DIVERSÃO

Feiras de moda independente acontecem neste fim de semana

Com edições especiais de Dia das Mães, as feiras Babilônia Feira Hype e O Mercado são opções para encontrar produtos diferentes

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

mercado.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Duas grandes feiras de moda independente acontecem na Zona Sul da cidade neste fim de semana. Neste sábado (3) e domingo (4), os cariocas podem aproveitar para comprar produtos diferentes e exclusivos na Babilônia Feira Hype e n?O Mercado, que acontecem na Lagoa e em Laranjeiras, respectivamente.

Com a participação de 120 expositores de moda e decoração, que estarão mostrando suas sugestões de presentes para o Dia das Mães, a novidade desta edição da Babilônia Feira Hype é o espaço Na Varanda, que receberá shows do projeto Dobradinhas e Outros Tais durante os dois dias do evento. Os músicos como Lucas Vasconcellos e Iara Rennó animam o público no sábado (3), enquanto Nina Becker e Gabriel Muzak se apresentam no domingo (4). Além disso, os DJ?s da festa LUV Saddam, Pachú, Tucho e Flávia Xexéo também apresentam seus sets aos visitantes.

Já a 19ª edição do evento O Mercado terá, além das criações exclusivas das mais de 90 marcas participantes, um espaço gastronômico com cafés e cervejas gourmet. O DJ Galalau anima os visitantes com hits pop, com destaque para as grandes divas da música mundial. Na exposição, que acontece no mezanino, jovens artistas plásticos e fotógrafos mostram seus trabalhos e produzem obras durante o evento. Alguns estandes terão ainda brindes especiais e descontos para as primeiras compras, além da tradicional distribuição de ecobags.

A Babilônia Feira Hype acontece sábado (3) e domingo (4), das 14h às 22h, no Clube Monte Líbano, na Avenida Borges de Medeiros, 701, Lagoa. Os DJ?s começam a tocar às 17h e os shows estão marcados para as 19h. A entrada custa R$ 10.

O Mercado acontece ocupa o salão nobre do Clube Fluminense, em Laranjeiras, sábado (3) e domingo (4), das 14h às 21h. A entrada é gratuita.

feira-hype.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO