DIVERSÃO

Fique ligado

Nove estreias agitam os cinemas, seis espetáculos teatrais entram em cartaz e seis novas mostras chegam às salas cariocas. Aproveite os últimos dias para conferir dezesseis peças e quatro exposições. Programe-se!

- Atualizado em

CINEMA

roteiro-cinema-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

PRÉ-ESTREIAS

✪✪✪ ABRAHAM LINCOLN, CAÇADOR DE VAMPIROS, de Timur Bekmambetov (Abraham Lincoln: Vampire Hunter, EUA, 2012). A combinação de nomes é explosiva. Tim Burton produz um thriller para o diretor russo de O Procurado, inspirado no livro de Seth Grahame-Smith, o festejado autor de Orgulho e Preconceito e Zumbis. Embora pouco assustador e um tantinho menos surpreendente do que o filme anterior de Bekmambetov, o novo trabalho traz um argumento bastante curioso embalado por frenéticas sequências de ação. O Abraham Lincoln do título é ele mesmo: o presidente americano (1809-1865), responsável pela abolição da escravatura nos Estados Unidos. Interpretado pelo eficiente Benjamin Walker, Lincoln, desde criança, teve de lidar com vampiros -- um deles foi o responsável pela morte de sua mãe. Já adulto, aprende a se defender e a matar os sanguessugas com a ajuda de seu mestre (papel de Dominic Cooper). Ao se mudar para o estado de Illinois, a fim de formar-se advogado, o protagonista torna-se um porta-voz em defesa da liberdade dos negros, além de enfrentar vampiros cada vez mais poderosos. Cenas de tirar o fôlego, como o embate sobre cavalos em disparada e as batalhas durante a guerra civil americana, merecem ser vistas em 3D, já que a projeção possui uma qualidade de alta definição de deixar a plateia de olhos bem abertos (105min). Dublado, 3D: Bay Market 3, Box Cinemas São Gonçalo 1, Cinesystem Bangu 1, Cinesystem Via Brasil 5, Iguaçu Top 1, Kinoplex Grande Rio 5, Kinoplex West Shopping 2. Legendado, 3D: Cinemark Downtown 10, Cinépolis Lagoon 4, Cinesystem Recreio 1, Iguatemi 1, Kinoplex Tijuca 4, UCI New York City Center 14, UCI Kinoplex NorteShopping 9, Via Parque 5.

O LEGADO BOURNE, de Tony Gilroy (The Bourne Legacy, EUA, 2012). Thriller de espionagem. Roteirista dos três episódios anteriores da cinessérie, Tony Gilroy agora também dirige. Saiu Matt Damon e entrou Jeremy Renner, protagonista do vencedor do Oscar Guerra ao Terror. Na pele de Aaron Cross, Renner vive um agente da CIA treinado para missões de alto risco. Com Edward Norton (135min). Legendado: Box Cinemas São Gonçalo 6, Cinemark Botafogo 1, Cinespaço Boulevard 4, Cinépolis Lagoon 2, Cinesystem Bangu 4, Cineystem Ilha Plaza 2, Cinesystem Via Brasil 1, Kinoplex Leblon 2, Kinoplex Nova América 4, Kinoplex Tijuca 1, Kinoplex West Shopping 3, São Luiz 2, UCI New York City Center 4, UCI Kinoplex NorteShopping 10, Via Parque 2.

O MONGE, de Dominik Moll (Le Moine, França/Espanha, 2011). Na Madri do século XVIII, Ambrósio (Vincent Cassel) é criado por frades e torna-se um deles depois de adulto. Seus sermões atraem multidões e, embora livre de qualquer pecado, o protagonista será tentado pelo diabo a cometer erros. O drama tem direção do alemão Dominik Moll, dos curiosos Harry Chegou para Ajudar (2000) e Lemming Instinto Animal (2005). Com Sergi López e Geraldine Chaplin (101min). Estação Sesc Rio 3.

ESTREIAS

BELEZA ADORMECIDA, de Julia Leigh (Sleeping Beauty, Australia, 2011). Com o filme de estreia, baseado em seu romance homônimo, a diretora concorreu à Palma de Ouro no Festival de Cannes do ano passado. No drama, Lucy (Emily Browning) é uma jovem universitária sempre precisando de dinheiro. Ela divide o apartamento com outras duas pessoas e desdobra-se em uma série de bicos. Respondendo a um anúncio de jornal, entra em contato com uma inusitada agência que a contrata para realizar estranhas fantasias de clientes masculinos (101min). 16 anos. Estreou em 31/8/2012. Cine Joia.

