DIVERSÃO

Fique ligado

Oito estreias agitam os cinemas, quatro espetáculos teatrais entram em cartaz e quatro novas mostras chegam às salas cariocas. Aproveite os últimos dias para conferir cinco peças e sete exposições. Programe-se!

- Atualizado em

CINEMA

apenas-uma-noite.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

PRÉ-ESTREIAS

✪✪✪ APENAS UMA NOITE, de Massy Tadjedin (Last Night, EUA/França, 2010). Nascida no Irã e criada na Califórnia, Massy Tadjedin faz uma bela estreia como diretora. Há muito com que se surpreender neste drama romântico, enxuto na forma, mas rico enquanto registro da realidade. O executivo Michael (Sam Worthington, de Avatar) é casado com a aspirante a escritora Joanna (Keira Knightley). Em um envolvente e tenso jogo de sedução, a fidelidade de ambos será posta à prova. Michael parte numa rápida viagem de negócios e passa a ser assediado pela colega de trabalho Laura (Eva Mendes). Em Nova York, sua esposa reencontra Alex (Guillaume Canet), o ex-namorado por quem ainda se sente atraída. Também roteirista, a realizadora mostra-se sagaz na arguta observação dos comportamentos feminino e masculino. Além do charmoso casal de protagonistas, o filme tem como trunfo os dois coadjuvantes, que representam bem o ideal (ou o sonho) de homens e mulheres: a tentação carnal nas formas roliças de Eva Mendes e a elegância intelectual do francês Guillaume Canet (93min). 12 anos. Estreou em 1º/6/2012. Cine Candido Mendes, Estação Sesc Barra Point 1, Estação Sesc Ipanema 1.

✪✪✪ DEUS DA CARNIFICINA, de Roman Polanski (Carnage, França/Alemanha/Polônia/Espanha, 2011). Encenada na cidade no ano passado, a peça homônima de Yasmina Reza ganhou uma versão cinematográfica do diretor de O Pianista. Quem viu a ótima montagem teatral poderá achar menos graça na comédia dramática. Isso, no entanto, não tira o brilho, a acidez nem as divertidas reviravoltas de um texto engenhoso e cheio de nuances. Polanski abre e fecha seu longa-metragem com uma breve cena externa, mas o roteiro se concentra apenas no apartamento de um casal de Nova York. Michael e Penelope Longstreet (papéis de Jodie Foster e John C. Reilly) vão selar um acordo de paz e, para isso, recebem Nancy e Alan Cowan (Kate Winslet e Christoph Waltz). O motivo do encontro: o filho dos Cowan deu uma surra no filho dos Longstreet e este perdeu dois dentes. Depois de chegarem a um consenso, eles tentam sair do imóvel, mas uma série de discussões em cadeia os faz permanecer por lá. Ambas as duplas travam duelos verbais aquecidos e, na interpretação de um quarteto fabuloso, o programa fica ainda mais estimulante (80min). Kinoplex Fashion Mall 3, UCI New York City Center 8.

✪✪✪ MADAGASCAR 3, de Eric Darnell e Tom McGrath (Madagascar 3: Europe?s Most Wanted, EUA, 2012). No terceiro (e mais empolgante) episódio da cinessérie de animação, a Dreamworks (o mesmo estúdio de Shrek e Kung Fu Panda) faz uma aposta acertada na ação. Na trama, a girafa Melman, a hipopótama Gloria, o leão Alex e a zebra Marty criam um plano para deixar a África, onde levam uma vida muito pacata. Eles querem voltar para o zoológico onde moravam, no Central Park, em Nova York, e, no itinerário da aventura, fazem escalas em Monte Carlo, Roma e Londres (85min). Livre. Dublado: Bay Market 2, Cinesystem Bangu 4, Iguatemi 5 e 6, Kinoplex Grande Rio 3, Kinoplex Leblon 3, Kinoplex Nova América 1 e 5, Kinoplex Tijuca 3, UCI New York City Center 5 e 15, Via Parque 4. Dublado, 3D: Box Cinemas São Gonçalo 1, Cinépolis Lagoon 4, Cinesystem Bangu 2, Iguaçu Top 2, Cinesystem Via Brasil 4, Kinoplex Grande Rio 5, Kinoplex Leblon 1, Kinoplex Nova América 5, Kinoplex Tijuca 1, Kinoplex West Shopping 2, Rio Sul 4, São Luiz 3 e 4, UCI New York City Center 2 e 4, UCI Kinoplex NorteShopping 1 e 10, Via Parque 5. Legendado, 3D: Kinoplex Leblon 1, Kinoplex Tijuca 1, São Luiz 3, UCI New York City Center 2.

