EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias Cariocas

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

Memória da cidade

historias-cariocas-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ele tem nome de guitarra: Fender. É um golden retriever de 10 anos, apaixonado por instrumentos e carinhoso com cantores e compositores. Seu dono é Clemente Magalhães, um dos líderes do projeto Sarau, da Universal Music, DVD recém-chegado às lojas que reúne novos talentos, como Daniel Chaudon e João Guarizo, em formato acústico. Na sessão de gravação, no estúdio Corredor 5, no Leblon, o totó não latiu uma só vez, ficando no chamego com quem lhe desse trela. Os músicos notaram um detalhe curioso: a respiração do bicho segue o ritmo de cada canção. Ainda bem que não rolou punk rock.

Fonte da discórdia

historias-cariocas-05.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Novos rounds na briga entre moradores da Rua Carvalho Azevedo, na Fonte da Saudade, Lagoa, e a construtora Santa Isabel. No meio da ladeira pretende-se erguer um prédio, a 30 metros da Casa Amarela, uma arrojada criação, sobre pilotis, do arquiteto Oscar Niemeyer ? que morou ali nos anos 40. Imóvel tombado, ele não pode ter sua visão impedida. A Justiça, no início do mês, parou a obra, mas a guerra de recursos continua. Na semana passada, operários estavam de volta ao canteiro, com a missão de recolher entulhos. Porém, tirando-se pela barulheira, parece que também vão fincando, aos poucos, as bases do edifício.

Tortura na academia

historias-cariocas-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

O aparelho que vem sendo usado, desde janeiro, pelo professor Marco Antônio Rodrigues, o popular Marcão, na By Fit da Barra, ganhou um apelido nos corredores da academia: tamanquinho da tortura. Fabricado nos Estados Unidos, com fibra e borracha, pesa apenas 90 gramas e, preso ao tênis, potencializa movimentos, ajuda a treinar o equilíbrio e faz o abdômen trabalhar mais. A novidade integra o chamado TEG, sigla de Treinamento Estrutural Global, e tem uso limitado a quinze minutos dos sessenta que a aula dura ? mais do que isso, os alunos chiam. O ator Luigi Baricelli e a apresentadora de TV Dani Monteiro são alguns dos que já passaram por esses momentos de terror.

Protesto para levar no peito

historias-cariocas-04.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Não raro designers cariocas se valem das paisagens da cidade para bolar novos modelos de joias. Um brinco com a forma do Pão de Açúcar aqui, uma pulseira lembrando as curvas do calçadão de Copacabana ali ? nesse ramo vale quase tudo. Mas, depois de ler as recentes denúncias sobre corrupção, especialmente as que se referem ao sistema de saúde no estado e à má administração das obras para a Copa e os Jogos Olímpicos, Denise Leumann, da Joyá, de Ipanema, deixou de lado as belezas do Rio e pensou numa proposta diferente: pingentes de vassoura. Segundo a artista, eles ?simbolizam a luta pela ética?, varrendo os maus políticos para o lixo da história. Cada peça, feita de prata 950, custa 350 reais.Um cachorro que respira música

historias-cariocas-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ele tem nome de guitarra: Fender. É um golden retriever de 10 anos, apaixonado por instrumentos e carinhoso com cantores e compositores. Seu dono é Clemente Magalhães, um dos líderes do projeto Sarau, da Universal Music, DVD recém-chegado às lojas que reúne novos talentos, como Daniel Chaudon e João Guarizo, em formato acústico. Na sessão de gravação, no estúdio Corredor 5, no Leblon, o totó não latiu uma só vez, ficando no chamego com quem lhe desse trela. Os músicos notaram um detalhe curioso: a respiração do bicho segue o ritmo de cada canção. Ainda bem que não rolou punk rock.

Fonte: VEJA RIO