UM HOMEM QUALQUER, de Caio Vecchio (Brasil, 2009). Inspirada na vida de um morador de rua paulistano, a tragicomédia registra o cotidiano de Jonas (Eriberto Leão). Sem emprego, esse angustiado rapaz planeja entrar para o mundo do crime executando um sequestro. Lia (Nanda Costa), sua namorada, o incentiva a desistir da ideia e Isidoro (Carlos Vereza), um ex-psiquiatra que virou sem-teto, faz Jonas obter respostas para seus problemas. Com Norival Rizzo (85min). 16 anos. Estreou em 31/8/2012. Cine Joia.

✪✪✪✪ INTOCÁVEIS, de Olivier Nakache e Eric Toledano (Intouchables, França, 2011). Baseada em uma história real, a comédia dramática levou mais de 20 milhões de franceses aos cinemas e, não fosse pela invencibilidade de O Artista, teria faturado os principais prêmios no César, o Oscar da França -- apenas Omar Sy foi laureado como melhor ator. O que poderia render um dramalhão lacrimoso virou uma espirituosa trama capaz de tirar do sério um tema espinhudo. François Cluzet, em excelente desempenho, interpreta Philippe, um milionário tetraplégico de Paris que busca um cuidador -- vários já passaram por suas mãos e desistiram por causa de seu comportamento. Quando conhece Driss (Omar Sy), Philippe parece ter encontrado a pessoa certa. Vindo da periferia, pobre, negro e malandro, Driss não tem carta de referência, mas possui uma autoestima inabalável, além de contagiante alegria de viver. Como quer alguém que não o veja com piedade, o ricaço o contrata. Começa aí uma amizade improvável embalada por situações ora divertidas, ora emocionantes, quase sempre de deixar a plateia com um nó na garganta (111min). 14 anos. Estreou em 31/8/2012. Cinemark Downtown 6, Cinemark Botafogo 3, Cinépolis Lagoon 3, Cine Santa, Espaço Itaú de Cinema 6, Espaço Rio Design VIP, Estação Sesc Barra Point 1, Estação Sesc Ipanema 2, Estação Sesc Rio 2, Estação Vivo Gávea 5, Kinoplex Fashion Mall 2, Kinoplex Tijuca 5, Leblon 1, Odeon Petrobras, Rio Sul 4, Roxy 2, São Luiz 3, UCI New York City Center 9, Via Parque 1.

MOVIMENTO BROWNIANO, de Nanouk Leopold (Brownian Movement, Holanda, 2010). Drama. Charlotte (Sandra Hüller) e Max (Dragan Bakema) vivem com seu jovem filho em Bruxelas. Quando Max descobre que Charlotte tem se encontrado com alguns de seus pacientes homens em um apartamento alugado, a relação dos dois é posta à prova. Charlotte concorda em fazer terapia e é forçada a parar de trabalhar como médica. Eles se mudam para a Índia e as coisas parecem voltar à normalidade, mas o passado continua a ameaçar a paz do casal (97min). 16 anos. Estreou em 31/8/2012. Cine Joia.

✪✪✪ PROCURA-SE UM AMIGO PARA O FIM DO MUNDO, de Lorene Scafaria (Seeking a Friend for the End of the World, EUA/Singapura/Malásia/Indonésia, 2012). Ao contrário da destruidora fórmula do filme-catástrofe, usada em O Dia Depois de Amanhã (2004) e 2012 (2009), a comédia dramática busca nas emoções o viés para expor o iminente desaparecimento do planeta. Da TV, chega a notícia alarmante: em apenas três semanas um asteroide vai se chocar contra a Terra e pôr um ponto final no mundo. O corretor de seguros Dodge (Steve Carell) sente a primeira consequência quando sua mulher o abandona imediatamente. No mesmo edifício onde ele mora, a destrambelhada Penny (Keira Knightley) vive às turras com o namorado (Adam Brody). Depois de ficarem amigos, Dodge e Penny fogem da cidade de carro por causa de um motim no bairro. Enquanto a moça quer encontrar sua família, ele vai atrás do grande amor da adolescência. Se em cada cabeça há uma sentença, os diversos tipos que surgem e saem de cena captam o apocalipse à sua maneira. Entre o humor negro e o drama amargo de tom melancólico, ainda sobra espaço para o romance, nascido de uma relação com data certa para acabar (101min). 16 anos. Estreou em 31/8/2012. Cinemark Carioca Shopping 8, Cinemark Downtown 5, Cinesystem Recreio 4, Cinesystem Via Brasil 6, Espaço Itaú de Cinema 2, Estação Vivo Gávea 3,Kinoplex Fashion Mall 4, São Luiz 1, UCI New York City Center 10, UCI Kinoplex NorteShopping 9.