✪ PARA SEMPRE, Michael Sucsy (The Vow, EUA, 2012). Embora a premissa seja instigante, o desenrolar do drama romântico não parece plausível. Paige (Rachel McAdams) e Leo (Channing Tatum) são casados e feitos um para o outro. Contudo, um acidente de carro vai pôr o relacionamento deles para escanteio. Ao sair do coma, Paige perdeu parte da memória. Lembra, por exemplo, dos pais (papéis de Jessica Lange e Sam Neill), mas não tem a mínima ideia de quem seja seu marido. Leo entra em desespero, leva a mulher para casa e tenta fazê-la retomar o cotidiano conjugal e profissional. Pressionada pela família rica, a moça decide recomeçar a vida perto dos parentes e longe do amado. Extraída do livro homônimo, escrito por Kim Carpenter e lançado pela Novo Conceito, a história transborda açúcar e nem assim consegue convencer no quesito romantismo (104min). Box Cinemas São Gonçalo 2, Cinemark Botafogo 1, Cinemark Downtown 1, Cinépolis Lagoon 3, Iguatemi 5, Kinoplex Fashion Mall 4, Kinoplex Leblon 2, UCI New York City Center 17.

PROMETHEUS, de Ridley Scott (Prometheus, EUA, 2012). No fim do século 21, uma equipe de cientistas embarca na nave Prometheus para investigar a existência de vida em outros planetas. A arqueóloga Elizabeth Shaw (papel de Noomi Rapace) e o androide David (Michael Fassbender) fazem parte da tripulação, que vai encontrar uma civilização tão antiga quanto ameaçadora. O enredo não esconde as semelhanças com Alien, o Oitavo Passageiro (1979), também dirigido pelo inglês Ridley Scott, embora sua nova ficção científica siga rumo independente. Com Guy Pearce e Charlize Theron (124min). Cinepólis Lagoon 6, Kinoplex Leblon 1, Kinoplex Tijuca 4, UCI New York City Center 15, UCI Kinoplex NorteShopping 10.

