DIVERSÃO

É de graça

Confira 29 atrações gratuitas para cirtir o fim de semana

- Atualizado em

TEATRO

✪✪✪✪ The Book of Mormon

Este hilariante musical dirigido pelo professor da UniRio Rubens Lima Jr. é uma montagem do espetáculo de sucesso encenado na Broadway em 2011. Na debochada história, um grupo de rapazes mórmons será mandado, em duplas, para pregar em várias partes do mundo. Em vez da tão sonhada Flórida, o almofadinha Elder Price (Hugo Kerth) acaba em Uganda - junto com o desmiolado Elder Cunningham (Leo Bahia, a estrela do afiado elenco). Direção musical de Marcelo Farias (135min, com intervalo). 16 anos.

Cidade das Artes - Grande Sala (1?248 lugares). Avenida das Américas, 5300, Barra da Tijuca, ☎ 3328-5300. Sábado (24), 21h; domingo (25), 19h; dias 28, 29, 30 e 31, 21h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes.

Felipe Fittipaldi
(Foto: Redação Veja rio)

SHOWS

Orquestra Voadora

A Arena Carioca Dicró, na Penha, recebe um encontro dos mais animados. A Orquestra Voadora convida Zé da Velha e Silvério Pontes para uma noite de misturas rítmicas como o rock, funk, jazz e pop junto a sambas, frevos e maracatus, como seu repertório já é conhecido.

Arena Dicró. Parque Ari Barroso, Penha. ☎ 3486-7643. Sexta (23), 21h. Grátis.

Marco Pereira e Toninho Ferragutti

Nascido em São Paulo, Marco Pereira graduou-se mestre em violão na Université Musicale Internationale de Paris e defendeu tese sobre Heitor Villa-Lobos no Departamento de Musicologia da Universidade de Paris-Sorbonne. A carreira no circuito erudito, incentivada por prêmios como a Palma de Mallorca, no Concurso Andrés Segóvia, foi atropelada pela paixão por repertórios mais populares - e, a partir dos anos 80, a música brasileira ganhou um tremendo violonista. Toninho Ferragutti, acordeonista, é nome frequente nas bandas de artistas como Mônica Salmaso, Maria Bethânia e Gilberto Gil, além de esbanjar talento em oito CDs-solo lançados. Motivados pelas obras de artistas como Dominguinhos, Baden Powell, Chiquinho do Acordeão e Garoto, os virtuoses uniram forças em Comum de Dois, disco que ganha lançamento no Espaço Furnas Cultural, com entrada franca. No sábado (24), a dupla apresenta ao vivo as nove faixas do álbum. Essa lista inclui composições como Flamenta e Victoria, ambas de Ferragutti, além de Amigo Léo e Bate-Coxa, de Pereira. O CD ainda registra inspirada interpretação para o clássico Mulher Rendeira, composto na década de 50 pelo músico paraibano Zé do Norte (1908-1979). Também promete ao vivo a sequência Caymmi x Nazareth, um passeio da dupla por temas de dois pilares da música nacional: o centenário Dorival Caymmi (Maracangalha e Você Já Foi à Bahia?) e Ernesto Nazareth (Escorregando).

Espaço Furnas Cultural (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎ 2528-5166. Sábado (24), 20h. Grátis. Distribuição de senhas a partir das 14h.

Bourbon Festival Paraty

Na sexta edição, o festival no centro histórico da cidade de Paraty reúne grandes atrações estrangeiras. Patrimônio das tradições musicais de Nova Orleans, nos Estados Unidos, a Preservation Hall Jazz Band sobe ao Palco da Matriz na noite de sábado (24), às 21h. Antes, nos mesmos local e horário, mas na sexta (23), Hermeto Pascoal apresenta sucessos e surpresas. No domingo à tarde, no Palco Santa Rita, o virtuoso violonista americano Andy McKee comete estripulias em composições como Drifting. Dica: ele também toca no Rio Rock & Blues, na Lapa, na noite de domingo (18). Livre.

Bourbon Festival Paraty. Palco da Matriz, Praça da Matriz, Paraty; Palco Santa Rita, Largo de Santa Rita, Paraty. Sexta (23), sábado (24) e domingo (25), a partir das 16h. Grátis. www.bourbonfestivalparaty.com.br.

Elodie Emma

A loja-conceito Jeffrey Store oferece um pocket show gratuito da cantora francesa Élodie Emma. No repertório, canções de Edith Piaf, Roberta Flack e outras divas da música internacional.

Jeffrey Store. Rua Tubira, 8, loja C, Leblon. Sábado (24), 16h30. Grátis.

