EXPOSIÇÕES

Fidia Falaschetti

Italiano Fidia Falaschetti expõe série de obras com artistas famosos representados como bebês

Por: Rafael Teixeira

AVALIAÇÃO ✪✪✪

fotos Marcelo Duarte/divulgaçÃo
(Foto: Redação Veja rio)

Nome de destaque na nova geração de artistas em seu país, o italiano Fidia Falaschetti, 36 anos, tem sólida carreira, com a presença na Bienal de Veneza de 2011 no currículo. Na ocasião, seu trabalho foi descoberto por Ricardo Duarte, dono da galeria Graphos: Brasil. No ano seguinte, o marchand viria a adquirir duas obras de Falaschetti pertencentes à mesma série: pinturas retratando os ícones da pop art Jean-Michel Basquiat e Keith Haring como bebês. Inspirado por essa ideia, Duarte propôs ao italiano uma mostra em sua galeria, com outros retratos na mesma linha daqueles dois - desta vez, exibidos lado a lado com obras dos respectivos artistas. Mais de um ano de trabalho depois, o resultado pode ser conferido. Além de Basquiat e Haring, outros dez bebês foram incluídos: o próprio Falaschetti, além de Yayoi Kusama, Michelangelo Pistoletto, Jeff Koons, Jasper Johns, Mimmo Rotella, Robert Rauschenberg, Vik Muniz, Andy Warhol e Banksy (apenas Basquiat e Bansky não têm trabalhos próprios em exposição). Em suas bem-humoradas criações, Falaschetti busca capturar o estilo e também a técnica do retratado. Assim, Warhol é estampado em caixas de fraldas, como os caixotes de sabão que transformou em arte nos anos 60, e Rauschenberg surge em meio a materiais variados, incluindo tecidos e couro. Os trabalhos que acompanham os retratos transitam por diversas técnicas, a exemplo de uma típica fotografia de Vik Muniz e um múltiplo de Yayoi em forma de cubo, que miniaturiza as suas famosas salas de espelhos. Outras duas obras, de fora dessa série, completam a mostra.

Graphos: Brasil. Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), sobreloja 11, Copacabana, ☎ 2256-3268 e 2255-8283. → Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 18h. Grátis. Até 21 de junho.

Fonte: VEJA RIO