DIVERSÃO

É de graça

Confira 17 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

- Atualizado em

SHOWS

João Donato

Iniciativa bem-sucedida, o Sesi in Jazz Festival levou ao palco no Largo do Machado, em 2013, nomes como João Bosco, Hermeto Pascoal e Hélio Delmiro. Na abertura da nova temporada, a atração gratuita de sábado (8), às 18 horas, é João Donato. O pianista, cantor e compositor apresenta o espetáculo O Coro Tá Comendo, celebração dos 80 anos que completa no dia 17 de agosto. Ao lado de Robertinho Silva (bateria), Luiz Alves (contrabaixo), Ricardo Pontes (sax e flauta), José Arimatéa (trompete), Marlon Sette (trombone) e Sidinho Moreira (percussão), ele passeia por parcerias feitas com nomes como Gilberto Gil (Minha Saudade), Nelson Motta (Bolero Digital) e Paulo Moura (Na Barão de Mesquita). Curiosidade sugestiva: na composição com Moura (1933-2010), a primeira parte, de Donato, foi complementada pelo clarinetista cinquenta anos depois. Thaís Fraga (voz e tamborim), Pablo Lapidusas (piano), Jimmy Santa Cruz (baixo) e Rubinho (bateria) abrem a noite com apresentação dedicada ao samba-jazz. Livre.

Largo do Machado. Informações ☎ 2511-5947, Largo do Machado. Sábado (8), 18h. Grátis.

Simone Portellada/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

FESTAS

Disritmia

A festa que anima as tardes na Pedra do Leme faz sua edição especial de Carnaval. Comandado pela DJ Lili Prohmann, o evento une o melhor da música brasileira ao pôr do sol com vista para a Praia de Copacabana, com repertório que vai desde clássicos da MPB a novas descobertas no cenário da música regional brasileira. O VJ AnimaFoto compõe o cenário com projeções e também haverá acrobacias aéreas e malabares. Desta vez, a festa contará com a participação do DJ Mam.

Pedra do Leme. Av. Atlântica, Praça Almirante Júlio de Noronha. Domingo (9), 16h20. Grátis.

CONCERTOS

Cristina Nascimento

Mestra em piano pela Escola de Música da UFRJ, a instrumentista carioca defende repertório com obras de compositores europeus: os alemães Beethoven e Bach, o austríaco Mozart e os franceses Saint-Saëns e Debussy.

Museu de Arte Moderna (180 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 2240-4944. Domingo (9), 11h30. Grátis.

Fernanda Cruz

A pianista leva ao palco obras de mulheres compositoras: Clara Schumann, Najla Jabor, Dinah Menezes, Cecília Guimarães, Virginia Fiuza, Diva Lyra e Chiquinha Gonzaga. A apresentação faz parte do projeto Música no Museu, que, neste mês, exalta a figura da mulher na música.

Clube Hebraica (200 lugares).

Rua das Laranjeiras, 346, Laranjeiras, ☎ 2557-4455. Sábado (8), 17h. Grátis.

Geisa Felipe

Flautista conceituada, Geisa Felipe é integrante da Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB) desde 2011 e uma das principais representantes brasileiras da modalidade mundo afora. Na apresentação, ela interpreta composições de Telemann, Bach, Toru Takemitsu e Heinz Holliger no Centro.

Centro Cultural Light (182 lugares). Rua Marechal Floriano, 168, Centro, ☎ 2211-4515. Sexta (7), 12h30. Grátis.

CRIANÇAS

Bonecos no Parque

No próximo fim de semana do festival, a criançada confere Concerto para o Sol, uma compilação de contos míticos de diferentes lugares do mundo que têm em comum bichos como tema. A encenação é da Cia. Trança de Folia. Direção de Walkyria Alves (50min). Rec. a partir de 4 anos.

Teatro Municipal de Marionetes Carlos Werneck de Carvalho (300 lugares). Parque do Flamengo (altura do nº 300 da Praia do Flamengo), ☎ 2273-1497. Sábado (8) e domingo (9), 11h. Grátis. Até 26 de outubro. Confira a programação completa em abr.ai/bonecos-no-parque.

Troca-Troca de Livros

O projeto incentiva a troca de livros entre crianças, jovens e adultos. Na lista de obras infantis há títulos internacionais e nacionais de ficção, crônicas, biografias e comédias. Para participar, basta levar exemplares em bom estado de conservação. Não são aceitas obras didáticas nem técnicas. Cada leitor pode fazer duas trocas por vez. Imperator ? Centro Cultural João Nogueira. Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090. Aos domingos, 10h/14h. Grátis.

Feira Literária

O Madureira Shopping promove o evento em parceria com a Emergir Livros. Além dos livros, que estarão disponíveis para leitura, fazem parte da programação atividades como teatro de fantoches, contação de histórias, jogos educativos, pintura e animação com personagens, além de contato com autores. A cada domingo, uma atividade diferente diverte a garotada. Esta semana haverá teatrinho infantil com a peça O Livro Mágico De Emília, das 15h às 16h.

Madureira Shopping. Estrada do Portela, 222, Madureira. ☎ 2488-1342. Grátis. Até 6 de abril.