CONCERTOS

Ayran Nicodemo

Jovem violinista mineiro, que acaba de entrar para os quadros da Sinfônica do Theatro Municipal, Nicodemo, 25 anos, também lançou recentemente o CD solo Pedra Cigana. Em uma semana de apresentações com formações variadas na UniRio, o músico integra formações diversas: toca de Bach a Chiquinha Gonzaga, ao lado de Maria Célia Machado (harpa) e Maria

Helena de Andrade (piano), no Trio D'Ambrósio, na segunda (19), às 20h, e lança o disco em concerto-solo, na quinta (22), no mesmo horário. Nos demais dias, outros músicos o acompanham em repertório bem eclético.

Instituto Villa-Lobos. Avenida Pasteur, 436 (UniRio), Urca, ☎ 2542-4477. Segunda (19), quarta (21) e quinta 922), 20h, terça (20), 20h30, sexta (23), sábado (24) e domingo (25), 18h. Grátis. Programação completa em abr.ai/semana-violino-rj.

Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro

A orquestra junta-se às cantoras Leila Pinheiro e Leny Andrade para homenagear Vinicius de Moraes.

Teatro Odylo Costa Filho (1?200 lugares).

Rua São Francisco Xavier, 524 (Uerj), Maracanã, ☎ 2334-0048. Sexta (23), 19h30. Grátis.

CRIANÇAS

Urucuia Grande Sertão

A trama se desenrola em um reino distante no sertão brasileiro, onde um rei viúvo e solitário, influenciado pelo avançar da idade e a vontade de ter netos, determina que seu fiel servo arrume um rapaz para casar com a jovem princesa. Após o anúncio surgem muitos pretendentes e, com isso, o patriarca volta a nutrir esperanças, apesar de toda a resistência da moça, que se julga a mais inteligente do império. Para a nobre, nenhum homem é capaz de satisfazê-la intelectualmente. Inspirado por esta narrativa, o grupo traz à tona algumas questões contemporâneas e atuais, como o preconceito social e o amor, em um espetáculo alegre, repleto de música e referências da cultura popular brasileira.

Lona Cultural Herbert Vianna. Rua Ivanildo Alves, s/n, Maré. ☎ 3105-6815 . Sexta (23), 15h; sábado (24), 16h; domingo (25), 16h.

urucuia.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Galinha Pintadinha e sua Turma

O espaço oferece atrações gratuitas, como ovos giratórios com capacidade para até seis crianças cada; o Espaço Pintadinho, em que os pequenos artistas podem brincar com lápis de cor, canetinhas e giz de cera; e a Casa da Galinha Pintadinha, que conta com uma escultura tridimensional de três metros de altura da personagem.

Recreio Shopping. Avenida das Américas, 19.019, Recreio dos Bandeirantes. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingo, 15h às 21h. Grátis. Até 8 de junho.

Contação de Histórias

A feira de livros do Center Shopping recebe a contadora de histórias Carol Alves, a Princesa. O evento acontece até a primeira semana de junho, dia 4, e conta cerca de 13 mil títulos expostos a partir de R$2.

Center Shopping. Avenida Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. ☎ 3312-5001. Sábado (24), 16h. Grátis.

Clubinho do Jack

O mascote Jack vai aprontar com as crianças nas oficinas de desenho, pintura e maquiagem, além de dançar e se divertir com animador e DJ. Ao final, haverá apresentação da peça Minha Mãe é Super, que conta a história é de um menino, Diego, que não quer obedecer sua mãe e acha que tudo que ela pede ou ensina a ele é chato. Até que um dia Diego faz um pedido ao homem do saco: "Que sua mãe o deixe ser livre!". Porém, não demora muito para ele se arrepender. Com texto e direção do Rodrigo Scheer, a peça tem como objetivo mostrar às crianças a importância de ter sempre as pessoas que amamos por perto.

Center Shopping. Avenida Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. ☎ 3312-5001. Domingo (25), 13h às 15h. Grátis.

Show dos poodles adestrados

Com mais de 20 anos de experiência no mercado, o adestrador João Marcos Robattini apresentará ao público as façanhas de quatro poodles: Mickey, Madonna, Lorran e Pop. Os divertidos cãezinhos se revezam no palco, em números, como: O casamento, O cachorro Babá, A porta-bandeira, Futebol carioca e Acrobacias. No encerramento, acontece um dos momentos especiais do show, quando um dos poodles entra no palco dirigindo um carro de Fórmula 1, fazendo uma homenagem ao piloto Ayrton Senna.

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu. ☎ 2430-5130. Domingo (25), 17h. Grátis.

Oficina Fashion

Meninas e meninos poderão fazer arte no cabelo com spray colorido, brilho, penteados e adereços, além de se vestirem com fantasias que vão compor o look da brincadeira de ser "Fashion com estilo". Os papais poderão levar máquina de fotografar para registrar o resultado final.

Santa Cruz Shopping. Rua Felipe Cardoso, 540, Santa Cruz. ☎ 2418-9400. Domingo (25), 15h às 18h. Grátis.

ESPECIAL

Temporada Gourmet

O evento conta com uma cozinha experimental, local em que ocorrem diversos workshops. Também haverá atrações variadas de quinta a domingo, com palestras, degustações e outras atividades, em parceria com os principais restaurantes do shopping, que levarão convidados. O auditório para as palestras acomoda 40 pessoas. Os interessados que desejarem participar das atividades podem se inscrever gratuitamente no local do evento, no dia da oficina, com duas horas de antecedência. Neste sábado (24), a palestra é do especialista do restaurante Viena, às 16h, com o tema Spaghetti. No domingo (25), um especialista da Starbucks falará, às 20h, sobre os segredos do café.

O Plaza Shopping. Rua XV de Novembro, 8, Centro, Niterói. ☎ 2621-9400. Quintas e sextas, 19h; sábados e domingos, 14h. Até 1º de junho.

EXPOSIÇÕES

Visões na Coleção Ludwig

Magnata da indústria do chocolate, o alemão Peter Ludwig (1925-1996) dedicou considerável fatia de sua fortuna à paixão pelas artes - consta que, durante boa parte da década de 70, ele teria adquirido uma obra por dia para a sua coleção. Uma pequena mas relevante fração desse acervo, estimado em mais de 20?000 peças, pode ser admirada na coletiva em cartaz no CCBB. Espaço geralmente reservado a obras monumentais, a rotunda é ocupada pela mais impactante das 64 criações expostas: Cabeça de Criança (1991), óleo e acrílica sobre tela do austríaco Gottfried Helnwein. Com 6 metros de altura, a pintura assombra pelo hiper-realismo. Do mesmo artista é exibido 48 Portraits (1991), reunião de fotos de mulheres importantes na história mundial, uma resposta à obra homônima do alemão Gerhard Richter, apenas com homens, concebida vinte anos antes e também presente na mostra. Nomes canônicos sobram na seleção. De Andy Warhol (1928-1987), por exemplo, há um retrato do próprio Ludwig, feito em serigrafia, e uma tela produzida a quatro mãos com Jean-Michel Basquiat (1960-1988), repleta de referências ao grafite. Cabeças Grandes (1969), um belo exemplar de Pablo Picasso (1881-1973), de quem o bilionário foi o terceiro maior colecionador privado do mundo, também justifica a visita.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 21 de julho.

Sergio Fingermann

Dedicado à gravura no começo da carreira, o paulistano Sergio Fingermann passou a produzir, nos anos 80, telas entre o figurativo e o abstrato. Em Se Noite Fosse Água - Sequências, individual que ocupa o Museu Nacional de Belas Artes a partir de quinta (22), ele exibe trabalhos criados desde 2011. Serão apresentadas dezoito pinturas de grandes formatos, além de quarenta obras sobre papel. O artista inspirou-se no poema A Meditação sobre o Tietê, de Mário de Andrade. Em um dos versos da primeira estrofe, o autor modernista escreveu sobre "o peito do rio, que é como se a noite fosse água".

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 3299-0600, Cinelândia. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Grátis. Até 17 de agosto. A partir de quinta (22).

Carlos Fiúza

A exposição Litorais, do artista alagoano Carlos Fiúza, reúne dezoito obras, divididas em quatro núcleos: litoral dos coqueiros-pintura, litoral dos peixes-estrutura, litoral de cajus-desenho, litoral do ciclista estrutural e dos cachorros desconstruídos. São trabalhos em tinta acrílica sobre tela e sobre MDF, com o uso das técnicas de velatura e de monotipias que compõem mosaicos. Há influências indiretas da obra de José Pancetti, no que se referem aos temas e algumas formas (cajus, barcos e linhas de areia), e de Leonilson, na alusão ao bordado.

Rua Venâncio Flores, 481 A, Leblon. Segunda a sexta, de 9h às 12h e de 13h às 18h; sábados, 9h às 13h. Grátis. Até 7 de junho.

fiuza.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Chelpa Ferro

O grupo multimídia, formado pelos artistas Luiz Zerbini, Barrão e Sérgio Mekler, apresenta uma performance. Improvisações sonoras feitas com instrumentos musicais e objetos são acompanhadas de projeções de vídeos abstratos.

