DIVERSÃO

É de graça

Confira 28 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

- Atualizado em

ESPECIAL

Turismo cultural

Ônibus gratuitos sairão da Quinta da Boa Vista com destino a um passeio por marcos históricos de São Cristóvão. Fazem parte do roteiro o Museu Nacional, o Club de Regatas Vasco da Gama e o Museu Militar Conde de Linhares. Os visitantes descem em cada ponto, fazem a visita e tomam o ônibus seguinte. O evento faz parte da 12ª Semana Nacional dos Museus.

Quinta da Boa Vista (em frente ao Museu Nacional). Avenida Pedro II, s/nº, São Cristóvão. Sábado (17) e domingo (18), 10h às 16h. Grátis.

museu-nacional.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

"Eu te desafio a me amar"

A Anistia Internacional Brasil se une às ações globais do Dia Internacional contra a Homofobia e Transfobia, no dia 17 de maio, e apresenta, em sua sede no Rio de Janeiro, o projeto "Eu te desafio a me amar" - exposição de fotografia da artista visual holandesa/uruguaia Diana Blok, com exibição de filme e debate sobre o tema.

Praça São Salvador, 5, Laranjeiras. Sábado (17), 16h. Grátis.

SHOWS

Dia da Rua

As praias da Zona Sul recebem, neste domingo (18), a quinta edição do Dia da Rua. Criado em 2008, o festival de música ao ar livre se espalha sobre o asfalto ao longo da orla de Leblon, Ipanema e Arpoador com shows gratuitos de alguns dos principais nomes da nova cena musical carioca. Este ano, o público poderá curtir sete apresentações em diferentes pontos, que serão identificados com boias coloridas, marca registrada do evento. O line up de artistas confirmados para esta edição conta com nomes como Alice Caymmi, Castello Branco, Silvia Machete e a banda Baleia. O primeiro show está marcado para as 15h, na altura da praça Atahualpa, no Leblon, e, a cada 20 minutos, uma nova apresentação começa, fazendo com que a música se propague ao longo da orla de forma simultânea até o fim do dia. Veja a programação completa em abr.ai/1qJjwkj

Rock in Rua

A banda RetroAtivos faz show no Aterro do Flamengo. No repertório sucessos como Beatles, Led Zeppelin, Queen, Rolling Stones, além de músicas de autoria da própria banda, entre as quais "Blues do Rock".

Aterro do Flamengo, ao lado do Posto 1. Domingo (18), 14h. Gratis.

CRIANÇAS

A Criança Vai ao Museu

Ao longo de quatro dias, a partir de quinta (15), o CCBB abriga uma série de encontros com educadores e atividades práticas para estimular a familiaridade dos pequenos com a programação artística da cidade. No sábado (17) e no domingo (18) os debates dão lugar à programação infantil, com rodas de histórias, música e atividades lúdicas.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2070. Sábado (17) e domingo (18) a partir das 10h. Grátis. Distribuição de senhas meia hora antes das atividades. Confira a programação completa em abr.ai/crianca-no-museu.

2º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro

Na segunda semana, a programação espalha mais de cinquenta companhias nacionais e estrangeiras pela cidade. No Pocket: um Espetáculo para Todos os Bolsos, do Coletivo Nopok, leva humor e improviso ao Parque Lage, no sábado (17), às 13h, e ao Parque Madureira, no domingo (18), às 16h.

Confira a programação completa em abr.ai/festival-circo-2014. Grátis. Até domingo (18).

O Príncipe Sapo

A peça conta a história de uma princesa mimada que conhece um sapo, depois de sua bola de ouro cair em uma lagoa. Aos poucos, os dois acabam se tornando amigos e a princesa entende que aparência não é tudo. Um belo dia, tomada de um forte carinho pelo novo amigo, ela lhe dá um beijo e, num passe de mágica, desfaz o encanto que o aprisionava. A partir daí, a princesa ficará surpresa com o belo príncipe em que ele se transformou e o amor florescerá.