TEATRO

o-casamento.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

ESTREIAS

BILLDOG, de Joe Bone. A peça do autor inglês tornou-se cult em Londres, onde estreou em 2009 -- com o próprio Bone como ator e diretor. Escoltado apenas pelo músico Márcio Tinoco, Gustavo Rodrigues interpreta os 38 personagens da comédia com atmosfera de filme noir. Na história, um mercenário ganha a vida cometendo crimes pelas ruas londrinas, enquanto tenta se livrar de um bandido misterioso. Direção de Joe Bone e Guilherme Leme (65min). 18 anos. Teatro Café Pequeno (100 lugares). Avenida Ataulfo de Paiva, 269, Leblon, ☎ 2294-4480. Sexta a domingo, 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 16h (sex. a dom.). TT. Até 16 de setembro. Estreia prometida para sábado (1º).

A GAIVOTA, de Anton Tchekhov (1860-1904). Obra-prima do autor russo sobre os conflitos de um jovem escritor, o texto ganha montagem com encenação ousada: o teatro abriga um público de sessenta pessoas no espaço destinado tradicionalmente às coxias, enquanto mais de 6000 girassóis artificiais ocupam as cadeiras da plateia e o chão do proscênio. No elenco do drama estão Carla Ribas, Gabriel Pardal, Ivor Lancellotti, Julia Lund, Karine Teles, Ricardo Gonçalves e Thales Coutinho. Direção de Bruno Siniscalchi (110min). 16 anos. Teatro Gláu-cio Gill (60 lugares). Praça Cardeal Arcoverde, s/nº, Copacabana, ☎ 2332-7904, ? Cardeal Arcoverde. Quinta a segunda, 20h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 16h (qui. a seg.). Até 1º de outubro. Estreia prometida para sexta (31).

A MARCA DA ÁGUA, de Maurício Arruda Mendonça e Paulo de Moraes. Vigésimo quinto espetáculo da Armazém Companhia de Teatro em 25 anos de existência, o drama conta a história de Laura, mulher cheia de frustrações que precisa operar o cérebro. A cenografia conta com uma piscina de 7 metros por 2,5 metros, preenchida com três litros de água, bem no centro do palco. Patrícia Selonk, Ricardo Martins, Marcos Martins, Marcelo Guerra e Lisa E. Fávero integram o elenco. Direção de Paulo de Moraes (75min). 18 anos. Fundição Progresso -- Espaço Armazém (110 lugares). Rua dos Arcos, 24, Lapa, ☎ 2210-2190. Quinta a sábado, 20h; domingo, 19h. R$ 30,00 (qui. e sex.) e R$ 40,00 (sáb. e dom.). Bilheteria: a partir das 18h (qui. a dom.). Até 18 de novembro. Estreia prometida para quinta (30).

TERÇA INSANA 2012 -- ANTES QUE O MUNDO ACABE, criação coletiva do grupo Terça Insana. Criado em 2001, pela atriz, autora e diretora Grace Gianoukas, o projeto humorístico Terça Insana deu origem a esta nova comédia. Os esquetes são inspirados na previsão da civilização maia, segundo a qual o mundo vai acabar ainda neste ano. Direção de Grace Gianoukas (90min). 14 anos. Theatro Net Rio -- Sala Tereza Rachel (789 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), 2º piso, Copacabana, ☎ 2147-8060, ? Siqueira Campos. → Sexta e sábado, 23h30. R$ 60,00 e R$ 80,00. Bilheteria: 10h/22h (seg. a qui. e dom.); a partir das 10h (sex. e sáb.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IR. Estac. (no shopping, Rua Figueiredo Magalhães, 598, R$ 10,00 a primeira hora, mais R$ 5,00 a fração). Até 28 de setembro. Estreia prometida para sexta (31).

ÚNICAS APRESENTAÇÕES

ÁRVORES ABATIDAS OU PARA LUÍS MELO, de Marcos Damaceno. Na comédia, Rosana Stavis vive uma mulher convidada para um jantar em homenagem a um famoso ator. Ao chegar, porém, ela percebe que o evento reúne uma série de pessoas pouco talentosas. O arrependimento de ter aceitado o convite deflagra uma série de reflexões sobre a vida. O violinista Adriano Vargas acompanha a atriz em cena. Direção do autor (80min). 18 anos. Caixa Cultural -- Teatro Nelson Rodrigues (388 lugares). Avenida República do Chile, 230, Centro, ☎ 2262-5483, ? Carioca. → Quinta (30) a domingo (2), 19h. R$ 10,00. Bilheteria: 13h/20h (ter. a sex.); 15h/20h (sáb. e dom.).

O CASAMENTO, adaptação de Antônio Abujamra e João Fonseca. Um dos maiores sucessos do grupo Os F... Privilegiados, a comédia de 1997, baseada no romance de Nelson Rodrigues (1912-1980), conquistou o Prêmio Shell nas categorias diretor (para Abujamra e Fonseca) e figurino (de Charles Möeller). Guta Stresser também foi indicada, como melhor atriz. Na história, Dr. Sabino é um rico empresário que descobre, na véspera do casamento de sua adorada filha, Glorinha, que seu futuro genro é homossexual (100min). 16 anos. Teatro Carlos Gomes (685 lugares). Praça Tiradentes, 19, Centro, ☎ 2224-3602. Quinta (30) a domingo (2), 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: 14h/20h (qua. a dom.). IC.

O CLUBE DA TRAGÉDIA, de Julio Cortázar, Ricardo Piglia e Juan José Saer. Cada um dos escritores argentinos empresta uma história ao espetáculo, estruturado em três monólogos dramáticos independentes. Portenho radicado em Madri, Mario Vedoya estrela todos os segmentos. Direção de José Sanchis Sinisterra (70min). 18 anos. Teatro Poeira (120 lugares). Rua São João Batista, 104, Botafogo, ☎ 2537-8053. Sexta (31) e sábado (1º), 21h; domingo (2), 19h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes.

ÚLTIMA SEMANA

O BELO INDIFERENTE, de Jean Cocteau. Originalmente, a cantora Edith Piaf (1915-1963) havia pedido a Cocteau (1889-1963) que lhe escrevesse uma música. Recebeu uma peça baseada na relação dela com o ator Paul Meurisse (1912-1979). No drama, uma mulher sofre com a indiferença do seu amante silencioso, durante uma madrugada em um quarto de hotel. Djin Sganzerla e Dirceu de Carvalho formam o elenco. Direção de André Guerreiro Lopes e Helena Ignez (55min). 12 anos. Estreou em 24/8/2012. Teatro Ipanema (240 lugares). Rua Prudente de Morais, 824, Ipanema, ☎ 2523-9794. → Sexta e sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 18h30 (sex. a dom.). Até domingo (2).

O BRAVO SOLDADO SCHWEIK, adaptação da obra de Jaroslav Hasek por Bernardo Jablonski (1952-2011). O livro homônimo do escritor checo inspira esta sátira, encenada originalmente sob direção de Jablonski, em 1996, com Lúcio Mauro Filho no papel principal. Morto no ano passado, Jablonski é substituído aqui por suas diretoras assistentes Viviana Rocha e Renata Amaral. Na história, ambientada na época da I Guerra Mundial, o jovem Schweik (Eduardo Rios) é convocado para o Exército, mas sua personalidade infantil lhe causa problemas hilários (70min). 14 anos. Reestreou em 11/8/2012. Teatro O Tablado (150 lugares). Rua Lineu de Paula Machado, 795, Lagoa, ☎ 2294-7847 e 2239-0229. Sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 18h (sáb. e dom.). Até domingo (2).

✪✪✪ CANASTRÕES, de Moncho Rodrigues. O ambíguo título do espetáculo brinca com o adjetivo normalmente dispensado a maus atores e com a palavra canastra -- nome que se dá a uma espécie de baú. São com objetos como esse que Gracindo Jr. e seus filhos, Pedro e Gabriel, interagem em cena na comédia dramática. Em um espaço vazio, eles discorrem poeticamente sobre temas como existência, arte e identidade. Como estilhaços que se unem para formar uma imagem em um caleidoscópio, tudo se combina para falar do ofício do ator. O mais experiente do elenco, Gracindo Jr. se destaca em cena, mas seus filhos também entregam boas atuações, com Pedro se desdobrando entre instrumentos como rabeca e violão. A reunião do trio foi uma forma de homenagear Paulo Gracindo (1911-1995), pai de Gracindo Jr. Direção do autor (90min). 12 anos. Estreou em 10/8/2012. Espaço Sesc -- Teatro de Arena (240 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). Até domingo (2).

O CARA, de Miguel Thiré. Ator e ex-apresentador do programa TV Globinho, Paulo Mathias Jr. interpreta este monólogo cômico sobre a vida de um profissional de marketing viciado em trabalho. Ambicioso, o personagem Getúlio Batista encara o batente compulsivamente para se tornar o homem mais rico e poderoso do mundo antes dos 30 anos. Direção do autor (90min). Livre. Reestreou em 2/8/2012. Theatro Net Rio -- Sala Paulo Pontes (100 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), 2º piso, Copacabana, ☎ 2147-8060, ? Siqueira Campos. → Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 60,00. Bilheteria: 10h/22h. Cc: D, M e V. Cd: todos. IR. Estac. (no shopping, Rua Figueiredo Magalhães, 598, R$ 10,00 a primeira hora, mais R$ 5,00 a fração). Até domingo (2).

✪✪✪ EU É UM OUTRO, de Pedro Brício. Livremente inspirado no livro Uma Temporada no Inferno, de Arthur Rimbaud (1854-1891), o drama conta três histórias passadas em cidades e séculos diferentes, mas que dialogam entre si. Uma tem como protagonista o próprio Rimbaud, apresentado em sua arrogante juventude. Outra, ambientada durante o regime militar no Brasil, mostra uma tradutora que verte Uma Temporada no Inferno para o português e enfrenta problemas com a censura. Passada em uma noite de 2005 em Paris, a última história confronta um professor de literatura e um jovem de origem árabe. Moldado ao longo dos ensaios, o texto incorpora passagens de making of: no palco, os atores chegam a debater suas funções na peça. Alcemar Vieira, Ana Abbott, Lorena da Silva, André Marinho e João Velho integram o coeso elenco e mostram desenvoltura diante dos versos e trechos de cartas do poeta. Econômica, mas bem-acabada, a encenação se vale de elementos que servem às várias épocas abordadas mérito do cenógrafo Fernando Mello da Costa e do figurinista Rui Cortez. Direção de Isabel Cavalcanti (80min). 16 anos. Estreou em 12/7/2012. Teatro Poeirinha (60 lugares). Rua São João Batista, 104, Botafogo, ☎ 2537-8053. Quinta a sábado, 21h; domingo, 19h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (qui. a dom.). IC. Até domingo (2).

HOMENS, SANTOS E DESERTORES, de Mario Bortolotto. No ano passado, Rodolfo Bottino (1959-2011) atuou neste que seria o seu último espetáculo. Ele é substituído por Ricardo Blat, que contracena com Nelson Yabeta no drama sobre a convivência entre um homem maduro e um jovem estudante. No desenrolar da trama, o espectador é conduzido a acreditar que eles são apenas vizinhos, amigos e até amantes. Mas, aos poucos, percebe que essa relação por vezes paternalista, por parte do mais velho, é pautada por afinidades como a inadequação social de ambos e os gostos musicais e literários que compartilham. Direção de Ernesto Piccolo (60min). 14 anos. Reestreou em 18/8/2012. Espaço Cultural Eletrobras Furnas -- Auditório (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-5166. Sábado e domingo, 20h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes. Para o acesso, é necessário portar documento de identidade com foto. Até domingo (2).

✪✪✪ O MEU SANGUE FERVE POR VOCÊ, de Pedro Henrique Lopes. Na comédia musical embalada por pérolas do cancioneiro brega, a exemplo de Alma Gêmea e Conga Conga Conga, é contada a história do quadrilátero amoroso formado pela virginal Creuza Paula, pelo canalha Fernando Sidnelson, pela mulher da vida Sandra Rosa e pelo bom moço Elivandro. No elenco estão Ana Baird, Helga Nemeczyk, Pedro Henrique Lopes e Marcelo Klein. Do cenário aos figurinos, passando pelo tom exagerado da atuação, tudo em cena incorpora com gosto a estética brega que serve de proposta ao espetáculo. Direção coletiva dos atores e direção musical de Marcelo Eduardo Farias (70min). 12 anos. Estreou em 11/3/2010. Teatro do Leblon -- Sala Fernanda Montenegro (417 lugares). Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon, ☎ 2529-7700. Sexta e sábado, 23h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. e sáb.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IC. Estac. (R$ 4,00 a cada meia hora). Até sábado (1º).

NAVALHA NA CARNE, de Plínio Marcos. Drama. A montagem é a primeira de um projeto da atriz Marta Paret, que propõe levar textos brasileiros a espaços não convencionais -- neste caso, o porão da Casa de Cultura Laura Alvim. No clássico de Plínio Marcos, Marta interpreta a prostituta Neusa Sueli, Rogério Barros vive o cafetão Vado e Zé Wendell encarna o homossexual Veludo. Direção de Rubens Camelo (48min). 16 anos. Reestreou em 27/7/2012. Casa de Cultura Laura Alvim -- Porão (70 lugares). Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2016. Quarta a sábado, 21h30; domingo, 20h30. R$ 10,00. Bilheteria: a partir das 16h (qua. a sex.); a partir das 15h (sáb. e dom.). Até domingo (2).