ESTREIAS

✪✪✪ BRANCA DE NEVE E O CAÇADOR, de Rupert Sanders (Snow White and the Huntsman, EUA, 2012, 127min). irou tendência transformar histórias infantis em filmes para o público adulto. Enquanto A Garota da Capa Vermelha foi uma desastrosa versão de Chapeuzinho Vermelho, Espelho, Espelho Meu, lançado em abril, optou pelo viés do humor para levar às telas o conto da Branca de Neve. Mais bem-sucedido, Branca de Neve e o Caçador traz uma adaptação vigorosa e com algumas licenças para a fábula dos irmãos Grimm. Na trama, a princesa (Kristen Stewart) passa os dias infeliz e aprisionada. Tudo por causa de sua madrasta (Charlize Theron), que lhe tomou o trono após a morte do rei. A mocinha, porém, consegue fugir e, inconformada, a vilã contrata um caçador (Chris Hemsworth, o Thor) para abatê-la. Viúvo, o rapaz encontra Branca de Neve na Floresta Negra, um lugar infestado de criaturas assustadoras e de onde poucos humanos saíram vivos. Há outras alterações em relação ao original: o príncipe encantado (papel de Sam Caflin) é um amigo de infância da protagonista e os anões agora são oito e interpretados por excelentes atores de estatura normal, como Ian McShane, Ray Winstone e Toby Jones -- há um bom truque para deixá-los pequeninos. Esqueça o desenho animado de Walt Disney da década de 30. O tom aqui se mostra sombrio, dramático e sem ingredientes para agradar à criançada. Trata-se de uma relevante estreia do cineasta Rupert Sanders. Ele dá conta do recado ao imprimir um ritmo enérgico à narrativa, além de estar bem escudado em um time de especialistas. Entre eles, a figurinista Colleen Atwood (vencedora do Oscar pelo musical Chicago) e Andrew Ackland-Snow, diretor de arte da cinessérie Harry Potter. Sorte da plateia: sai a breguice de Espelho, Espelho Meu e entra um imponente visual medieval que faz ainda mais diferença entre os dois longas-metragens. 12 anos. Estreou em 1º/6/2012. Dublado: Bay Market 1, Box Cinemas São Gonçalo 7 e 8, Cinecarioca, Cine 10 Sulacap 3, Cinepólis Lagoon 5, Cinemark Botafogo 4, Cinemark Downtown 4, Cinemark Plaza Shopping 6, Cinepólis Lagoon 1, Cinespaço Boulevard 5, Cinesytem Bangu 5, Cinesystem Recreio 4, Cinesystem Via Brasil 3, Iguaçu Top 3, Iguatemi 4, Kinoplex Grande Rio 6, Kinoplex Nova América 6, Kinoplex West Shopping 1, UCI New York City Center 3, UCI Kinoplex NorteShopping 6, Via Parque 2. Legendado: Cinemark Downtown 6, Cinesystem Ilha Plaza 1, Cinesystem Via Brasil 1, Espaço Itaú de Cinema 6, Estação Vivo Gávea 2, Kinoplex Fashion Mall 1, Kinoplex Tijuca 6, Leblon 1, Rio Sul 2, Roxy 1, São Luiz 2, UCI New York City Center 13, UCI Kinoplex NorteShopping 2 e 5.

✪✪ SLOVENIAN GIRL, de Damjan Kozole (Slovenka, Eslovênia/Sérvia/Croácia/Alemanha, Bósnia-Herzegovina, 2009). Talvez para a Eslovênia, um pequeno país ex-comunista no Leste Europeu, a prostituição de estudantes através de classificados seja algo novo e chocante. Foi isso, ao menos, que levou o diretor de lá a fazer um drama quase nos moldes do nosso Bruna Surfistinha, porém sem o humor, a bossa e o clima pop da fita brasileira. Poucas novidades são apresentadas para mostrar a vida dupla de Alexandra (Nina Ivanisin). Vinda do interior, onde deixou seu pai (Peter Musevski), a moça de 23 anos é estudante de inglês e ganha a vida como garota de programa na capital, Liubliana. A morte acidental de um cliente figurão a porá na mira da polícia. Contudo, vão incomodá-la dois cafetões, que querem forçá-la a aceitar os "serviços" deles. A certa altura, sente-se um bom clima de tensão e suspense, logo dissipado. O roteiro, então, volta ao rame-rame de antes tentando fazer da personagem uma metáfora da Eslovênia atual: deslocada na União Europeia e perdida num futuro incerto (90min). 14 anos. Estreou em 1º/6/2012. Estação Sesc Barra Point 2, Estação Sesc Rio 3.

✪✪✪ SOLTEIROS COM FILHOS, de Jennifer Westfeldt (Friends with Kids, EUA, 2011). Depois de tantas besteiras no gênero, finalmente a comédia romântica encontrou, além de humor, um bom conteúdo. Jennifer Westfeldt escreveu o fraco roteiro de Beijando Jessica Stein (2001) e agora, bem mais afiada nos diálogos, volta à cena como atriz e diretora estreante. A história gira em torno de vários amigos, mas o foco está em Jason (Adam Scott) e Julie (papel da realizadora). Eles moram em Nova York, se conhecem há quase vinte anos e têm muitas afinidades. Possuem também um conceito rígido da vida a dois. Ao reparar no cotidiano dos casais Ben e Missy (Jon Hamm e Kristen Wiig) e Leslie e Alex (Maya Rudolph e Chris O?Dowd), eles acham que os filhos só tendem a afrouxar o sexo. Por isso, decidem ter um bebê sem nenhum compromisso afetivo entre eles. Embora o relacionamento seja fraternal, conseguem transar, ser pais de um menino e criá-lo em apartamentos distintos. Não é difícil saber o que vai acontecer daí em diante. A previsibilidade, contudo, não atrapalha a visão esperta e ácida que a cineasta dá aos vários tipos de relação conjugal. Com Megan Fox e Edward Burns (107min). 14 anos. Estreou em 1º/6/2012. Cinemark Botafogo 2, Cinemark Downtown 5, Cinemark Plaza Shopping 5, Cinepólis Lagoon 2, Cinespaço Boulevard 4, Estação Sesc Ipanema 1, Iguatemi 6, Kinoplex Leblon 3, UCI New York City Center 8, UCI Kinoplex NorteShopping 7 e 8.

TEATRO

julia.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

ESTREIAS

ALGUÉM ACABA DE MORRER LÁ FORA, de Jô Bilac. Ambientada em um bar, a

comédia conta a história de três personagens que têm em comum a sensação de vazio existencial e o hábito de fantasiar a realidade. Em mesas diferentes, cada um deles aguarda um encontro. O solteiro Cláudio (Ricardo Santos), à procura de um amor, espera uma mulher com uma rosa na mão. A voluntariosa Laura (Lucélia Santos) está na expectativa de acertar as contas com alguém a caminho. Enquanto isso, a jovem professora de inglês Marcela (Vitoria Frate) conta com a chegada de sua irmã, com quem divide um conjugado no Centro. Quem os serve é o atrevido garçon Dodô (Pedro Nercessian). Direção de Pedro Neschling (70min). 12 anos. Teatro Sesi (350 lugares). Avenida Graça Aranha, 1, Centro, ☎ 2563-4163. → Quinta a sábado, 19h30. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 12h (qui. a sáb.). TT. Até 14 de julho. Estreia prometida para quinta (31).

O CARA, de Miguel Thiré. Ator e ex-apresentador do programa TV Globinho, Paulo Mathias Jr., 28 anos, interpreta o monólogo cômico sobre a vida de um profissional de marketing viciado em trabalho. Ambicioso, o personagem Getúlio Batista encara o batente compulsivamente para se tornar o homem mais rico e poderoso do mundo antes dos 30 anos. Direção do autor (90min). Livre. Centro Cultural Justiça Federal (142 lugares). Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550. ? Cinelândia. Sexta a domingo, 19h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. a dom.). Até 15 de julho. Estreia prometida para sexta (1º).

REESTREIAS

BESOURO CORDÃO-DE-OURO, de Paulo César Pinheiro. Primeiro texto para teatro de Pinheiro, o musical dramático homenageia Manuel Henrique Pereira (1895-1924), considerado na Bahia o maior capoeirista de todos os tempos, também conhecido como Besouro Cordão-de-Ouro. O espetáculo encerra a temporada de ocupação do projeto Linguagens Brasileiras Cultura Negra em Cena, no Teatro Glauce Rocha. No cenário de Ney Madeira, transformado em um grande terreiro de capoeira com atabaques, berimbaus, pandeiros e caxixis, a história do craque das gingas e rabos de arraia é narrada por personagens que são outros mestres dessa luta de matriz africana, a exemplo de Canjiquinha, Bimba, Barroquinha, Caiçara, Budião, Rosa Palmeirão, Dora das Sete Portas e Pastinha. O elenco de doze atores negros conta com nomes tarimbados, como Maurício Tizumba e Sérgio Pererê. Direção geral de João das Neves e direção musical de Luciana Rabelo (90min). Livre. Estreou em 14/6/2008. Teatro Glauce Rocha (202 lugares). Avenida Rio Branco, 179, Centro, ☎ 2220-0259. ? Carioca. Quinta a sábado, 19h; domingo, 18h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (qui. a dom.). Até 29 de julho. Reestreia prometida para quinta (31).

✪✪✪ JULIA, de August Strindberg. A diretora Christiane Jatahy adapta o clássico Senhorita Julia, escrito pelo dramaturgo sueco no século XIX. Como toque contemporâneo, projeta imagens e amplia o olhar do espectador sobre a narrativa. Julia Bernat e Rodrigo dos Santos interpretam os jovens Julia e Jean no drama sobre um amor impossível. Ela é uma moça de 17 anos, filha de um rico empresário, que se apaixona perdidamente pelo chofer da família. O drama retrata uma única noite em que os dois personagens se espelham um no outro, provocando sentimentos de admiração e ódio. Direção da adaptadora (70min). 18 anos. Estreou em 21/10/2011. Caixa Cultural -- Teatro Nelson Rodrigues (388 lugares). Avenida República do Chile, 230, Centro. ☎ 2262-8152. ? Carioca. → Quinta a domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: 13h/20h (ter. a sex.); a partir das 15h (sáb., dom. e feriados). Até 10 de junho. Reestreia prometida para quinta (31).

ÚLTIMA SEMANA

AUTOPEÇAS 2.1, criação de diversos dramaturgos participantes da Oficina de Autores, realizada pela Cia. dos Atores. Comédia dramática construída com a fusão de oito peças -- promovida pelos professores da oficina Bel Garcia, César Augusto, Marcelo Olinto e Susana Ribeiro. O elenco formado por Ana Abbott, João Rodrigo Ostrower, Jonas Gadelha, Mariana Nunes, Suzana Nascimento, Tracy Segal, Raquel Karro, Raquel Alvarenga, Eduardo Almeida, Átila Calache e Alex Pinheiro encena a montagem a partir dos textos Papo de Mineiro (de Suzana Nascimento e Raquel Alvarenga), Tem um Fantasma Atrás de Mim (de Suzana Nascimento), Marcel e Marceau (de Diogo Liberano), Tatu (de Monica Solon e Jaderson Fialho), Primeiro Eu (de João Rodrigo Ostrower), Aquilo que Fica (de Alexandre Rudáh), Ponto de Escuta (de Alexandre Pinheiro e José Caminha) e Biziu: Eu Quase Te Amei de Verdade (de José Caminha). Direção de Cesar Augusto e Susana Ribeiro (70min). 18 anos. Estreou em 11/5/2011. Caixa Cultural Teatro de Arena (226 lugares). Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Quinta a domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 10h (qui. a dom.). Até domingo (3).

✪✪✪ DE VERDADE A MULHER CERTA, de Sándor Márai, com adaptação de Isabel Muniz e Susana Schild. Há dois anos os atores Guilherme Piva e Kika Kalache vêm trabalhando na montagem do drama, transposto do livro De Verdade, obra-prima do escritor húngaro Sándor Márai (1900-1989). Acompanhados pelo músico Antonio Saraiva, ao piano e, em outros momentos, ao saxofone, Guilherme e Kika interpretam um casal sem nome. Na trama, as diferenças sociais afetam a relação, uma vez que ele é um aristocrata decadente e ela, uma mulher de classe média que muda seu estilo de vida para alcançar o status do marido. Eles se dirigem à plateia, um de cada vez, e relatam as razões que encontraram para o fim da união. A direção de Marcio Abreu tem criativas soluções (60min). 12 anos. Estreou em 13/4/2012. Teatro Maria Clara Machado -- Planetário da Gávea (128 lugares). Rua Padre Leonel França, 240, Gávea, ☎ 2274-7722. Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 30,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. a dom.). Até domingo (3).