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu. ☎ 2430-5130. Domingo (18), 17h. Grátis.

Oficina de máscaras

Cartolina, giz de cera, cola, papel e outros materiais serão transformados em lindas máscaras divertidas que as próprias crianças aprenderão a confeccionar. Ao final da oficina, toda criação produzida poderá ser levada para casa. Evento gratuito.

Santa Cruz Shopping. Rua Felipe Cardoso, 540, Santa Cruz. ☎ 2418-9400. Domingo (18), 15h às 17h. Grátis.

Galinha Pintadinha e sua Turma

O espaço oferece atrações gratuitas, como ovos giratórios com capacidade para até seis crianças cada; o Espaço Pintadinho, em que os pequenos artistas podem brincar com lápis de cor, canetinhas e giz de cera; e a Casa da Galinha Pintadinha, que conta com uma escultura tridimensional de três metros de altura da personagem.

Recreio Shopping. Avenida das Américas, 19.019, Recreio dos Bandeirantes. Segunda a sábado, 10h às 22h; domingo, 15h às 21h. Grátis. Até 8 de junho.

CONCERTOS

IX RioHarpFestival

A prestigiada série de concertos nos quais a harpa é a protagonista espalha músicos de 25 países por diversos pontos da cidade. Na terça (13), às 18h, o russo Sasha Boldachev interpreta Bach, Debussy e Fauré no Centro Cultural Justiça do Trabalho. No Forte de Copacabana, no fim de semana, a programação, intensa, inclui apresentações do duo japonês formado por Kaori e Myia Otake, no sábado (17), às 14h, e no domingo (18), às 12h30.

Centro Cultural Justiça do Trabalho (100 lugares). Avenida Presidente Antônio Carlos, 251, Centro. Forte de Copacabana (200 lugares). Praça Coronel Eugênio Franco, 1, Copacabana. Grátis. Programação completa em abr.ai/rio-harp-festival. Até 1º de junho.

EXPOSIÇÕES

Maria Tomaselli

Radicada no Brasil desde 1969 e atualmente residindo em Porto Alegre (após temporadas em São Paulo, Rio e Olinda), a artista austríaca recorreu a variadas técnicas desde o início da carreira. Estudou pintura com Iberê Camargo (1914-1994), escultura com Xico Stockinger (1919-2009) e gravura com Eduardo Sued e Anna Letycia. Tal versatilidade se apresenta de forma eloquente em TO na Lona, sua individual no Centro Cultural Correios. O nome da mostra é um trocadilho que junta TO, como Maria assina os seus trabalhos, e o suporte utilizado em doze das obras apresentadas: lonas de caminhão usadas para cobrir carrocerias. Produzidas desde 2006, as criações são, na maioria, pintadas apenas com tinta a óleo, mas algumas ganham intervenções reveladoras do domínio de recursos da artista - gravuras adornam Espelho (2013) e cabeças de ferro chamam atenção dependuradas sobre Janômetro 1 (2011). Efeitos do tempo sobre a lona são exaltados. Furos ganham costuras visíveis, colagens e impressões, enquanto remendos são emoldurados por cores destacadas. No acervo exposto, aliás, a riqueza cromática sobressai, conferindo insuspeita delicadeza a um material a princípio abrutalhado. Encanto parecido provocam os dezessete óleos e acrílicas sobre tela exibidos. Um objeto de madeira, uma série de desenhos em preto e branco e álbuns de gravuras completam a visita.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até domingo (18).

