EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias cariocas

Fatos e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

Por: Lula Branco Martins

Que venha o verão

Fábio Minduim
(Foto: Redação Veja rio)

Estamos ainda no inverno, mas as grifes de moda já estão com a cabeça nos seus catálogos de verão. Há um mês, Fábio Minduim, conhecido fotógrafo de esportes de ação, foi convocado por uma delas para clicar cariocas em situações de praia, sol e felicidade. Foi difícil nos dias mais frios, mas ele conseguiu: realizou no total vinte trabalhos, como este clique que mostra o salto de Tiago Souza, dançarino de hip-hop. A ideia do ensaio foi da diretora de criação da marca, Sharon Azulay. "Queria um fotógrafo cuca-fresca e sem melindres", conta. Como locações, foram escolhidos Praia Vermelha, Leme, São Conrado e Ipanema. Às vezes, Minduim e Sharon passavam horas na cobertura dos hotéis da orla à caça de cada "anônimo ideal".

Há dez anos na Glória

BriefCom/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Corria o ano de 1984 quando o governo do estado abriu concurso para escolher o projeto de um monumento ao presidente Getúlio Vargas. O arquiteto carioca Henock de Almeida, hoje com 53 anos, o venceu. Mas, segundo sustenta, "pressões políticas" e indefinição sobre o local de instalação engavetaram a obra. Só em 2004, com o apoio de Oscar Niemeyer, pôde enfim erguer o memorial, na Glória. No domingo (25), o feito comemora dez anos. De tão feliz, ­Henock até já marcou um almoço com Celina Vargas do Amaral Peixoto, neta de Getúlio.

O Rio está para peixe

Ilustrações Marcelo Szpilman
(Foto: Redação Veja rio)

O AquaRio, na Zona Portuária, depois de infindáveis idas e vindas, promete finalmente sair do papel, em 2015, com a pretensão de se tornar o maior e mais importante aquário da América do Sul (abaixo, alguns números). Nas últimas semanas, o presidente da instituição, Marcelo Szpilman, vem anunciando uma série de novidades, entre elas mergulhos dos visitantes em meio a peixes, arraias e tubarões. Agora divulgou desenhos de alguns animais que habitarão os principais tanques.

Sons populares

Reprodução
(Foto: Redação Veja rio)

Recente pesquisa do Data Popular, que embasa um estudo a ser divulgado no mês que vem na forma de livro (Um País Chamado Favela, de Celso Athayde e Renato Meirelles, presidente do instituto), revela curiosos números sobre cultura e comportamento em comunidades pobres, alguns deles relativos ao Rio. Confira acima o que responderam os cariocas sobre seu gênero musical favorito. Deu peninha do samba de raiz.

Maratona viking

istockphoto
(Foto: Redação Veja rio)

A Dinamarca não veio à Copa, mas os mais badalados artistas de Copenhague (cinquenta atrações, entre músicos, atores, designers e DJs) começam a desembarcar no Brasil nesta semana, para uma maratona de apresentações que vai até dezembro. Iniciativa do Instituto Cultural da Dinamarca, o projeto traz ao Rio atrações como o trio Jakob Bro, cujo guitarrista, que dá nome ao conjunto, integra o Hall da Fama do Jazz em seu país. A seguir, três dicas.

Fonte: VEJA RIO