OH, NELSON RODRIGUES, QUE ADORÁVEIS CRIATURAS!, de Neila Tavares. Baseada na vida e na obra de Nelson Rodrigues (1912-1980), a autora escreveu um texto montado em forma de concerto cênico. O próprio dramaturgo, vivido por Gilson Gomes, é o personagem principal e uma espécie de narrador do espetáculo. Ao longo da montagem, seus personagens vão aparecendo e contracenam com o autor. Um grupo de músicos escolta o elenco. Direção cênica de Wagner Brandi e direção musical de Rafael Bezerra (80min). Livre. Estreou em 3/8/2012. Sala Baden Powell (500 lugares). Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 360, Copacabana, ☎ 2255-1067, ? Cardeal Arcoverde. Sexta e sábado, 20h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. e sáb.). Até sexta (31).

✪✪✪ POPCORN, QUALQUER SEMELHANÇA NÃO É MERA COINCIDÊNCIA, de Jô Bilac. Comédia dramática que explora a temática autoral e propõe reflexões sobre o que é livremente inspirado, apropriação ou plágio. No palco, é encenada a história de Márcia (Mabel Cezar), uma dona de casa sem nenhuma experiência literária que lança um improvável best-seller e está de viagem marcada para a Noruega, onde receberá um prêmio pela publicação. Como se não bastasse, ela tem uma proposta da estrela de TV Saubara O?Donnor (Xuxa Lopes) para adaptar seu livro para o cinema. Para celebrar a dupla vitória, é marcado um jantar, ao qual comparecem o pai da autora, Otávio (Cássio Pandolfi), seu irmão, o professor universitário e escritor frustrado Marcos (Vinícius Arneiro), e a mulher dele, a espalhafatosa e boquirrota Roni (Maria Maya), além da própria Saubara. O que deveria ser uma noite prazerosa, no entanto, transforma-se em uma lavagem de roupa suja que vai expondo uma série de conflitos aparentemente enterrados. No elenco se destaca a ala feminina, principalmente Maria e Xuxa. Direção do autor e de Sandro Pamponet (80min). 16 anos. Reestreou em 13/8/2012. Theatro Net Rio -- Sala Paulo Pontes (100 lugares). Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), 2º piso, Copacabana, ☎ 2147-8060, ? Siqueira Campos. → Domingo, 21h; segunda, 20h. R$ 50,00. Bilheteria: 10h/22h. Cc: D, M e V. Cd: todos. IR. Estac. (no shopping, Rua Figueiredo Magalhães, 598, R$ 10,00 a primeira hora, mais R$ 5,00 a fração). Até domingo (2).

✪✪✪✪ A PRIMEIRA VISTA, de Daniel MacIvor. Comédia dramática do autor canadense, que também escreveu o sucesso In on It. Drica Moraes divide a cena com Mariana Lima. Em ótima forma, a dupla dá vida às amigas L e M, num período que abrange da juventude, quando elas têm pouco mais de 20 anos, à maturidade, após os 30. As personagens repassam diante da plateia suas memórias, que incluem os acampamentos que fizeram juntas nos bosques do Canadá, o medo dos ursos e até o tempo em que criaram a banda de rock As Ukuleladies -- deixa para uma interpretação surpreendente de Come As You Are, do Nirvana. A ficha técnica é caprichada, com cenografia do artista plástico Marcos Chaves, figurinos de Antônio Medeiros e iluminação de Maneco Quinderé. Direção de Enrique Diaz (80min). 14 anos. Reestreou em 20/7/2012. Teatro do Leblon -- Sala Fernanda Montenegro (417 lugares). Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon, ☎ 2529-7700. Sexta, 21h; sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 60,00 (sex.) e R$ 70,00 (sáb. e dom.). Bilheteria: a partir das 15h (sex. a dom.). Cc: D, M e V. Cd: todos. IC. Estac. (R$ 4,00 a cada meia hora). Até domingo (2).

PROFANAÇÕES -- O ÊXTASE DOS COMEÇOS, criação coletiva da Companhia Phila7. O espetáculo performático concebido por Rubens Velloso começa no Largo do Machado, com um número inspirado na obra do dramaturgo Samuel Beckett. De lá, o elenco de treze integrantes parte em direção ao Oi Futuro Flamengo em uma espécie de passeata-fanfarra. Uma vez no centro cultural, a performance segue por todos os ambientes do prédio, com imagens sendo projetadas nos degraus das escadas, nas paredes e no chão. A última parte da encenação acontece no teatro. Não há um número máximo de pessoas para assistir ao espetáculo do lado de fora, mas a entrada no Oi Futuro para acompanhar a peça é limitada -- e restrita a quem tiver ingresso. Direção de Rubens Velloso (75min). 12 anos. Estreou em 14/8/2012. Oi Futuro Flamengo (84 lugares). Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 19h30. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 14h (ter. a sex.); a partir das 13h (sáb. e dom.). Até domingo (2).

SÃO FRANCISCO DE ASSIS À FOZ, de Glicério Rosário. O autor é também o diretor e estrela o monólogo dramático. Com um texto poético, ele vai traçando paralelos entre a história do santo e o curso do rio homônimo (60min). 14 anos. Estreou em 24/8/2012. Espaço Tom Jobim (500 lugares). Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎ 2274-7012. Sexta e sábado, 21h30; domingo, 20h30. R$ 60,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. a dom.). IC. Estac. grátis. Até domingo (2).

SURTO, criação coletiva da Cia. Os Surtados. Criada aos moldes do Teatro Besteirol dos anos 1980, esta comédia escrita por Flávia Guedes, Rodrigo Fagundes e Wendell Bendelack acumula mais de 1 milhão de espectadores desde a sua estreia, em 2004. Dividido em esquetes, o espetáculo explora a demência de personagens como Ângela Botox (interpretada por Fagundes), com inteligência abaixo da média e detentora do recorde de cirurgias plásticas. Outra figura memorável é a preparadora de elenco Jezebel (papel de Bendelack), que relembra cenas clássicas da TV brasileira em suas aulas de interpretação. Direção coletiva (75min). 12 anos. Reestreou em 2/8/2012. Teatro Miguel Falabella (456 lugares). Avenida Dom Helder Câmara, 5332 (NorteShopping), 2º piso, Cachambi, ☎ 2597-4452. Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. R$ 50,00. Bilheteria: a partir das 14h (qui. a dom.). IC. Estac. R$ 4,50 (por quatro horas). Até domingo (2).

ZUMBI, de Augusto Boal e Gianfrancesco Guarnieri. Musical pioneiro, o espetáculo foi montado pela primeira vez em 1965, pelo Teatro de Arena. Com composições de Edu Lobo, a montagem conta a história dos quilombolas de Palmares, liderados por Zumbi. Direção de João das Neves e direção musical de Titane (125min). 14 anos. Estreou em 2/8/2012. Centro Cultural Banco do Brasil -- Teatro II (158 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quinta a domingo, 19h30. R$ 6,00. Bilheteria: a partir das 10h (qui. a dom.). Até domingo (2).

EXPOSIÇÕES

ESTREIAS

CARLA GUAGLIARDI. O Lugar do Ar batiza a grande instalação com a qual a artista carioca ocupa o térreo da galeria. Trata-se de uma versão do trabalho que ela expôs na Alemanha em 2004. Com barras de ferro suspensas por elásticos, a obra vai se expandindo lentamente ao longo da mostra. Duas esculturas de vidro e balões de látex, três esculturas de madeira e espuma e um díptico fotográfico completam o acervo da mostra Carla Guagliardi -- Os Cantos do Canto. A partir de R$ 3 000,00. Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 20 de outubro. A partir de quinta (30). www.anitaschwartz.com.br.

DENISE ARARIPE. Em Ele Não Está Aqui, a artista exibe dez telas nas quais subverte obras clássicas, por vezes incorporando a elas figuras pop -- caso de uma releitura de Olympia, de Manet, em que uma das mulheres é substituída por Rosie, a empregada-robô do desenho Os Jetsons. R$ 4900,00 a R$ 32400,00. Galeria Coleção de Arte. Praia do Flamengo, 278, térreo, Flamengo, ☎ 2551-0641. → Segunda a sábado, 10h às 18h. Grátis. Até 27 de setembro. A partir de segunda (27). www.colecaodearte.com.br.

FRED SCHIFFER. Em duas exposições no mesmo endereço, o fotógrafo aborda o universo do escritor Jorge Amado (1912-2001) através de 43 imagens. Vinte e nove delas estão em Costa do Cacau, na qual ele retrata a arquitetura, a natureza e as pessoas dessa região entre os municípios de Itacaré e Canavieiras. Descobrindo Gabriela traz as demais fotografias, que evocam passagens do livro Gabriela, Cravo e Canela. Forte de Copacabana. Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Copacabana, ☎ 2522-3544. 10h às 18h. Grátis. Até 17 de setembro. A partir de quinta (30).

GIL70. Gilberto Gil é homenageado pela passagem de seus 70 anos. Vinte e cinco artistas plásticos, poetas, videomakers, músicos, cineastas, programadores visuais e designers apresentam 21 trabalhos, entre pintura, grafite, vídeo, fotografia, escultura, poesia visual e instalação, inspirados em canções do cantor e compositor ou dedicados a ele. Comparecem nomes como Arnaldo Antunes, Adriana Calcanhotto, Antonio Dias, Lula Buarque de Hollanda, Raul Mourão, Omar Salomão, Caetano Veloso, Andrucha Waddington e Luiz Zerbini. A exposição conta ainda com displays interativos, nos quais o visitante pode escutar setenta de suas mais conhecidas canções. Vídeos, áudios e uma linha do tempo contam a história do artista. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 28 de outubro. A partir de quarta (29). www.correios.com.br.

LUIZ GARRIDO. Conhecido por seu trabalho em moda e publicidade, o fotógrafo apresenta dez obras, entre fotografias individuais, dípticos e trípticos, na individual Nudes. Como o nome sugere, as imagens são de nus femininos. Preços sob consulta. Galeria Tempo. Avenida Atlântica, 1782, loja E, Copacabana, ☎ 2255-4586. Terça a sábado, 11h às 19h. Grátis. Até 27 de outubro. A partir de quarta (29).

SALVADOR DALÍ. Exibição de exemplares de três séries de gravuras do mestre do surrealismo. Nove xilogravuras inspiradas no livro A Divina Comédia, do italiano Dante Alighieri (1265-1321), são apresentadas uma série completa, com as 100 obras de Dalí (1904-1989), está em uma bela mostra na Caixa Cultural. As outras oito obras são litografias: quatro Cavalos Dalinianos e quatro Relógios Derretidos. R$ 5000,00 a R$ 11000,00. Riso. Rua Aníbal de Mendonça, 175, Ipanema, ☎ 2147-8259. Terça a sábado, 12h às 22h; domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 9 de setembro. A partir de terça (28).

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪✪ DALÍ: A DIVINA COMÉDIA. Presença rara na cidade, o mestre do surrealismo tem 100 xilogravuras exibidas. As obras são fruto de um convite feito pelo governo da Itália, no fim dos anos 50, para que o artista criasse uma série de aquarelas em homenagem à épica obra-prima do poeta Dante Alighieri (1265-1321) ele levou o trabalho adiante mesmo depois da suspensão do contrato por motivos chauvinistas. Sob a supervisão de Dalí (1904-1989), dois entalhadores passaram cinco anos fazendo as matrizes das gravuras a partir das aquarelas. Divididas pelos três temas do livro A Divina Comédia, Inferno, Purgatório e Paraíso, as obras esbanjam detalhes e cores. Caixa Cultural Galeria 3. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até domingo (2). www.caixacultural.com.br.

✪✪✪ LEO BATTISTELLI. Argentino radicado no Rio, Battistelli exibe 33 trabalhos inéditos, entre esculturas e objetos de porcelana e cerâmica. O acervo faz referência a lendas indígenas da América Latina. Plantas e fungos usados com fins ritualísticos também são evocados nas formas e cores das peças. R$ 4000,00 a R$ 19000,00. Graphos: Brasil. Rua Siqueira Campos, 143 (Shopping dos Antiquários), 2º piso, Copacabana, ☎ 2256-3268, ? Siqueira Campos. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 11h às 18h. Grátis. Até quinta (30).

FOTÓGRAFOS DA NATUREZA. Promovido pelo Museu de História Natural de Londres e pela revista BBC Wildlife, o concurso Wild Life Photographer of the Year existe há 49 anos e premia fotos que têm a natureza como tema. Há dezesseis anos os vencedores passaram a integrar uma mostra, que é montada pela primeira vez no Brasil. Compõem a seleção 79 imagens de profissionais de 24 países. Centro de Visitantes do Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎ 3874-1808. Segunda a domingo, 8h às 17h. Grátis. Até quinta (30).

✪✪✪ MATEU VELASCO. Em Avesso do Avesso, o artista, egresso do grafite, exibe trabalhos em técnicas e suportes diversos. No acervo estão seis gravuras em metal, cinco pinturas sobre madeira, nas quais foram usados spray, tinta acrílica e lápis de cor, e três telas em acrílica, todas sem título, produzidas neste ano. Inicialmente concebida como cenografia para a exposição, uma instalação com doze troncos de árvore pintados tornou-se também uma obra e completa a seleção. R$ 5000,00 a R$ 15000,00. Galeria Movimento. Avenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), loja 211, Copacabana, ☎ 2267-5989. Terça a sexta, 10h30 às 19h30; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até quinta (30). www.galeriamovimento.com.br.

Fonte: VEJA RIO