Egon Kroeff/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

bauhaus.foto.filme

Fundada em 1919 em Weimar, na Alemanha, a escola de design, artes plásticas e arquitetura Bauhaus tornou-se conhecida pelo vanguardismo - traço que preservou até o encerramento de suas atividades, em 1933, devido à pressão do regime nazista. Uma parte menos conhecida de sua arrojada produção ganha destaque na mostra bauhaus.foto.filme (assim mesmo, em minúsculas), no Oi Futuro Flamengo. Com abertura marcada para domingo (18), a exposição, como o nome indica, reúne cinquenta fotografias e vinte filmes pinçados dos acervos mais importantes da instituição: o Arquivo Bauhaus - Museu de Design, em Berlim, e a Fundação Bauhaus, sediada na cidade de Dessau. Boa parte da seleção fotográfica é exemplar do modo como mestres e alunos da instituição, já no início do século XX, investigavam as possibilidades de manipulação da imagem, atualmente um lugar-comum graças ao uso de programas de computador. Uma das fotos, de 1932, mostra o professor Herbert Bayer, surpreso diante de um espelho, segurando uma "fatia" do seu próprio braço.

Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3131-9333, General Osório. Terça a sexta e feriados, 15h às 21h; sábado e domingo, 14h às 21h. Grátis. Até 20 de julho. A partir de domingo (18).

Alexandre Mury

O artista fluminense ganhou fama por aparecer caracterizado em suas obras, releituras de ícones das artes plásticas, da literatura e de outras imagens emblemáticas da cultura universal. Doze desses trabalhos, todos inéditos, integram a mostra. R$ 5?000,00 a R$ 6?000,00.

Athena Contemporânea. Avenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), lojas 210 e 211, ☎ 2513-0239. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 14 de junho. A partir de sábado (17).

Laercio Redondo

A individual Fachada tem como ponto de partida um marco da arquitetura brasileira: o Palácio Gustavo Capanema, um dos primeiros exemplares da arquitetura moderna no Brasil. O edifício inspira quatro criações de técnicas distintas - uma frase fundida em bronze, um filme, um conjunto de serigrafias e a imagem ampliada de um cartão-postal dos anos 50. A partir de R$ 15?000,00.

Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 21 de junho. A partir de sexta (16).

Matriz e Desconstrução

Responsável pela curadoria, Luisa Duarte orientou a seleção das obras incluídas na coletiva. Entre os artistas presentes estão Ana Holck, Angelo Venosa, Carla Guagliardi, Daisy Xavier, Gustavo Speridião, Waltercio Caldas, Wagner Morales e Nuno Ramos. A mostra inclui desenhos, pinturas, esculturas e vídeos. A partir de R$ 3?000,00.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 5 de julho. A partir de sexta (16).

Tatiana Grinberg

Composta de cinco objetos, dois desenhos de grandes dimensões e outros catorze menores, a individual tem como fio condutor a relação entre corpos e o espaço em que estão inseridos. R$ 3?000,00 a R$ 30?000,00.

Mul.ti.plo Espaço Arte. Rua Dias Ferreira, 417, sala 206, Leblon, ☎ 2259-1952. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 14h. Grátis. Até 22 de junho. A partir de sexta (16).

Natureza Inquieta

Tudo parte de milhares de pedacinhos de mapas geográficos na obra do artista plástico João Machado. Recortados de velhos atlas geográficos, os micro fragmentos são a base para os 10 trabalhos que João apresenta na exposição "Natureza Inquieta", que marca o retorno do artista ao Brasil, depois de quase 30 anos vivendo em Paris. Os mapas servem para João, assim como as tintas para um pintor. Em suas pesquisas, o artista procura cores, formas e tonalidades exatas para melhor representar sombras, peles, texturas etc. O resultado é similar a um quadro, tamanha a perfeição.

Tramas Galeria de Arte, Av. Atlântica, 4.240, loja 219, Copacabana (Cassino Atlântico), 2287-2036. Segunda a sexta, das 11h às 20h. Sáb., do meio-dia às 18h. Grátis. Até 21 de junho. A partir de sexta (16).

A Alma e a Arte de um Povo

Com curadoria de Ana Chindler serão expostas pela primeira vez no Brasil a arte dos índios panamenhos das etnias Embera e Wounaan. São cerca de 60 cestas e jarras tecidas em palha e decoradas com detalhes da fauna e da flora e também com desenhos geométricos. A mostra inaugura o Espaço Latino da galeria Pé de Boi, tradicional em arte popular.

