do Bonfim.

O preço médio é de 350 reais.

Enfim, em paz

historias-cariocas-04.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Duas longilíneas figuras de santo, em óleo sobre madeira, estão expostas desde a semana passada no Museu Nacional de Belas Artes, no Centro. São obras de Candido Portinari, feitas em 1944 sob encomenda para a Capela Mayrink, na Floresta da Tijuca. Elas foram roubadas em 1993 (numa madrugada em que houve pane geral de luz no parque) e recuperadas no ano seguinte pela polícia, mas para lá não mais voltaram, por questões de segurança. Confira, abaixo, o périplo das telas.

historias-cariocas-05.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO