DIVERSÃO

Fique ligado

Seis espetáculos teatrais e doze exposições desembarcam no Rio neste fim de semana. Nos cinemas, quatro pré-estreias e três estreias agitam as salas da cidade. Aproveite também para conferir outras oito peças e onze mostras que encerram suas temporadas. Programe-se!

- Atualizado em

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

CINEMA

PRÉ-ESTREIAS

APENAS UMA NOITE, de Massy Tadjedin (Last Night, EUA/França, 2010). O

drama romântico segue os passos de um casal durante algumas horas. Michael (Sam Worthington, de Avatar) parte numa viagem de negócios deixando sua mulher (Keira Knightley) em Nova York. Enquanto ele é assediado por uma tentadora colega de trabalho (papel de Eva Mendes), Joanna reencontra um ex-namorado (o francês Guillaume Canet) por quem ainda se sente atraída (93min). Espaço Itaú de Cinema 3, Estação Sesc Botafogo 1, Estação Vivo Gávea 1, Kinoplex Fashion Mall 3.

OLIVER SHERMAN -- UMA VIDA EM CONFLITO, de Ryan Redford (Oliver Sherman, Canadá, 2010). Suspense. Veterano de guerra, o personagem do título (Garret Dillahunt, de O Inverno da Alma) leva uma vida solitária, distante de parentes e amigos. Determinado a procurar o soldado que salvou sua vida no front, reencontra Franklin Page (Donal Logue), que levou a vida adiante: é casado, tem dois filhos e uma vida estável. A reunião dos dois é motivo de alegria a princípio, mas Sherman não demora a revelar-se um poço de raiva, ciúmes e ressentimento. Longa de estreia do diretor Ryan Redford (82min). Estação Sesc Botafogo 1.

LA SOIF DU MONDE, Yann Arthus-Bertrand (La Soif du Monde, França, 2012). Documentário. Fotógrafo dedicado à produção de impressionantes imagens aéreas de temática ecológica -- algumas reunidas na exposição ao ar livre em cartaz até 24 de junho na Cinelândia --, Arthus-Bertrand aborda, em seu novo filme, a água, ou melhor, a falta dela, em um périplo por vinte países. Em meio a cenas grandiosas como as que registrou em seu longa anterior, Home, o realizador apresenta personagens diversos para tratar do acesso à água potável no planeta. A propósito: "soif" quer dizer sede, em francês (90min). Cinemark Downtown 10.

SOLTEIROS COM FILHOS, de Jennifer Westfeldt (Friends with Kids, EUA, 2011). A diretora e o ator Adam Scott interpretam um casal com um relacionamento aberto na comédia. Ao perceber que os amigos Ben e Missy (Jon Hamm e Kristen Wiig) se estressam por causa dos filhos, eles decidem viver a experiência de ter uma criança. Com Megan Fox e Maya Rudolph (107min). Cinemark Botafogo 2, Cinemark Downtown 1.

ESTREIAS

✪✪✪ A DELICADEZA DO AMOR, de David Foenkinos e Stéphane Foenkinos (La Délicatesse, França, 2011, 108min). 10 anos. Estreou em 25/5/2012. Leia em Veja Rio Recomenda (pág. 6). Espaço Rio Design VIP, Estação Sesc Barra Point 1, Estação Sesc Ipanema 2, Estação Sesc Rio 1, Estação Vivo Gávea 3.

✪✪✪ HOMENS DE PRETO 3, de Barry Sonnenfeld (Men in Black 3, EUA, 2012). A sequência dos longas-metragens de 1997 e 2002 ganhou um roteiro espirituoso com piadas na hora certa, além de efeitos visuais comedidos, porém de eletrizar a plateia -- a exibição em 3D só reforça a qualidade do programa. Neste terceiro (e melhor) episódio da comédia de ficção científica, o amedrontador alienígena Boris, o Animal (papel de Jemaine Clement) escapa de uma prisão lunar após quarenta anos atrás das grades. Planeja, assim, dominar a Terra com seus ETs do mal. O Agente J (Will Smith) descobre, porém, que Boris foi preso e perdeu um braço depois de um confronto com o Agente K (Tommy Lee Jones), em 1969. Com o criminoso à solta, J decide voltar ao passado para impedir a morte de K, seu futuro colega, agora bem mais jovem e interpretado por Josh Brolin. Entre os alvos das mais divertidas brincadeiras estão o presidente Barack Obama e o artista pop Andy Warhol. Também traz um diferencial à cinessérie a comovente revelação final. Com Emma Thompson (106min). 10 anos. Estreou em 25/5/2012. Dublado: Bay Market 1, Box Cinemas São Gonçalo 3 e 5, Cine 10 Sulacap 2 e 5, Cinemark Carioca Shopping 1 e 5, Cinemark Downtown 6, Cinespaço Boulevard 2, CineSesc Freguesia 1, Cinesystem Bangu 6, Cinesystem Recreio 1, Cinesystem Via Brasil 2, Iguatemi 4, Kinoplex Grande Rio 4 e 6, Kinoplex Nova América 6, Kinoplex Tijuca 5 e 6, Kinoplex West Shopping 1, UCI New York City Center 4 e 13, UCI Kinoplex NorteShopping 6, Via Parque 2. Legendado: Cine Bauhaus 1, Cinemark Botafogo 5, Cinemark Carioca Shopping 7, Cinemark Downtown 9, Cinemark Plaza Shopping 6, Cinépolis Lagoon 1, Cinesystem Ilha Plaza 3, Cinesystem Recreio 3, Cinesystem Via Brasil 1, Iguatemi 6, Kinoplex Nova América 1, Rio Sul 2, São Luiz 2, UCI New York City Center 17 e 18, UCI Kinoplex NorteShopping 4, Via Parque 3. Dublado, 3D: Bay Market 3, Box Cinemas São Gonçalo 1, Cine 10 Sulacap 1, Cinemark Carioca Shopping 3, Cinemark Plaza Shopping 7, Cinespaço Boulevard 3, Cinépolis Lagoon 6, Cinesystem Bangu 1, Cinesystem Ilha Plaza 4, Cinesystem Via Brasil 5, Espaço Itaú de Cinema 4, Espaço Rio Design 1, Iguaçu Top 1, Iguatemi 1, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Grande Rio 2, Kinoplex Leblon 4, Kinoplex Nova América 7, Kinoplex Tijuca 1, Kinoplex West Shopping 5, Leblon 2, Rio Sul 3, Roxy 3, São Luiz 3, UCI New York City Center 12, UCI Kinoplex NorteShopping 10, Via Parque 5. Legendado, 3D: Box Cinemas São Gonçalo 1, Cinemark Botafogo 6, Cinemark Downtown 4 e 8, Cinemark Plaza Shopping 4 e 7, Cinespaço Boulevard 3, Cinépolis Lagoon 6, Cinesystem Ilha Plaza 4, Espaço Itaú de Cinema 4, Estação Vivo Gávea 5, Iguatemi 1, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Leblon 4, Kinoplex Nova América 7, Kinoplex Tijuca 1, Leblon 2 Cinecarioca, Rio Sul 3, Roxy 3, São Luiz 3, UCI New York City Center 2, 12 e 13, Via Parque 5.

✪✪✪ MR. SGANZERLA OS SIGNOS DA LUZ, de Joel Pizzini (Brasil, 2012). Depois de Itamar Assumpção e José Celso Martinez Corrêa, entre outras personalidades, a série Iconoclássicos, projeto com sessão gratuita do Itaú Cultural, traz à tona o cineasta maldito Rogério Sganzerla (1946-2004). Em busca de um cinema popular, o diretor realizou apenas dois sucessos comerciais: O Bandido da Luz Vermelha (1968) e A Mulher de Todos (1969). Joel Pizzini, responsável pelo documentário, fugiu totalmente do burocrático, como se quisesse reverenciar o biografado à maneira pouco convencional de Sganzerla. Sem linearidade nem muitas entrevistas novas, a fita embarca numa viagem pela figura polêmica do realizador. Com riquíssimo material de arquivo (há fartura de fotos e vídeos caseiros), Pizzini fez uma colagem de imagens entre depoimentos de Sganzerla, muitos deles para a TV. Além de trechos de seus longas e curtas, o filme focaliza sua devoção por Orson Welles, eternizada no docudrama Nem Tudo É Verdade (1986), sobre a passagem do diretor americano pelo Brasil em 1942 (90min). 16 anos. Estreou em 25/5/2012. Espaço Itaú de Cinema 3.

TEATRO

ESTREIAS

NADA, de Adriano Guimarães, Emanuel Aragão e Fernando Guimarães, inspirada no universo do poeta Manoel de Barros. O drama ganha montagem ousada no Oi Futuro. No espaço normalmente dedicado à plateia ficará uma instalação com mais de 4 000 objetos de vidro de diferentes formatos e dimensões. No palco ampliado vão se acomodar trinta espectadores e os sete integrantes do elenco, sem que haja inicialmente distinção entre público e os atores. Ali será encenada a história de uma família que se reúne para celebrar o aniversário de 80 anos do avô (Lafayette Galvão). Em torno dele estão o pai Lourival (Adriano Garib), a mãe Maria Olga (Miwa Yanagisawa), a tia Adaíla (Liliane Rovaris), a sobrinha Tereza (Camila Márdila) e o empregado da casa, Cícero (Rodrigo Lélis). A harmonia é quebrada com a chegada da filha Ana (Marília Simões), que reaparece vestida de noiva após sete anos de sumiço. Direção de Adriano Guimarães, Fernando Guimarães e Miwa Yanagisawa (90min). 14 anos. Oi Futuro Flamengo (30 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Quinta a domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 13h (qui. e sex.); a partir das 14h (sáb. e dom.). Até 15 de julho. Estreia prometida para quinta (24).

NÃO SOBRE ROUXINÓIS, de Tennessee Williams, com tradução de Eduardo Rieche. Drama. Montagem inédita no Brasil do texto do dramaturgo americano que foi censurado nos Estados Unidos e permaneceu seis décadas esquecido. Escrito em 1938, quando o autor ainda assinava Thomas Williams (1911-1983) e tinha 27 anos, o espetáculo só foi encenado em 1998, com a atriz Vanessa Redgrave, em Londres, e na Broadway, no ano seguinte. Tennessee tomou por base notícias de jornal sobre torturas em um presídio da Pensilvânia e criou a peça ambientada em uma terrível penitenciária. Lá, o chefe, Sr. Whalen (Thelmo Fernandes), manda os detentos para câmaras de vapor chamadas "klondike" nome irônico em referência a uma região gélida do Canadá com temperaturas que chegavam a 97 graus. Como vários morreram cozidos, o sobrevivente Butch (Bruno Ferrari) lidera uma greve de fome, que tumultua a carceragem. Completam o elenco Eduardo Rieche, Júlia Marini, Adriana Maia, Alex Nader, Alexandre Mofati, César Amorim, Cleiton Rasga, Éber Inácio, Nilvan Santos e Sérgio Ricardo Loureiro. Direção de João Fonseca e Vinícius Arneiro (110min). 16 anos. Theatro Net Rio -- Sala Paulo Pontes (200 lugares). Rua Siqueira Campos, 143, 2º piso, Copacabana (Shopping dos Antiquários), ☎ 2147-8060, ? Siqueira Campos. → Segunda e de quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 60,00. Bilheteria: 10h/22h (seg. a dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IR. Estac. (no shopping, Rua Figueiredo Magalhães, 598. R$ 10,00 a primeira hora, mais R$ 5,00 a fração). Até 2 de julho. Estreia prometida para quinta (24).

NO TOM DO TOM, de Tom Cavalcante. Após temporada de oito meses em São Paulo, o comediante cearense está em turnê com seu monólogo de humor e faz duas apresentações por aqui. Além de encenar quadros com seus conhecidos personagens, a exemplo do alcoólatra João Canabrava, da doméstica petulante Jarilene e do velho Venâncio, Tom imita personalidades da televisão e faz interpretações bem-humoradas de canções gravadas por Caetano Veloso, Maria Bethânia, Fagner, Fábio Jr., Billy Paul e Julio Iglesias, Os arranjos musicais têm direção do maestro Eduardo Lages, que há mais de três décadas conduz o conjunto que acompanha Roberto Carlos. Direção do autor (90min). 16 anos. Vivo Rio (2000 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo, ☎ 2272-2900. Sexta (25) e sábado (26), 22h. R$ 30,00 a R$ 120,00. Bilheteria: 12h/21h (seg. a qui.); a partir das 12h (sex. e sáb.). Cc: M e V. Cd: R e V. Estac. c/manobr. (R$ 12,00 antecipado e R$ 15,00 na hora). IR. www.vivorio.com.br.

SEM PENSAR, de Anya Reiss. Na temporada paulistana, a comédia dramática da jovem dramaturga inglesa de 21 anos levou a estatueta do Prêmio Contigo 2011 de melhor comédia. Na versão brasileira de Spur of the Moment, Denise Fraga e Kiko Marques interpretam o casal formado por Vicky e Nick, pais dos adolescentes Delilah e Daniel, representados por Julia Novaes e Kauê Telloli. O espetáculo procura traçar um painel contemporâneo das famílias e das dificuldades de diálogo entre seus integrantes. Um complicador na harmonia da casa é o namoro do rapaz com a jovem Carol, papel de Virgínia Buckowski. Direção de Luiz Villaça (100min). 12 anos. Teatro Sesc Ginástico (513 lugares). Avenida Graça Aranha, 187, Centro, ☎ 2279-4027. → Quinta a domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 13h (qui. a dom.). Até 17 de junho. Estreia prometida para quinta (24).

REESTREIAS

AUTOPEÇAS 2.1, criação de diversos dramaturgos participantes da Oficina de Autores, realizada pela Cia. dos Atores. Comédia dramática construída com a fusão de seis peças -- feita pelos professores da oficina Bel Garcia, César Augusto, Marcelo Olinto e Susana Ribeiro, todos integrantes da Cia. dos Atores. O elenco formado por Ana Abbott, João Rodrigo Ostrower, Jonas Gadelha, Mariana Nunes, Suzana Nascimento, Tracy Segal, Raquel Karro, Raquel Alvarenga, Eduardo Almeida, Átila Calache e Alex Pinheiro encena a montagem a partir dos textos Papo de Mineiro (de Suzana Nascimento e Raquel Alvarenga), Tem um Fantasma Atrás de Mim (de Suzana Nascimento), Marcel e Marceau (de Diogo Liberano), Tatu (de Monica Solon e Jaderson Fialho), Primeiro Eu (de João Rodrigo Ostrower), Aquilo que Fica (de Alexandre Rudáh), Ponto de Escuta (de Alexandre Pinheiro e José Caminha) e Biziu: Eu Quase Te Amei de Verdade (de José Caminha). Direção de Cesar Augusto e Susana Ribeiro (70min). 18 anos. Estreou em 11/5/2011. Caixa Cultural Teatro de Arena (226 lugares). Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Quinta a domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 10h (qui. a dom.). Até 3 de junho. Reestreia prometida para quinta (24).

✪✪✪ SOPRO DE VIDA, de David Hare. Drama. Do mesmo autor de As Horas e O Leitor, o texto que estreou em 2004 em Londres é encenado por Nathalia Timberg e Rosamaria Murtinho. A história gira em torno de duas mulheres (a esposa e a amante) que promovem um sutil acerto de contas a respeito do mesmo homem, partilhado por ambas durante mais de 25 anos. Direção de Naum Alves de Souza (90min). 14 anos. Estreou em 14/1/2010. Theatro Net Rio -- Sala Tereza Rachel (789 lugares). Rua Siqueira Campos, 143, 2º piso, Copacabana (Shopping dos Antiquários), ☎ 2147-8060, ? Siqueira Campos. → Quarta, 21h; quinta, 17h. R$ 60,00 e R$ 80,00. Bilheteria: 10h/22h (seg. a dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IR. Estac. (no shopping, Rua Figueiredo Magalhães, 598. R$ 10,00, a primeira hora, mais R$ 5,00 a fração.). Até 28 de junho. Reestreia prometida para quarta (23).

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪ ALICE ATRAVÉS DO ESPELHO, de Mau-rício Arruda Mendonça. Drama. Remontagem de um dos maiores sucessos da Armazém Companhia de Teatro, que estreou em 1998 e já foi visto por mais de 40000 pessoas. O espetáculo é baseado na vida do escritor Lewis Carroll (1832-1898) e em duas de suas mais importantes obras, As Aventuras de Alice no País das Maravilhas e Através do Espelho E o que Alice Encontrou Lá. Na trama, é narrada a história de Alice, uma menina em constante transformação que, a partir de um sonho, é transportada para um lugar imaginário, onde encontra personagens como o Chapeleiro Maluco, a Rainha e o Gato que Ri. No elenco estão Liliana Castro (que se alterna com Lisa Fávero no papel da protagonista), Patrícia Selonk, Simone Mazzer (que se reveza com Kátia Jorgensen), Sergio Medeiros, Marcelo Guerra, Marcos Martins, Ricardo Martins, Flávia Menezes, Verônica Rocha e Isabel Pacheco. Direção de Paulo de Moraes (75min). 12 anos. Estreou em 1998. Fundição Progresso -- Espaço Armazém (60 lugares). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2210-2190. Quinta a sábado, 20h; domingo, 18h e 20h. R$ 40,00 (qui.) e R$ 50,00 (sex. a dom.). Bilheteria: a partir das 18h (qui. a dom.). Até sábado (26).

FORA DO AR, de Felipe Mônaco. Montagem do Grupo Play, de Porto Alegre, a comédia é atração do projeto de ocupação Dulcina Abraça o Sul. Sem cenários nem figurinos de caracterização, os atores Felipe Mônaco, Leo-nardo Barison, Patricia Soso e Cassiano Fraga apresentam a peça ambientada nos bastidores da atividade teatral. No palco são mostradas com bom humor situações difíceis pelas quais os artistas passam e as artimanhas daqueles que querem apenas conquistar a fama e se transformar em celebridades. Direção do autor (75min). 14 anos. Estreou em 18/5/2012. Teatro Dul-cina (429 lugares). Rua Alcindo Guanabara, 17, Centro, ☎ 2240-4879. ? Cinelândia. → Sexta a domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (sex. a dom.). A sessão de sexta (25) será grátis. Até domingo (27).

✪✪✪ A ILUSÃO CÔMICA, de Pierre Corneille. Na temporada paulistana, a primeira montagem brasileira deste clássico do dramaturgo francês Pierre Corneille (1606-1684) rendeu os prêmios APCA 2011 de melhor ator e atriz para Joca Andreazza e Lavínia Pannunzio. Junto com os premiados, que no palco fazem jus às honrarias, outros integrantes da Cia. Razões Inversas Paulo Marcello, Maria Stella Tobar, Clóvis Gonçalves, Gonzaga Pedrosa e Julio Machado encenam a comédia sobre Clindor, que foge de casa por não suportar a severidade do pai, o burguês Pridamante. Após anos sem notícias do paradeiro do filho, o homem conhece o mago Alcandro, que projeta dentro de uma caverna imagens de Clindor em uma terra distante. Através da magia, Pridamante descobre que o rapaz foi transformado em servo do lunático Capitão Matamouros e se envolve em aventuras e confusões amorosas. Direção de Marcio Aurelio (90min). 12 anos. Estreou em 5/4/2012. Centro Cultural Banco do Brasil Teatro III (100 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2007. Quarta a domingo, 19h30. R$ 6,00. Bilheteria: a partir das 9h (qua. a dom.). Até domingo (27).

✪✪✪ JT UM CONTO DE FADAS PUNK, de Luciana Pessanha. Inspirado em um episódio real, o drama se baseia na autobiografia do personagem inventado Jeremiah Terminator Leroy, ou JT LeRoy, o suposto "autor" do livro Maldito Coração, em 2001. Em vez de criar um pseudônimo e assinar a própria obra com o nome artístico, Laura Albert (personagem interpretada por Débora Duboc), a roqueira fracassada e atendente de um serviço de telessexo, forjou uma farsa em que a cunhada, Savannah Knoop (representada pela atriz Natália Lage), caracterizava-se como o escritor andrógino. Tal publicação foi um sucesso e o nome JT LeRoy passou a ser citado por celebridades como Madonna, Bono Vox e Winona Rider, que nunca tiveram contato pessoal com o escritor. Em 2007, o casamento de Laura e Geoffrey Knoop (vivido por Roberto Souza) acabou e o ex-marido e ex-parceiro da banda punk Daddy Don?t Go! contou a incrível história para o jornal The New York Times, que publicou reportagem denunciando a fraude editorial. Completam o elenco da montagem multimídia, em variados papéis, Nina Morena e Hossen Minussi. Direção de Susana Ribeiro e Paulo José (90min). 16 anos. Estreou em 16/3/2012. Centro Cultural Banco do Brasil -- Teatro I (175 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a domingo, 19h. R$ 6,00. Bilheteria: a partir das 10h (qua. a dom.). Até domingo (27).

NAMÍBIA, NÃO!, de Aldri Anunciação. Na comédia dramática, Anunciação e Flávio Bauraqui dão vida aos primos André e Antônio, respectivamente. Após curta temporada no Oi Futuro Ipanema, em novembro passado, a montagem entra em cartaz na programação do projeto Linguagens Brasileiras Cultura Negra em Cena. Numa manhã, os dois são surpreendidos por uma medida provisória determinando que todos os negros deverão ser capturados e enviados imediatamente a um país africano, num movimento inverso ao do tráfico de seres humanos durante a escravidão. A medida assustadora é ironicamente justificada como uma forma de reparação social. Direção-geral de Lázaro Ramos, estreando na função, e direção musical de Arto Lindsay (60min). 16 anos. Estreou em 4/11/2011. Teatro Glauce Rocha (278 lugares). Avenida Rio Branco, 179, Centro, ☎ 2220-0259. ? Carioca. Quinta a sábado, 19h; domingo, 18h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (qui. a dom.). Até domingo (27).

QUEBRA OSSOS, de Julia Spadaccini. Montada pela Cia. Múltipla de Teatro, a comédia encenada por Cirillo Luna, Patricia Elizardo e Rodrigo Turazzi conta a história de três personagens em busca de respostas para os seus mais profundos questionamentos. João é um homem medíocre sem grandes pretensões, que guarda a sete chaves sua dupla personalidade. Augusto passa por uma crise de identidade e não sabe mais se gosta do tipo de pessoa que é. Já Maria carrega a culpa por um segredo do passado que a impede de seguir em frente. Os três estão à beira da mudança, tentando abandonar seus medos e mergulhar numa transformação, deflagrada a partir do encontro entre eles. Direção de Alexandre Mello (70min). 12 anos. Estreou em 15/3/2012. Casa de Cultura Laura Alvim -- Espaço Rogério Cardoso (70 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2015, ? General Osório. Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 30,00. Bilheteria: 16h/21h (ter. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). IC. Até domingo (27).

✪✪✪ TRAIÇÃO, de Harold Pinter. Remontagem do drama do célebre dramaturgo inglês, que rendeu a Ary Coslov os prêmios Shell e APTR 2008 de melhor direção. Na trama, Robert (Leonardo Franco) e Emma (Vanessa Lóes) são casados. Jerry (Pablo Padilla) é o melhor amigo de Robert, padrinho do casamento e também amante de Emma, em uma relação extraconjugal que perdura por sete anos. Ao longo da encenação, o público percebe que a traição mais óbvia e aparente é apenas uma das muitas que compõem o intricado triângulo amoroso, já que cada um dos personagens mostra novas facetas no decorrer da história. Completa o elenco o ator Cleiton Echeveste (80min). 14 anos. Estreou em 26/09/2008. Solar de Botafogo (180 lugares). Rua General Polidoro, 180, Botafogo, ☎ 2543-5411. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 40,00 (sex. e dom.) e R$ 50,00 (sáb.). Bilheteria: 16h/21h (sex. a dom.). IC. Até domingo (27).

ZÉ KETI: EU SOU O SAMBA, de Maria Helena Kühner. Autor de sucessos como Máscara Negra, A Voz do Morro e Opinião, o compositor Zé Keti (1921-1999) tem sua rica trajetória celebrada no musical. Acompanhados de cinco músicos, os atores Sérgio Menezes, Rodrigo Candelot e Sanny Alves encenam episódios da vida do sambista, cujo repertório chamou a atenção de intelectuais e artistas de teatro, cinema e TV, principalmente nas décadas de 60 e 70. Direção cênica de Sérgio Fonta e direção musical de Luizinho Croset (70min). Livre. Estreou em 4/11/2011. Sala Baden Powell (508 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana, ☎ 2548-0421. Sexta e sábado, 20h. R$ 30,00. Bilheteria: 15h/18h (ter. a qui.); a partir das 15h (sex. e sáb.). Até sábado (26).

EXPOSIÇÕES

roteiro-exposicoes-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

ESTREIAS

ANA VITÓRIA MUSSI. Na exposição Bang, que tem curadoria da Marisa Flórido, Ana Vitória projeta simultaneamente, nas quatro paredes do espaço, imagens de filmes de guerra intercaladas com registros da violência urbana nas favelas cariocas. Os flagrantes foram obtidos não diretamente pela artista, mas por meio de imagens exibidas pela televisão. Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 15 de julho. A partir de terça (22). www.oifuturo.org.br.

BILL LUNDBERG. Um dos pioneiros no uso de instalações com vídeos, o americano mostra dez filme-esculturas, feitas desde a década de 70. São trabalhos como Game, em que um jogo de pingue-pongue, com mãos que seguram raquetes rebatendo uma bolinha, é projetado sobre uma mesa. Curadoria de Alberto Saraiva e Ivair Reinaldim. Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 15 de julho. A partir de terça (22). www.oifuturo.org.br.

CHRISTINA OITICICA. Casada com o escritor Paulo Coelho, a artista plástica apresenta 32 obras em Corações e Bocas. Vinte e duas são inéditas: dezessete telas em técnica mista e cinco gravuras. Nas dez restantes, Christina se valeu do curioso processo pelo qual ficou conhecida: ela enterra os trabalhos por algum tempo e depois os resgata, já modificados pela ação do tempo. R$ 3?500,00 a R$ 24?000,00. Realidade Galeria de Arte. Avenida Ataulfo de Paiva, 135, sala 226, Leblon, ☎ 2259-6546. Segunda a sexta, 15h às 20h. Grátis. Até 15 de junho. A partir de quinta (24).

DANIEL MATTAR. A terceira viagem do fotógrafo ao Japão, em março de 2011, inspira a mostra Simulacro. Conhecido por seu trabalho no ramo da moda, aqui ele exibe quinze fotografias que mostram bonecas, personagens de mangás, robôs e embalagens de produtos. Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto. Rua Humaitá, 163, Botafogo, ☎ 2266-0896. Quarta a domingo, 14h às 22h. Grátis. Até 10 de junho. A partir de terça (22).

EDUARDO CLIMACHAUSKA. Apenas duas peças escultóricas compõem a exposição Felicidade de Arranha-Céu. Uma delas, Ho-ba-la-lá, é formada por duas pedras de mármore branco unidas entre si e presas à parede por finos cabos de aço. A segunda, que tem o mesmo nome da mostra, é um arranjo com chapas de zinco, cal e vidro fumê. R$ 30?000,00 a R$ 40?000,00. Galeria Laura Marsiaj. Rua Teixeira de Melo, 31-C, Ipanema, ☎ 2513-2074. Terça a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até 23 de junho. A partir de terça (22). www.lauramarsiaj.com.br.

FERNANDA QUINDERÉ. Em sua terceira individual, batizada apenas com seu nome, a artista apresenta sete criações de arte digital, feitas com computador. Nas telas, imagens se sobrepõem a pequenos quadrados coloridos que parecem pixels de um monitor. R$ 7?000,00 a R$ 10?000,00. Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 30 de junho. A partir de quinta (24). www.anitaschwartz.com.br.

JONAS AISENGART. Crazy Bunny e Outras Lendas é o nome da primeira individual do artista. Em catorze pinturas, algumas de grandes dimensões, ele flerta com o universo lúdico e colorido das crianças, aliado a toques de perversidade e erotismo. R$ 1?000,00 a R$ 12?000,00. Portas Vilaseca Galeria. Avenida Ataulfo de Paiva, 1079, loja 109, subsolo, Leblon, ☎ 2274-5964. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 14h. Grátis. Até 30 de junho. A partir de quinta (24). www.portasvilaseca.com.br.

RABIN AJAW ? A FILHA DO REI. O rito de sagração de uma jovem como Filha do Rei (ou Rabin Ajaw), um dos mais importantes da cultura indígena da Guatemala, dá nome à exposição. Na cerimônia, uma mulher é escolhida para representar a união dos povos maias. Com curadoria do artista plástico Luiz Dolino, a mostra propõe uma viagem pela cultura das populações de origem maia daquele país. Cerca de setenta itens, entre retratos e peças de vestuário, além de uma videoinstalação, compõem o acervo. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 22 de julho. A partir de terça (22).

RAFAEL ZAVAGLI. Pinturas como It?s a Dog House, que mostra um cachorro e um canil num gramado verde, estão na mostra Breves Terrenos para uma Pintura, do artista mineiro. Outros quatro óleos completam o acervo. R$ 6?000,00 a 30?000,00. Galeria Laura Marsiaj. Rua Teixeira de Melo, 31-C, Ipanema, ☎ 2513-2074. Terça a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até 23 de junho. A partir de terça (22). www.lauramarsiaj.com.br.

REGINA VATER. Conhecida pelos trabalhos que fundem arte e tecnologia, a carioca volta ao Brasil depois de vinte anos morando nos Estados Unidos. Em Quatro Ecologias, apresenta obras em web arte, videoarte, fotografia e escultura. Em uma delas, a webinstalação Desejo, uma câmera filma uma maçã que vai apodrecendo até o fim da exposição. As imagens são transmitidas para um blog, para o qual os visitantes podem enviar poemas, que, por sua vez, serão exibidos em uma tela na mostra. Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 15 de julho. A partir de terça (22). www.oifuturo.org.br.

ROMERO BRITTO. Radicado em Miami, o pernambucano Britto expõe uma série de trabalhos na galeria Riso, que abre para o público na sexta (25). Apenas dezenove obras estarão expostas ? na verdade, todas reproduções, entre pôsteres e painéis. Outras obras poderão ser vistas em um iPad, inclusive para consulta no caso do visitante se interessar em comprá-las. Objetos com estampas do artista também estarão à venda, de canecas a pesos de papel. R$ 683,00 a R$ 15?000,00. Riso. Rua Aníbal de Mendonça, 175, Ipanema, 2147-8259. Segunda a domingo, 12h às 22h. Grátis. Até 31 de julho. A partir de sexta (25).

WAGNER MORALES. Em Dual Overdrive, o artista paulistano busca evocar o clima das rodovias em três obras que se interligam. A primeira é uma instalação formada por dois grandes outdoors iluminados, de 9 metros por 6 metros. Há também duas séries de fotografias: uma com flagrantes de lugares e objetos nas margens de estradas, e outra, chamada Estudo de Balística, que exibe cuspes no chão ? isso mesmo ? e será exposta no piso. Como parte da ambientação, é possível ouvir, por uma caixa acústica, o zumbido do motor do ar-condicionado da galeria, devidamente distorcido por meio de um sintetizador. Em outra sala, há uma terceira série, Joker, de temática diferente dos trabalhos anteriores, com interferências sobre cartazes das últimas eleições presidenciais na França. A partir de R$ 1?500,00. Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 30 de junho. A partir de quinta (24). www.anitaschwartz.com.br.

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪ ALEX TOPINI. Em A Venda, o artista apresenta trabalhos que evocam as relações econômicas em torno da arte. Um humor provocativo perpassa toda a exposição. Sete fotografias mostram obras à venda nas ruas do Rio, tendo à frente um braço segurando um cartaz em que se lê o nome de uma importante feira de arte ? como a Art Basel ou a ArtRio. Vários adesivos fazem troça com nomes de empresas, especialmente operadoras de telefonia. A cereja do bolo é um contrato insólito, exibido no centro da CosmoCopa, que põe toda a galeria à venda (com direito às obras de Topini e de outros artistas, inclusive) por R$ 5?000?000,00 ? os proprietários garantem que é para levar a sério. R$ 1,00 a R$ 10?000,00. CosmoCopa Arte Contemporânea. Rua Siqueira Campos, 143, sala 32, ☎ 2236-4670, ? Siqueira Campos. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 16h. Grátis. Até terça (22). www.cosmocopa.com.

CARLOS CONTENTE. Conhecido por sua arte com grafite, o carioca apresenta, em Traços e Tarsilões, uma série de desenhos nos quais busca paralelos com a obra da pintora Tarsila do Amaral (1886-1973). A Gentil Carioca Lá. Avenida Epitácio Pessoa, 1674, sala 401, Lagoa, ☎ 2523-1157. Terça e quarta, 14h às 20h; quinta a sábado, 14h às 22h. Grátis. Até sábado (26).

✪✪✪ EDUARDO SUED. Vinte e duas ilustrações do artista são reunidas na exposição Desenhos. A maioria dos trabalhos é da década de 60, com influências do cubismo. As demais criações são todas dos anos 2000 e exibem formas abstratas, por vezes recorrendo a colagens que dão mais densidade às obras. R$ 8?000,00 a R$ 10?000,00. Mercedes Viegas Arte Contemporânea. Rua João Borges, 86, Gávea, ☎ 2294-4305. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, 16h às 20h. Grátis. Até sexta (25). www.mercedesviegas.com.br.

✪✪✪ JAQUELINE VOJTA. Batizada como Pinturas, a mostra reúne seis obras em grandes formatos. Filha do dono de uma extinta fábrica de tecidos, a artista carioca recorre à memória familiar em sua técnica: pedaços de pano que sobraram da antiga tecelagem são encharcados de tinta acrílica, postos para secar e costurados com arame sobre uma tela. O resultado é interessante: apesar de suas grandes dimensões, o que geralmente faz com que o visitante tome distância para contemplá-las, as obras instigam o público a observá-las detalhadamente. R$ 12?000,00 a R$ 20?000,00. Mercedes Viegas Arte Contemporânea. Rua João Borges, 86, Gávea, ☎ 2294-4305. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, 16h às 20h. Grátis. Até sexta (25). www.mercedesviegas.com.br.

JOANA TRAUB CSEKÖ. Passagens ? Copacabana é o nome da individual. Pensada especificamente para a Galeria de Arte Ibeu, em Copacabana, traz catorze trabalhos em que a artista carioca cria imagens sobrepondo fotografias antigas do bairro, compradas na feira da Praça XV, a fotos novas, também da região, feitas por ela. Galeria de Arte Ibeu. Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 690, 2º andar, Copacabana, ☎ 3816-9400, ? Siqueira Campos. → Segunda a sexta, 13h às 19h. Grátis. Até sexta (25). www.ibeu.org.br.

JULIO VILLANI. Paulista radicado em Paris há vinte anos, o artista apresenta Arquiteturas Desmontáveis na galeria que fica no Copacabana Palace. São reunidos dez trabalhos em técnica mista, três desenhos e três objetos. R$ 14?000,00 a R$ 32?000,00. Gustavo Rebello Arte. Avenida Atlântica, 1702, loja 8, Copacabana, ☎ 2548-6163. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, 14h às 18h. Grátis. Até sábado (26). www.gustavorebelloarte.com.br.

LAGO EU SOU ? UM HOMEM DO SÉCULO XX. Ao longo da vida, Mário Lago (1911-2002) transitou com desenvoltura por poe­sia, música, literatura, rádio, teatro, cinema, televisão e política. Essa trajetória múltipla é relembrada na exposição, que tem curadoria do caçula Mário Lago Filho. São cerca de 250 itens, a maior parte fotografias. Há ainda cartazes de filmes em que Lago atuou e discos como o 78 rotações com Ai que Saudade da Amélia, de 1942, parceria com Ataulfo Alves. Algumas de suas canções podem ser ouvidas pelos visitantes, bem como trechos de programas de rádio dos quais participou. Aparições na TV também estão no acervo. Uma sala à parte é dedicada aos prontuários das prisões que Lago sofreu por sua simpatia pelo comunismo. Arquivo Histórico Nacional. Praça da República, 173, Centro, ☎ 2179-1228/1273, ? Central. Segunda a sexta, 10h às 18h. Grátis. Até quinta (24).

MATIAS MESQUITA. Artista que já participou da exposição Abre Alas, promovida pela galeria A Gentil Carioca, dedicada a novos nomes da arte contemporânea, Mesquita apresenta a individual Incontáveis. Seus trabalhos são feitos com grafite sobre placas de gesso fragmentadas. R$ 3?500,00 a R$ 7?500,00. A Gentil Carioca. Rua Gonçalves Ledo, 17, Centro, ☎ 2222-1651. Terça a sexta, 12h às 19h; sábado, 12h às 17h. Grátis. Até sábado (26). www.agentilcarioca.com.br.

OTTO WEISSER. Manipuladas digitalmente, figuras de mulheres ganham cores fortes e contrastantes no trabalho que o fotógrafo suíço exibe em Amazonças. As 35 imagens evocam a Floresta Amazônica e animais selvagens. R$ 4?200,00 a R$ 9?500,00. Galeria M. Leite Barbosa Arte Latina. Rua do Mercado, 35, Centro, ☎ 2221-3366. Segunda a sexta, 11h30 às 18h30; sábado, 11h às 15h. Grátis. Até sábado (26). www.mleitebarbosa.com.

1ª MACLI ? MOSTRA DE ARTE CONTEMPORÂNEA EM LITERATURA INFANTIL. Ilustrações produzidas para livros infantis compõem o acervo reunido na nova galeria do Jardim Botânico. A curadoria é dos donos do espaço, o artista multimídia Favish e a psicanalista e curadora de arte Flavia Corpas, junto com a especialista em literatura infantojuvenil Aline Pereira. O próprio Favish comparece com algumas ilustrações do livro A Deusa, o Herói, o Centauro e a Justa Medida, que está lançando. Obras do israelense Ofra Amit, do americano John Parra, da argentina Juliana Bollini e do brasileiro Fernando Vilela também estão na lista. R$ 400,00 a R$ 2?900,00. Livre Galeria. Rua Jardim Botânico, 719, loja 29, Jardim Botânico, ☎ 3256-7720. Terça a sábado, 14h às 19h. Grátis. Até sábado (26).

ROGÉRIO TUNES. Em Sublimações, o carioca apresenta 22 trabalhos inéditos, de esculturas de vários tamanhos (uma delas tem 3 metros de altura) a telas e assemblages. Com influência de Pollock e De Kooning, Tunes mostra criações abstratas com cores, formas e volumes contrastantes. Espaço Ernani Arte e Cultura. Rua São Clemente, 385, Botafogo, ☎ 2539-2637. Segunda a sábado, 10h às 19h. Grátis. Até sexta (25). www.ernaniarteecultura.com.br.

Fonte: VEJA RIO