Galeria Pé de Boi, Rua Ipiranga, 35, Laranjeiras, ☎ 2285-4395. De segunda a sexta, 10 às 19h e sábados, 10h às 13h. Grátis. Até 8 de junho.

Call Me Helium

Em 1974, Hélio Oiticica e os irmãos Andreas e Thomas Valentin tiveram uma ideia para uma obra: um enorme balão no qual se leria "call me helium", referência a uma frase do guitarrista Jimi Hendrix e, ao mesmo tempo, um trocadilho com o primeiro nome de Oiticica. Engavetado por quarenta anos, o balão finalmente está içado na Praça dos Correios. Ali ficará até o fim de uma exposição no Centro Cultural Correios, com fotos e documentos que retratam o cotidiano de Oiticica em Nova York, na época em que a obra foi concebida. Uma foto de Carlos Vergara e uma escultura de Antonio Manuel também estão na mostra.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 13 de julho.

✪✪✪✪ Chico Albuquerque

Pioneiro da fotografia publicitária no Brasil, o profissional cearense se dedicou a outros temas, como revela a mostra O Estúdio Fotográfico. Em cerca de 120 imagens, há registros ligados à arquitetura, cenas urbanas da capital paulista e retratos de personalidades.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até dia 25.

✪✪✪ Community

A videoinstalação que dá nome à mostra exibe fotografias de 43 profissionais da agência Magnum Photos, fundada em 1947 por mestres das câmeras como Henri CartierBresson. Ensaios de cinco deles são apresentados em outra parte da exposição.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, Largo do Machado. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de junho.

Gabriela Maciel

A artista Gabriela Maciel inaugura sua exposição individual "O meu mundo era mais mundo quando também era o seu". A mostra reúne esculturas, desenhos e objetos brancos quase assépticos que aparentemente são utensílios do cotidiano, mesa, garrafa, copo, travesseiros, lençóis, uma luminária quebrada e outros cobertos por tecidos brancos.

Galeria INOX. Avenida Atlântica, 4240, subsolo, 101, Copacabana. ☎ 2521-9940. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 11h às 19h. Até 7 de junho. Grátis.

Laura Erber

Em águas furtadas (que a artista grafou assim mesmo, com minúsculas) são apresentadas videoinstalações e duas colagens. O tema da água, metaforicamente e como elemento real, está presente em todos os trabalhos.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até o dia 25.

✪✪✪ Miguel Rio Branco

Uma instalação com quatro projeções de imagens que abordam a temática da violência e do poder, uma projeção estática com áudio e um site specific compõem a instigante exposição do fotógrafo, batizada como Gritos Surdos.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até o dia 25.

✪✪✪ Nazareno

Dezoito instrumentos infantis antigos, de uma coleção do próprio Nazareno, compõem uma instalação apresentada pelo artista na mostra Somos Iguais.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, Largo do Machado. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de junho.

Rosângela Rennó

Em Círculo Mágico, a artista escolheu dezesseis objetos da coleção da Fundação Eva Klabin, mudou-os de lugar e procurou destacá-los para atrair a atenção do público, produzindo catorze instalações em exibição na casa-museu.

Fundação Eva Klabin. Avenida Epitácio Pessoa, 2480, Lagoa, ☎ 3202-8550. Terça a domingo, 14h às 17h. Grátis. Até 29 de junho.

Visões na Coleção Ludwig

Do enorme acervo particular do alemão Peter Ludwig, magnata da indústria do chocolate morto em 1996, foram pinçadas 64 obras que compõem a coletiva. Nomes de peso, como Andy Warhol, Pablo Picasso, Roy Lichtenstein, Gerhard Richter e Jeff Koons, estão representados.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 21 de julho.

✪✪✪ Vladimir Lagrange

Em Assim Vivíamos, primeira exposição do fotógrafo russo na América Latina, são exibidas 65 imagens em preto e branco que se contrapõem, pelo toque poético, à opressão do regime socialista do tempo em que foram realizadas.

Caixa Cultural - Galeria 4. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até o dia 25.

Fonte: VEJA RIO