Leblon

Governo recorrerá de liminar que restringe barulho em obras do metrô

De acordo com secretário de transportes, a decisão pode atrasar os trabalhos  

Por: Redação Veja Rio - Atualizado em

metrô linha 4
O primeiro dos 15 novos metrôs que farão parte do sistema da Linha 4 (Barra da Tijuca - Ipanema) (Foto: André Gomes de Melo)

O secretário estadual de transportes Carlos Roberto Osorio anunciou que vai recorrer da liminar que determina limite para os níveis de ruído para as obras da Linha 4 do metrô, no Leblon. Obtida na Justiça pelo Ministério Público do Estado, a decisão foi anunciada ontem.

De acordo com o texto da liminar, os trabalhos ficam proibidos de emitir ruídos acima de 55 decibeis entre 22h e 7h. Se descumprir a decisão, o consórcio responsável pelas obras é obrigado a pagar nota de R$ 50 mil. Segundo Osorio, cumprir o previsto pela liminar vai atrasar as obras.

+ Trem que seguia para a Central sai dos trilhos em Nova Iguaçu

A intenção do governo do estado é encerrar as obras em 1º de junho de 2016 e iniciar então a etapa de testes. Orçada em R$ 8,7 bilhões, a Linha 4 do metrô deve ser inaugurada até as Olimpíadas.

Fonte: VEJA RIO