✪✪✪✪ EMILINHA E MARLENE AS RAINHAS DO RÁDIO, de Julio Fischer e Thereza Falcão. O musical conta a trajetória de sucessos, a partir de 1949, da cantora carioca Emilinha Borba (1923-2005) e da rival paulistana Marlene, de 87 anos, interpretadas pelas atrizes Vanessa Gerbelli e Solange Badin, respectivamente. Com mais de cinquenta músicas executadas ao vivo, o espetáculo revisita sucessos e dificuldades das duas artistas, que inspiraram numerosos fã-clubes. Completam o elenco Stella Maria Rodrigues, Ângela Rebello, Rosa Douat, Cristiano Gualda, Luiz Nicolau, Ettore Zuim, Mona Vilardo, Cilene Guedes, Andrea Dantas, Catarina Abdalla e Lenita Lopez, acompanhados de cinco músicos. Direção cênica de Antonio de Bonis e direção musical de Marcelo Alonso Neves (120min, com intervalo). Livre. Estreou em 4/8/2011. Teatro Clara Nunes (527 lugares). Rua Marquês de São Vicente, 52, 3º piso (Shopping da Gávea), Gávea, ☎ 2274-9696. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 70,00 (qui. e sex.) e R$ 80,00 (sáb. e dom.). Bilheteria: a partir das 14h (qui. a dom.). IC. Estac. (R$ 6,00 por duas horas). Até domingo (3).

✪✪✪ O FILHO ETERNO, de Cristóvão Tezza, com adaptação de Bruno Lara Resende. O monólogo dramático rendeu os prêmios Shell e APTR 2011 ao ator Charles Fricks. No palco, ele apresenta os corajosos relatos de Tezza, tirados de seu livro homônimo, sobre a convivência com o filho mais velho, Felipe, portador da síndrome de Down. Apoiado em cena apenas por uma cadeira, Fricks preserva o enredo distante da pieguice. Seu personagem divide com o público inseguranças, descobertas e pequenas conquistas até o desfecho redentor. Direção de Daniel Herz (75min). 14 anos. Estreou em 3/6/2011. Centro Cultural do Poder Judiciário (antigo Palácio da Justiça) -- Sala Multiuso (60 lugares). Rua Dom Manuel, 29, Centro, ☎ 3133-3366. Segunda a quarta, 19h. Grátis. Bilheteria: a partir das 18h30 (seg. a qua.). Distribuição de senhas meia hora antes. Até quarta (30). www.portaltj.tjrj.jus.br. Galpão Gamboa (60 lugares). Rua da Gamboa, 279, Gamboa, ☎ 2516-5929. → Sábado (2), 21h; domingo (3), 20h. R$ 5,00 (moradores da região) e R$ 10,00. Bilheteria: 14h/19h (qua. a sex.); a partir das 14h (sáb. e dom.). Bilheteria na produtora Pequena Central (Rua Conde de Irajá, 98, Botafogo): 10h/16h (ter. a qui.).

✪✪✪ A PEÇA DO CASAMENTO, de Edward Albee, com tradução de Marcos Ribas de Faria. Primeira montagem brasileira desse texto do célebre autor americano, a comédia dramática retrata um casamento como uma zona de guerra, em que não há vencedores, mas combatentes mutuamente esgotados. Os atores Guida Vianna e Dudu Sandroni representam Gillian e Jack. Após trinta anos de casados, o marido comunica à mulher que vai deixá-la. Como a reação dela não é a esperada finge não ouvir, enquanto lê seu diário contendo as peripécias sexuais do casal , começa um embate recheado de ironias e diálogos sofisticados. Direção de Pedro Bricio (80min). 12 anos. Estreou em 5/4/2012. Teatro Laura Alvim (245 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2015, ? General Osório. Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 30,00 e R$ 50,00. Bilheteria: 16h/21h (ter. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até domingo (3).

EXPOSIÇÕES

ESTREIAS

BINA FONYAT. Registros de 1972 a 1978 tirados do acervo de Fonyat (1945-1985) estão reunidos na exposição Outros Carnavais. São cinquenta fotografias da folia carioca, escolhidas pela curadora Helena Uchôa Cavalcanti. Espaço Cultural Eletrobras Furnas. Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-3112. Terça a sexta, 14h às 18h; sábado, domingo e feriados, 14h às 19h. Grátis. Até 8 de julho. A partir de sexta (1º).

