EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias cariocas

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

As torres do Rio

Lançado há duas semanas, 40 Anos de Arquitetura Brasileira (Editora Monolito), de Fernando Serapião, festeja o aniversário da Associação Brasileira de Escritórios de Arquitetura (AsBEA), fundada em 1973, em São Paulo.

A obra faz um paralelo entre a história da entidade e os principais fatos políticos e sociais ocorridos no país de lá para cá. Estão ali fotos de dezenas de prédios, ícones do traço arquitetônico das últimas décadas, em várias cidades. Representam o Rio três espigões: uma rede de TV (antes, o edifício havia sediado uma empresa de refrigerantes), um hotel e um banco.

historias-cariocas-01.jpg
(Foto: Veja Rio)

Clique na imagem para ampliá-la

Generais à mesa

Funcionários de restaurantes como o Laguiole, dentro do Museu de Arte Moderna, no Aterro, e o Giuseppe Grill Mar, na Lagoa, passarão a usar, em 2014, pins como símbolos do tempo de casa. A iniciativa foi de Marcelo Torres, restaurateur com sete endereços na cidade. Preso à camisa, cada botão representará cinco anos de trabalho. "É como uma condecoração das Forças Armadas", diz Torres. Assim, os empregados do Giuseppe pioneiro, instalado há vinte anos no Centro, serão os generais da tropa: exibirão quatro penduricalhos desses.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Rotina dura, em vão

Há três meses, VEJA RIO revelou a rotina marcial das turmas de balé da Escola Maria Olenewa, no Theatro Municipal, na Cinelândia. E não é que muitos alunos que apareceram na reportagem (dezesseis moças e um rapaz) acabam de passar no Youth America Grand Prix, o disputado YAPG de Nova York? Mas a maioria não irá: falta-lhes grana. Sem patrocínio, eles não têm como dar o maior salto de sua vida.

Tomás Rangel
(Foto: Redação Veja rio)

Belas visões

Usando apenas seu próprio nome no título, Pedro Garrido prepara um livro de fotografias com personalidades da cidade, clicadas em situações e cenários de extrema beleza. Ele é criador da revista Vizoo, e as fotos foram feitas para reportagens na publicação ao longo dos últimos dezessete anos. Quem posou para ele? Todo mundo que acontece no Rio, de Djavan a Seu Jorge, de Gerald Thomas a Alinne Moraes. Ao lado temos, na praia, a cantora Dora Vergueiro, quinze anos atrás.

Reprodução
(Foto: Redação Veja rio)

Vale subir a serra

Fechado o balanço anual de 2013, viu-se que é do Rio a maior parte (72%) das 60?000 pessoas que nesse período visitaram o Museu da Cerveja, da Bohemia, em Petrópolis. Aberta em maio do ano passado, a atração apareceu como "melhor novidade" no Guia Quatro Rodas Brasil 2013, publicado pela Editora Abril. São mais de vinte ambientes, muitos deles interativos, contando a história da bebida.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO