TECNOLOGIA

Google anuncia a criação do YouTube Space no Rio

O complexo com estúdios de gravações, que também será um centro educativo, será inaugurado no Armazém 1, no porto, até o fim de 2016

Por: Redação Veja Rio

Youtubespace
(Foto: Beth Santos / Prefeitura do Rio)

Um verdadeiro estúdio hollywoodiano totalmente projetado para criar conteúdo para o YouTube será instado pelo Google no Armazém 1, na Região Portuária, até o fim do ano que vem. O lançamento reuniu o presidente da empresa, Fábio Coelho, e o prefeito do Rio, Eduardo Paes, no Museu de Arte do Rio, na quarta (9). O local se chamará YouTube Space e ocupará uma área de mais de 2 mil metros quadrados. Lá serão instalados quatro estúdios, equipados com tecnologia de ponta, incluindo cenários, onde serão ministrados cursos, e também estarão abertos para usuários que têm canais com mais de 2500 seguidores. Todo o uso do espaço será gratuito.

O Rio será a segunda cidade no país, depois de São Paulo a receber o empreendimento. O único país a ter dois YouTube Space é os Estados Unidos, com espaços instalados em Los Angeles e Nova York. Ainda há outros em Londres, Tóquio, Berlim e Mumbai (Índia. “Esse projeto surgiu há dois anos e, hoje, marcamos a chegada física do YouTube no Rio de Janeiro. É a tecnologia mudando a vida das pessoas, através do acesso ao conhecimento, informações, conteúdo e entretenimento. E esse acesso permite ainda uma democratização de talento e o empreendedorismo”, afirmou o presidente do Google Brasil, Fabio Coelho.

+ Trecho da Rio Branco será destinado a pedestres e ciclistas

Sem divulgar valores de investimento e número de pessoas envolvidas, o Google ainda não afirmou quando começam as obras e também não deu detalhes do projeto. Durante o evento, o prefeito foi entrevistado por três YouTubers famosos no pais. A estudante Manoela Antelo, 9 anos, o professor de matemática Rafael Procópio, e o jornalista americano Seth Kugel. No Brasil, o YouTube possui mais de 70 milhões de espectadores de vídeos online, que assistem a uma média de 8,1 horas por semana de vídeos. Quatro cariocas estão entre os dez maiores canais em termos de assinantes (Porta dos Fundos, Parafernalha, VenomExtreme e Felipe Neto).

Fonte: VEJA RIO