EDIÇÃO DA SEMANA

Histórias Cariocas

Fatos e curiosidades sobre o Rio e seus habitantes

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

Arte em pedaços

historias-cariocas-01.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Objetos arqueológicos encontrados durante as obras do Museu de Arte do Rio (MAR) e destroços oriundos das remoções feitas recentemente na Zona Portuária vão ganhar status de arte. A partir de 3 de setembro, o próprio MAR recebe a exposição Turvações Estratigráficas, de Yuri Firmeza, paulistano radicado em Fortaleza. Para tratar de questões ligadas à memória, o artista está construindo uma grande instalação que vai reunir pedaços de porcelana, pentes e restos de mobiliário recolhidos nas escavações, além de monitores de vídeo. Após o término da mostra, parte dessas peças ficará guardada na reserva técnica da instituição, à espera de uma destinação.

historias-cariocas-02.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Festival de calorias

historias-cariocas-04.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Lançado por um quarteto de amigos com o propósito de desmitificar a arte de cozinhar, o movimento Ogrostonomia promove reuniões quinzenais para saborear quitutes como o filé-mignon de porco à parmigiana e a pizza de brigadeiro (acima), uma mistureba que leva ainda rodelas de banana, confeitos de chocolate e creme de avelã. Devido ao sucesso dos encontros e dos 150 vídeos de receitas postados na internet, eles agora procuram um endereço no Rio para abrir sua primeira casa, que já tem nome: Bistrogro.

Celebração do mito

Os cariocas que veneram os Beatles têm um encontro marcado na noite de segunda (19), no Teatro Rival. Na programação dedicada ao maior fenômeno pop de todos os tempos, que lançou sua primeira gravação há cinquenta anos, haverá palestras, exposição de capas de discos raros e show de uma banda cover que vai tocar, da primeira à última faixa, o álbum Abbey Road (1969). Estarão à venda ainda roupas e acessórios com estampas de John, Paul, George e Ringo. Organizada pelo músico e jornalista Heitor Pitombo, a atração reúne convidados especiais. Eis alguns deles:

historias-cariocas-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

24000 estrangeiros

Este é o número de cidadãos de outros países que a cada ano solicitam visto para trabalhar no Rio. O dado é da Mooviin, empresa criada há dois meses, sediada no Leblon, com o objetivo de ajudar na realocação de profissionais estrangeiros na cidade, além de facilitar a retirada de documentos e em outros quiproquós burocráticos. Mas a grande sacada da empresa, tocada pela advogada alagoana radicada na Gávea Carolina Carnaúba, é ensinar os truques de como se viver no Rio ? coisas do dia a dia mesmo. Ela convocou especialistas das mais diversas áreas e ensina, por exemplo, como fazer compras no mercado, abrir conta no banco, escolher a escola dos filhos e achar médicos competentes em cada bairro.

Fonte: VEJA RIO