COTIDIANO

Novas regras de gratuidade para estudantes nos ônibus do Rio entram em vigor

Universitários de baixa renda devem se cadastrar a partir do dia 10. A partir desta segunda (3), estudantes com Riocard já podem usufruir do benefício

- Atualizado em

onibus-zona-sul.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Com a volta às aulas, os estudantes dos ensinos fundamental e médio da rede pública já começam a usufruir das mudanças na gratuidade nas passagens de ônibus anunciadas pela Prefeitura na última quinta (30), quando foi divulgado também o aumento para R$ 3,00 no valor do meio de transporte. Como uma forma de amenizar a notícia do aumento junto à opinião pública - já que o mesmo foi motivo de protestos no ano passado e acabou sendo revogado -, o prefeito Eduardo Paes ampliou de 60 para 76 o número de viagens gratuitas que os estudantes podem fazer por mês utilizando o Riocard, além de estender o benefício a universitários de baixa renda. As novas regras passam a valer automaticamente para quem já tem o cartão, sem necessidade de recadastro, e dão direito ao máximo de quatro viagens por dia, incluindo fins de semana e feriados.

De acordo com o Decreto publicado pelo prefeito, os universitários dos programas do Governo Federal de cotas ou Universidade para Todos, que antes pagavam meia passagem, agora têm direito à gratuidade integral. Eles receberão, a cada ano letivo, cartões eletrônicos contendo créditos de viagens de Bilhete Único Carioca (BUC). Já os universitários com renda familiar per capita de até um salário mínimo que agora também têm direito à gratuidade integral, devem dirigir-se às agências do RioCard da cidade, a partir do dia 10 de fevereiro, para efetuarem o cadastro. Neste caso, será preciso apresentar a comprovação de matrícula e renda. Os estudantes podem utilizar declaração de imposto de renda, contracheque atualizado dos responsáveis legais ou "autodeclaração" com assinatura de termo específico.

Fonte: VEJA RIO