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. Sexta (23), 19h. Grátis.

✪✪✪✪ Chico Albuquerque

Pioneiro da fotografia publicitária no Brasil, o profissional cearense se dedicou a outros temas, como revela a mostra O Estúdio Fotográfico. Em cerca de 120 imagens, há registros ligados à arquitetura, cenas urbanas da capital paulista e retratos de personalidades.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até domingo (25).

Edmundo Bacellar

Fotografias do início da carreira do fotógrafo e artista plástico na década de 70 integram a mostra Expressão da Alma. São apresentadas mais de 40 imagens em preto e branco, algumas premiadas em concursos e salões de arte nacionais e internacionais. Na seleção, estão retratos de personagens de rua, pessoas públicas ou situações corriqueiras que foram capturadas ora em cena espontânea, ora em cena provocada.

Parque das Ruínas. Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa. Terça a domingo, 10h às 18h. Grátis. Até 22 de junho. Estreia prevista para domingo (25).

Laura Erber

Em águas furtadas (que a artista grafou assim mesmo, com minúsculas) são apresentadas videoinstalações e duas colagens. O tema da água, metaforicamente e como elemento real, está presente em todos os trabalhos.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até domingo (25).

✪✪✪ Miguel Rio Branco

Uma instalação com quatro projeções de imagens que abordam a temática da violência e do poder, uma projeção estática com áudio e um site specific compõem a instigante exposição do fotógrafo, batizada Gritos Surdos.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até domingo (25).

✪✪✪ Vladimir Lagrange

Em Assim Vivíamos, a primeira exposição do fotógrafo russo na América Latina, são exibidas 65 imagens em preto e branco que se contrapõem, pelo toque poético, à opressão do regime socialista do tempo em que foram realizadas.

Caixa Cultural - Galeria 4. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até domingo (25).

bauhaus.foto.filme

Fundada em 1919 na Alemanha, a vanguardista escola de design, artes plásticas e arquitetura Bauhaus tem cinquenta fotos e vinte filmes de seu acervo exibidos. Boa parte da seleção fotográfica é exemplar do modo como mestres e alunos da instituição, já no início do século XX, investigavam as possibilidades de manipulação da imagem.

Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3131-9333, General Osório. Terça

a sexta e feriados, 15h às 21h; sábado e domingo, 14h às 21h. Grátis. Até 20 de julho.

Call Me Helium

Em 1974, Hélio Oiticica e os irmãos Andreas e Thomas Valentin tiveram uma ideia para uma obra: um enorme balão no qual se leria "call me helium", referência a uma frase do guitarrista Jimi Hendrix e, ao mesmo tempo, um trocadilho com o primeiro nome de Oiticica. Engavetado por quarenta anos, o balão finalmente está içado na Praça dos Correios. Ali ficará até o fim de uma exposição no Centro Cultural Correios, com fotos e documentos que retratam o cotidiano de Oiticica em Nova York, na época em que a obra foi concebida. Uma foto de Carlos Vergara e uma escultura de Antonio Manuel também estão na mostra.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 13 de julho.

✪✪✪ Community

A videoinstalação que dá nome à mostra exibe fotografias de 43 profissionais da agência Magnum Photos, fundada em 1947 por mestres das câmeras como Henri CartierBresson. Ensaios de cinco deles são apresentados em outra parte da exposição.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, Largo do Machado. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de junho.

Laercio Redondo

A individual Fachada tem como ponto de partida um marco da arquitetura brasileira: o Palácio Gustavo Capanema, um dos primeiros exemplares da arquitetura moderna no Brasil. O edifício inspira quatro criações de técnicas distintas - uma frase fundida em bronze, um filme, um conjunto de serigrafias e a imagem ampliada de um cartão-postal dos anos 50. A partir de R$ 15?000,00.

Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 21 de junho.

✪✪✪ Nazareno

Dezoito instrumentos infantis antigos, de uma coleção do próprio Nazareno, compõem uma instalação apresentada pelo artista na mostra Somos Iguais.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, Largo do Machado. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de junho.

Rosângela Rennó

Em Círculo Mágico, a artista escolheu dezesseis objetos da coleção da Fundação Eva Klabin, mudou-os de lugar e procurou destacá-los para atrair a atenção do público, produzindo catorze instalações em exibição na casa-museu.

Fundação Eva Klabin. Avenida Epitácio Pessoa, 2480, Lagoa, ☎ 3202-8550. Terça a domingo, 14h às 17h. Grátis. Até 29 de junho.

Fonte: VEJA RIO