EXPOSIÇÕES

Graphos: Brasil Hoje

Galeria exibe cinquenta trabalhos de 22 artistas ligados à casa, a exemplo de Carlos Vergara e Waltercio Caldas

Por: Carolina Barbosa - Atualizado em

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Por duas décadas, Ricardo Duarte ganhou a vida como dono de uma loja de móveis e divertiu-se no papel de colecionador de arte. Há pouco menos de dois anos, transformou o hobby em negócio e comanda uma bem-sucedida galeria no Shopping dos Antiquários, em Copacabana. Desde agosto em novo ponto, no mesmo centro comercial, mas reformado e mais amplo, a Graphos: Brasil celebrou a mudança com uma alentada coletiva. Duarte reuniu cinquenta trabalhos de 22 artistas ligados à casa, a exemplo de Carlos Vergara e Waltercio Caldas. Walter Goldfarb exibe a monumental (1,80 metro de altura por 4,30 metros de largura) e supercolorida tela Pequeno Jardim dos Lírios Lisérgicos (2012). Outro achado é a divertida colagem Sgt. Peppers Lonely Flowers (2012). Inpirada no histórico LP dos Beatles, a obra é do espanhol Felipe Cardeña, revelado na 54ª Bienal de Veneza, em 2011. Entre as instalações, chama atenção Timeless (2009), da Boym Partners, projeto do casal formado pelo russo Constantin e pela americana Laurene. Trata-se de uma reunião de objetos do cotidiano ? abajur, cadeira, mesa e lustre ? cobertos de uma resina semelhante ao bronze. As criações estão à venda, por preços entre R$ 4?000,00 e R$ 150?000,00, mas a visita não custa nada e é recompensadora.

Graphos: Brasil. Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja 11, Copacabana, ☎ 2256-3268 e 2255-8283. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 18h. Grátis. Até sábado (28).

Próxima atração: Walter Goldfarb, um dos destaques no acervo da coletiva, ganha individual na galeria a partir de 10 de outubro. A Inquisição dos Absurdos vai reunir cerca de trinta obras, entre pinturas e esculturas

Fonte: VEJA RIO