COLEÇÃO ITAÚ DE FOTOGRAFIA BRASILEIRA. Com curadoria de Eder Chiodetto, a mostra apresenta 115 trabalhos de 56 artistas, produzidos do fim da década de 40 até hoje. Entre os fotógrafos com obras espalhadas por seis salas do Paço estão Geraldo de Barros, José Oiticica Filho, Thomaz Farkas, José Yalenti, Rosângela Rennó, Miguel Rio Branco, Claudia Andujar, Vik Muniz e Rodrigo Braga. Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 5 de agosto. A partir de sexta (1º). www.pacoimperial.com.br.

FARNESE DE ANDRADE. Objetos levados a capelas e igrejas, para agradecer alguma graça alcançada, os ex-votos compõem a maior parte do acervo exibido em Farnese de Andrade e os Ex-Votos ? Liturgias Contemporâneas. Os trabalhos, procedentes de Canindé, no Ceará, pertencem à coleção do Museu da Casa do Pontal e são de autoria anônima. As demais peças exibidas, igualmente impregnadas de religiosidade, são do mineiro Farnese de Andrade (1926-1996). Dele, há esculturas, além de mais ex-votos. Curadoria de Angela Mascelani. Museu Casa do Pontal. Estrada do Pontal, 3295, Recreio dos Bandeirantes, ☎ 2490-3278. Terça a domingo, 9h30 às 17h. R$ 4,00. O ingresso para a exposição permanente do museu (R$ 10,00) dá acesso livre à galeria. Até 22 de setembro. A partir de domingo (3).

MIGUEL RIO BRANCO. Quinze trabalhos de diferentes épocas da carreira do fotógrafo abordam de forma poética a condição da mulher na mostra La Mécanique des Femmes. A obra que dá nome à exposição, um enorme painel com nove imagens, ocupa, sozinha, uma parede inteira da galeria. A partir de R$ 16?000,00. Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 30 de junho. A partir de sexta (1º). www.silviacintra.com.br.

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪ ANNA BELLA GEIGER. Escultora, pintora, gravadora e desenhista, a carioca de 79 anos expõe sua versatilidade em Nem Mais, Nem Menos. Estão reunidas quinze peças, entre pinturas, serigrafias, desenhos, objetos, fotografias e vídeos. Alguns trabalhos abrangem várias técnicas. É o caso de Rrolo ? Scroll com América Latina Expanding, obra de nome comprido criada neste ano, uma volta aos rolos de papel que Anna Bella começou a desenvolver na década de 80. Este e outros três belos rolos são os pontos altos da visita. Galeria Artur Fidalgo. Rua Siqueira Campos, 143, 2º piso, Copacabana, ☎ 2549-6278, ? Siqueira Campos. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 18h. Grátis. Até quinta (31). www.arturfidalgo.com.br.

CONEXÃO/CONEXIONES. Cerca de trinta obras, entre desenhos, gravuras, objetos e instalações, compõem a mostra que reúne artistas brasileiros e argentinos. A Augusto Herkenhoff, Carlos Krauz e Luis Christello juntam-se os estrangeiros Nestor Goyanes, Teresa Stengel e Yong Cho Wha-Ari. Bernardo Mosqueira faz a curadoria. R$ 500,00 a R$ 5?000,00. Galeria Antonio Berni. Praia de Botafogo, 228 (Consulado Geral da Argentina), sobreloja, Botafogo, ☎ 2553-1646. Segunda a sexta, 14h às 20h. Grátis. Até quarta (30).

✪✪✪ GISELA MOTTA E LEANDRO LIMA. Dedicada à arte brasileira emergente, a Sala A Contemporânea, no CCBB, recebe Sopro, reunião de três instalações feitas pela dupla paulistana. Única inédita, a hipnótica Arco-Íris, de 2012, recria um arco-íris a partir do fenômeno conhecido como persistência da visão ? ilusão provocada quando um objeto segue na retina por uma fração de segundo após ser enxergado. Amoahiki, de 2008, e Yano-a, de 2005, são apresentadas juntas pela primeira vez, formando um díptico. Na primeira, imagens de índios parecem se mesclar de forma camuflada a uma densa vegetação, num vídeo exibido em uma tela feita de retalhos. Na outra, a foto de uma oca em chamas (feita em 1976 por Claudia Andujar) é projetada através de uma camada de água, dando ao observador a sensação de movimento. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até domingo (3).

✪✪✪ ILUMINANDO O FUTURO - 50 ANOS DE JORGINHO DE CARVALHO. Pioneiro iluminador no Brasil, Carvalho é celebrado na mostra. O material selecionado pelo curador Miguel Colker aborda sua trajetória pessoal e a profissão que adotou. São exibidas 150 fotos, muitas de espetáculos nos quais ele aparece nos créditos. Além disso, 65 atores, diretores e outros profissionais das artes cênicas aparecem em vídeo falando sobre o homenageado. Em outro vídeo, vinte iluminadores também discorrem sobre a atividade a que se dedicam. Painéis contam a história da iluminação no teatro e explicam os variados tipos de foco de luz. Há ainda objetos, como refletores e mesas de luz, além de uma maquete interativa, representando uma cena do espetáculo 4 x 4, de Deborah Colker, que os visitantes podem iluminar. Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3201-3000, → General Osório. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até domingo (3). www.oifuturo.org.br.

MARIO FRAGA. Sem expor no Rio desde 2003, o carioca apresenta setenta trabalhos na individual Linha de Terra. As técnicas são variadas: há pinturas sobre papel, estandartes de linho, pinturas com pigmentos de terra, piche, grafite, urucum e tinturas em linho e esculturas de terra, fios de linho e pedras. Largo das Artes. Rua Luís de Camões, 2, Largo de São Francisco, Centro, ☎ 2224-2985, ? Uruguaiana. Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, 12h às 17h. Grátis. Até sábado (2). www.largodasartes.com.br.

✪✪✪ RAFAEL ADORJÁN. Na exposição HI-FI, o fotógrafo e artista visual carioca apresenta, pela primeira vez no Rio, todos os 21 trabalhos da série de mesmo nome. Inspirado pelos antigos LPs, Adorján criou capas de discos fictícios, estampadas com seus trabalhos fotográficos na frente e com seus negativos no verso. Curiosamente, dentro das capas há vinis de verdade, só que virgens, que convidam o visitante a imaginar uma trilha sonora. As obras não estão penduradas na parede e podem ser manipuladas. R$ 2?800,00. Galeria Amarelonegro Arte Contemporânea. Rua Visconde de Pirajá, 111, lojas 1 e 2, Ipanema, ☎ 2549-3950. Segunda a sexta, 14h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até sexta (1º). www.amarelonegro.com.

✪✪✪ WORLD PRESS PHOTO. Eleitas pela 55ª edição do concurso homônimo as melhores imagens publicadas na imprensa ao longo de 2011, quase 200 fotografias de 57 profissionais estão reunidas na exposição. Os registros jogam luz sobre importantes episódios da história mundial recente. Marcam forte presença, portanto, flagrantes da Primavera Árabe, como manifestações contra os ditadores Muamar Kadafi, da Líbia, e Hosni Mubarak, do Egito ? em cliques do russo Yuri Kozyrev e do italiano Alex Majoli, respectivamente. Dividido em nove categorias, o acervo abre espaço também para retratos, como o da bela atriz iraniana Mellica Mehraban, feito pelo dinamarquês Laerke Posselt, além de flagrantes da vida cotidiana, da natureza e de esportes. Caixa Cultural ? Espaço Livraria. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até domingo (3). www.caixacultural.com.br.

Fonte: VEJA RIO