DIVERSÃO

Fantásticas fábricas de chocolate

A proximidade da Páscoa é um bom motivo não só para saborear a guloseima, mas também para conhecer uma fábrica. Confira o roteiro e surpreenda-se

Por: Daniela Pessoa - Atualizado em

fabrica-de-chocolates.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Deixar o chocolate derreter lentamente na boca (ou devorar tudo de uma vez só) é apenas a última etapa de um longo processo que começa na semente de cacau. Para aqueles que, além de chocólatras, são curiosos, a Páscoa pode ser um bom motivo para saborear os ovos e ainda desvendar os mistérios de uma fábrica de chocolate, descobrindo como a guloseima é feita. Curioso? Confira o roteiro a seguir e fique tranquilo: ninguém será sugado por um rio de chocolate nem corre o risco de virar amora, como no filme A Fantástica Fábrica de Chocolate.

PENEDO

Neste distrito do sul fluminense que nasceu com a imigração finlandesa, o verde do Parque Nacional de Itatiaia, onde se encontra o Pico das Agulhas Negras, o clima ameno, a Casa do Papai Noel e os chocolates com gostinho caseiro são os maiores atrativos. As técnicas artesanais tradicionais da Europa garantem à guloseima frescor e sabor único. Vale a visitar a fábrica e lambuzar os dedos!

Casa do Chocolate. É a fábrica de chocolate mais antiga de Penedo, com uma área envidraçada que permite acompanhar a manufatura de bombons, barras e ovos de Páscoa (que, aliás, são produzidos durante o ano inteiro). É possível observar desde o momento em que o chocolate bruto é derretido até ser colocado nas formas, retirados, resfriados, decorados e embalados. Na lojinha local é possível degustar delícias de sabores diversos, do chocolate ao leite ao amargo, crocante e recheado. Avenida Casa das Pedras, 10, Penedo, Itatiaia, tel. (24) 3351-1127. Horário: de terça a sábado, das 9h20 às 17h40. Preço: grátis.

Fábrica de Chocolate. Segunda mais antiga de Penedo, a fábrica também abre suas portas para visitação, mas, assim como na Casa do Chocolate, é permitido observar apenas a etapa final da produção. E, claro, provar algumas das delícias locais. Praça Finlândia, s/n. A secretaria de turismo de Itatiaia não informa o horário de funcionamento. Não é preciso agendar a visita. Preço: grátis.

NOVA FRIBURGO

No norte do estado, sobre a Serra dos Órgãos, o município de colonização suíça que tem uma das maiores redes hoteleiras do interior do estado abriga distritos famosos pelas belas paisagens naturais com montanhas, rios e cachoeiras. Entre eles, Lumiar, São Pedro da Serra e Mury. O forte comércio de roupas íntimas rendeu à cidade o título de "capital da lingerie?, mas o chocolate também tem vez.

Queijaria Suíça. Apesar do nome, a fábrica fundada há 25 anos também produz chocolate. A chocolataria é pequena, tem apenas três funcionários, mas vale a visita. O visitante é conduzido por corredores com janelas de vidro e, quanto observa a produção, recebe informações sobre as técnicas suíças que a casa utiliza no preparo das iguarias. Ao longo do passeio, são servidas provinhas dos queijos do tipo suíço e moleson ? este último exclusividade da fábrica, feito com leite de vaca ou cabra e de casca lavada ? e dos chocolates. São mais de 50 variedades à venda na loja. Entre os mais inusitados, bombom recheado com gorgonzola. No restaurante anexo, as delícias do menu como fondue de queijo e chocolate são preparadas com os produtos fresquinhos da fábrica. Estrada RJ 130, s/n, km 18, Nova Friburgo, tel. (22) 2529-4000. Horário: de segunda a domingo das 9h às 11h (produção de queijos), das 9h às 15h (produção de chocolate) e de terça a domingo das 11h às 17h (restaurante). Preço: grátis.

RIO DE JANEIRO

Chez Bonbon. Quem se lembra da novela Chocolate com Pimenta, com a atriz Mariana Ximenes, também vai se lembrar desta fábrica. Localizada no bairro de São Cristóvão, ela serviu de ambientação para cenas saborosas. Os portões são abertos apenas para visitas de grupos escolares ? vale o agendamento! São três horas de visita com um recreador que conta toda a história do chocolate e vídeos que mostram todo o processo de fabricação de forma divertida. No tour pela fábrica, as crianças conhecem os equipamentos e cada etapa de produção. Por fim, participam da oficina de bombom, que elas próprias fazem e, em seguida, saboreiam. Rua Justino de Sousa, 47, São Cristóvão, tel. 3860-6161. Horário e preço sob consulta.

Fonte: VEJA RIO