EXPOSIÇÕES

✪✪✪ Amor, Amor, Amor

Primeira mostra de 2014 no CCBB, a coletiva reúne 45 imagens, uma série fotográfica e dois vídeos do acervo da Maison Européenne de la Photographie (MEP), de Paris, que representam as mais distintas formas de amor pelo olhar de 23 fotógrafos. Há nomes como Henri Cartier-Bresson, Robert Doisneau e Pierre Verger. Curadoria de Jean-¬Luc Monterosso e Milton Guran.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 31 de março.

roteiro-expos-02-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

✪✪✪ Floriano Romano

Conhecido por combinar instalações, performances e sons, o artista exibe oito obras sonoras, sete delas inéditas, e uma seleção de desenhos feitos com fita isolante sobre papel, reunidas na mostra Sonar.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre até terça (4). Grátis. Até domingo (9).

✪✪✪ Nuno Ramos

Intitulada Hora da Razão, a nova (e impactante) instalação do artista é composta de três estruturas de vidro, que representam lápides, cobertas por breu derretido, um material viscoso semelhante a piche, que parece escorrer também sobre o piso da galeria. Dentro dessas formas geométricas vazadas, monitores de vídeo apresentam o músico Rômulo Fróes, o artista plástico Eduardo Climachauska, habitual parceiro nas criações de Ramos, e a cantora Nina Becker entoando o samba Hora da Razão, do cantor baiano Batatinha. Completam a obra, em seu entorno, pendurados nas paredes, 78 desenhos inéditos da série Munch, criados com folhas de ouro, prata e bronze, tinta a óleo e carvão sobre papel, inspirados no pintor Edvard Munch.

Caixa Cultural ? Galeria 4. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre até terça (4) e reabre na quarta (5), às 12h. Grátis. Até domingo (9).

Araújo Porto-Alegre

A exposição traz cerca de cinquenta obras de Manuel de Araújo Porto-Alegre (1806-1879), pinçadas do acervo de iconografia brasileira do IMS. Foram reunidos aquarelas, esboços, desenhos feitos com grafite e nanquim, além de textos, poemas e projetos de arquitetura e cenografia.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre na terça (4) e na quarta (5). Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 13 de abril.

BRICS

Como seu nome sugere, a coletiva de vídeo e fotografia reúne alguns dos mais importantes artistas do bloco de países emergentes conhecido como Brics: Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Entre os brasileiros estão Silvino Santos, Cao Guimarães, Paulo Nazareth, Romy Pocztaruk e Juliana Stein.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, Largo do Machado. Terça a domingo, 11h às 20h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre até quarta (5). Grátis. Até 6 de abril.

✪✪✪ Cavalcante

Primeira retrospectiva do caricaturista carioca, a mostra reúne 114 trabalhos produzidos ao longo de mais de 25 anos de uma sólida carreira. Entre as personalidades retratadas em seu inconfundível traço estão Vinicius de Moraes, Nelson Cavaquinho, Cartola, Romário, Dilma Rous-seff, Hugo Chávez e Manuel Bandeira. Além das caricaturas, há ilustrações em nanquim, esboços inéditos, objetos-esculturas (que, segundo ele, servem de inspiração para desenhar) e sete telas.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 3299-0600, Cinelândia. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre até quarta (5). Grátis. Até dia 30.

Chico Albuquerque

Pioneiro da fotografia publicitária no Brasil, o cearense se dedicou a outros temas, como revela a mostra O Estúdio Fotográfico. Em aproximadamente 120 imagens, há registros ligados à arquitetura, como o dos bastidores da construção do Pavilhão da Bienal, projetado por Oscar Niemeyer, no Parque do Ibirapuera, cenas urbanas da capital paulista (onde o fotógrafo se radicou em 1945) e retratos de personalidades, a exemplo do político Jânio Quadros.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre na terça (4) e na quarta (5). Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 25 de maio.

✪✪✪✪ Luigi Ghirri

Pensar por Imagens ? Ícones, Paisagens, Arquitetura exibe 300 fotografias do italiano Ghirri (1943-1992), pioneiro no uso da cor na fotografia em seu país. Examinada em conjunto, a obra joga luz sobre questões ligadas à própria fotografia, levantando dúvidas sobre o que é real. Cenas banais e objetos prosaicos têm destaque entre as imagens.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre na terça (4) e na quarta (5). Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 13 de abril.

✪✪✪ Resistir É Preciso

Depois de passar por Brasília e São Paulo, a exposição organizada pelo Instituto Vladimir Herzog, que aborda o período da ditadura militar no Brasil, chega ao Rio. Trata-se de um conjunto de obras de arte, imagens e documentos históricos da época. Entre os destaques está a coleção do jornalista e ex-¬preso político Alípio Freire, com trabalhos de artistas plásticos como Sérgio Freire, Flávio Império e Sérgio Ferro, além de registros (alguns cen¬surados então) dos fotojornalistas Luis Humberto e Orlando Brito.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Devido ao Carnaval, o espaço não abre na segunda (3) e reabre na quarta (5), às 12h. Grátis. Até 7 de abril.

Fonte: VEJA RIO