MEMÓRIA DA CIDADE

Domingo de apostas e luxo

Um tablet gigante com touchscreen contará, no Jockey, a história do GP Brasil de turfe

Por: Lula Branco Martins - Atualizado em

acervo jcb
(Foto: Redação Veja rio)

Unindo tradição e modernidade, o Jockey Club, na Gávea, sedia neste domingo (4), a partir das 16h30, a edição de número 81 do Grande Prêmio Brasil, o mais importante páreo do turfe nacional. Trata-se de uma oportunidade de ver as melhores duplas de cavalos e cavaleiros do país e, ao mesmo tempo, é um acontecimento ímpar na sociedade carioca, que costuma comparecer à festa em trajes formais ? na tribuna, por exemplo, os homens só entram se estiverem de terno e gravata. E as mulheres desfilam sua elegância exibindo um acessório quase restrito à ocasião: o chapéu. A organização do evento acredita que, neste ano, com toda a badalação em torno da princesa Kate Middleton, os vistosos fascinators, adorados pela nobreza da Inglaterra, sejam vistos nas cabeças mais chiques. Três novos restaurantes, Palaphita Gávea, Emporium Pax e Favoritto, receberão os apostadores. Além disso, um tablet gigante estará contando a história da corrida e será montado um jogo da memória com fotos antigas, como as que ilustram esta página. VEJA RIO consultou especialistas e dá, ao lado, dicas sobre o GP.

reprodução
(Foto: Redação Veja rio)
memoria-da-cidade-03.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO