DIVERSÃO

É de graça

Confira 27 atrações gratuitas para curtir o fim de semana

- Atualizado em

TEATRO

The Book of Mormon

Resultado de um projeto acadêmico criado na UniRio pelo professor Rubens Lima Jr., este hilariante musical dirigido por ele reestreia na quinta (9). Trata-se de uma montagem do espetáculo de enorme sucesso encenado na Broadway em 2011 que supera com talento genuíno as esperadas limitações financeiras de uma produção universitária. Concebida por Trey Parker, Matt Stone, criadores da escrachada animação South Park, e Robert Lopez, idealizador do musical iconoclasta Avenida Q, a peça se esmera na zombaria. Na história, um grupo de rapazes mórmons conclui sua formação religiosa e todos serão mandados, em duplas, para pregar em várias partes do mundo. Em vez da tão sonhada Flórida, o almofadinha Elder Price (Hugo Kerth, ótimo) acaba em Uganda ? junto com Elder Cunningham (Leo Bahia, a grande estrela do afiado elenco), nerd gorducho e um tanto desmiolado. Religião, universo gay, África e até mesmo os musicais viram alvo de piada no texto e nas engraçadíssimas versões das canções originais, assinadas por Alexandre Amorim. Igualmente dignas de aplauso são a competente direção musical de Marcelo Farias e as bem executadas coreografias de Victor Maia (135min, com intervalo).

UniRio ? Sala Paschoal Carlos Magno (98 lugares). Avenida Pasteur, 436, Urca, ☎ 2542-2103. Quinta a sábado, 21h; domingo, 20h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes do espetáculo. Até 2 de fevereiro. Reestreia prometida para quinta (9).

Alexandre Farias / divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Cosmocartas ? Hélio Oiticica e Lygia Clark

A montagem se desenvolve dentro de uma instalação criada pelo coletivo de arte Opavivará. Da mesma forma, a dramaturgia de Pedro Kosovski e Álamo Facó não segue moldes tradicionais e envereda por algo como um teatro documental de tintas experimentais. Tomando como base o livro Lygia Clark/Hélio Oiticica: Cartas 1964-1974, o espetáculo expõe a troca de ideias entre os artistas, mesclada às experiências dos atores em cena: Facó e Cristina Flores. Renato Linhares assina a direção (90min). 18 anos. Reestreou em 2/1/2014.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (50 lugares). Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Quinta a sábado, 19h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes da sessão. Até 8 de fevereiro.

Na sobremesa da vida

O ator Emiliano Queiroz sobe ao palco para apresentar o espetáculo que é um resumo dos seus 76 anos de história e 60 de carreira. Dirigido por Ernesto Piccolo, a peça não apenas narra a biografia do artista, mas encena passagens de sua trajetória. Ele passa de narrador a protagonista de sua própria vida, como em uma colcha de retalhos

Teatro Sesc São Gonçalo. Avenida Presidente Kennedy, 755, São Gonçalo. Domingo (12), 19h. Grátis.

CRIANÇAS

Japão: Reino dos Personagens

A exposição, que já passou por países como Itália, Hungria e França, mergulha na história de personagens populares criados no Japão, a exemplo da gatinha Hello Kitty e dos monstrinhos do Pokémon. As animações, separadas por décadas, são representadas em painéis, vídeos, produtos e bonecos.Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº (próximo à Praça XV), Centro, ☎ 2550-9220. Terça a sexta, 10h/17h30; sábado e domingo, 14h/18h. R$ 8,00 (aos domingos a entrada é grátis). A bilheteria acompanha o horário da exposição. Até domingo (12).

III Festival de Contação de Histórias do CCBB

No fim de semana, a criançada confere catorze espetáculos que trazem histórias de várias partes do mundo, apresentadas com música interpretada ao vivo, tapetes, bonecos, adereços e muita criatividade. Os contos, com duração de cinquenta minutos cada um, serão encenados na sala 26 (4º andar, 100 lugares), no auditório (3º andar, 100 lugares) e no Teatro II (2º andar, 155 lugares).

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2254. Sábado (11) e domingo (12), 11h/18h. Grátis. Distribuição de senhas meia hora antes.

Troca-Troca de Livros

O projeto incentiva a troca de livros entre crianças, jovens e adultos. Na lista de obras infantis há títulos internacionais e nacionais de ficção, crônicas, biografias e comédias. Para participar, basta levar exemplares em bom estado de conservação. Não são aceitas obras didáticas nem técnicas. Cada leitor pode fazer duas trocas por vez. Imperator ? Centro Cultural João Nogueira. Rua Dias da Cruz, 170, Méier, ☎ 2596-1090. Aos domingos, 10h/14h. Grátis.

Peter Pan

Vivendo na fascinante Terra do Nunca, Peter Pan, um herói criança e espertalhão, tem a missão de salvar seus amigos das garras do malvado Capitão Gancho. Neste espírito, as crianças se divertem e aprendem que os problemas que surgem na vida sempre poderão ser resolvidos.

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu, ☎ 2430-5130. Domingo (12), 17h. Grátis.

Eco Alegria da Turma da Mônica

De forma divertida, o evento traz um circuito com seis atividades nas quais os pequenos aprendem brincando como o ?despoluidor?, uma máquina, criada pelo Franjinha, que despolui o rio com seus braços mecânicos articulados, também aprendem a proteger os ?animais em perigo? interagindo com espécies em extinção. As crianças podem gastar energia com o ?força no pedal?, no qual utilizam pedais e, com auxílio das mãos ou dos pés, acionam uma máquina que faz coisas incríveis. Além disso, a ?baleia rolinhos? permite que as crianças façam escalada e escorreguem. Podem aprender também com o ?Jogando contra a Sujeira?, no qual terão a missão de salvar o planeta dos perigos da chuva ácida e combater o Capitão Feio. O circuito se completa com o ?bola ao cesto reciclável? no qual ganha mais pontos quem descartar o lixo de maneira correta nas áreas de recicláveis.

West Shopping. Estrada do Mendanha, 555, Campo Grande. Sábado, 10h às 22h; domingo a quinta, 13h às 21h. Até 2 de fevereiro. Grátis.

ESPECIAL

Feira das Yabás

A primeira Feira das Yabás de 2014 receberá os convidados Aluisio Machado, David Correia e Zé luiz do Império, além de Ivan Milanes, reunindo gastronomias típicas dos quintais suburbanos e roda de samba. Comandando a famosa roda de samba estará Marquinhos de Oswaldo Cruz, criador do evento.

Praça Paulo Portela, Oswaldo Cruz. Domingo (12), 13h. Grátis.

aluisio-machado.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Experimentando Diferenças

O Madureira Shopping recebe o projeto que convida as pessoas a vivenciar de fato e na prática as emoções semelhantes às sentidas pelos atletas paralímpicos, com atividades realizadas na arena de experimentação, tais como: futebol (chute a gol) com olhos vendados e bola com guizos (bola sonora), bocha, corrida e basquete em cadeira de rodas, entre outros. Além do projeto há a exposição Caravana Vencedores, com fotografias de Sérgio Dutti, produzidas quando o fotógrafo acompanhou a delegação brasileira nos Jogos Paralímpicos de Londres.

Madureira Shopping. Estrada do Portela, 222, Madureira. Até 22 de janeiro. Grátis.

CONCERTOS

Adriana Kellner

A pianista defende programa com composições de Guerra-Peixe, Vi¬lla-Lobos, Chopin e Ernesto Nazareth.

Museu de Arte Moderna (200 lugares). Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo ☎ 2240-4944. Domingo (12), 11h30. Grátis.

CINEMA

Vai que dá Certo

A tarde cultural começa às 15h, com a exibição do filme ?Vai que dá certo?, que reúne no elenco alguns dos principais nomes da nova geração de atores e humoristas do país, como Fabio Porchat, Danton Mello, Bruno Mazzeo, Gregório Duvivier, Lúcio Mauro Filho, Felipe Abib e Natália Lage. O longa, dirigido por Mauricio Farias, mostra cinco amigos de adolescência que compartilham a frustração de não terem alcançado o sucesso que projetaram para suas vidas. A possibilidade de recuperar o tempo perdido surge através de uma tentadora e arriscada proposta: o assalto a uma transportadora de valores. O crime (quase) perfeito que prometia transformar suas trajetórias cumpre o seu propósito, mas não exatamente do jeito que eles esperavam.

Teatro Sesc São Gonçalo. Avenida Presidente Kennedy, 755, São Gonçalo. Domingo (12), 15h. Grátis.

EXPOSIÇÕES

Amilcar de Castro

Parte do acervo do instituto que leva o nome do artista em Nova Lima, Minas Gerais, treze obras são exibidas pela primeira vez no Rio. A seleção inclui raridades, a exemplo de dois dos apenas quinze desenhos em tela da série Linhas. Duas esculturas de aço corten, tipo de obra que se tornou uma marca de Amilcar de Castro (1920-2002), dividem o espaço com oito peças de madeira. A partir de R$ 115?000,00. Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até sexta (10).

Bruno Miguel

Na individual Tudo Posso Naquilo que Me Fortalece, Bruno Miguel apresenta seis pratos da Companhia das Índias, dos séculos XVIII e XIX, pintados com frases literárias ou slogans de empresas contemporâneas. Vinte e uma pinturas completam a mostra. R$ 14?000,00 a R$ 29?000,00.Luciana Caravello Arte Contemporânea. Rua Barão de Jaguaripe, 387, Ipanema, ☎ 2523-4696. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 14h. Grátis. Até sexta (10).

✪✪✪ Virei Viral

O fenômeno dos virais, aqueles conteúdos que despertam a irresistível vontade de compartilhá-¬los na internet, é o mote desta divertida exposição. Uma das atrações no acervo de vídeos e fotos é o trabalho de Sacha Goldberger: o fotógrafo francês ganhou fama como autor da série Mamika, composta de registros de sua avó nonagenária em situações surreais. Em várias delas a simpática senhora, vestida de heroína de gibi, vira a Super Mamika.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até segunda (6).

✪✪✪ Afonso Tostes

O artista mineiro reconstrói, no salão principal da Casa França-Brasil, um enorme paiol que encontrou desmontado na Zona da Mata, em seu estado natal. Ferramentas utilizadas no espaço tiveram o cabo esculpido, em forma de osso, e também são exibidas em uma instalação. Completam o acervo uma escultura e um site-specific. Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 16 de fevereiro.

Cavalcante

Em sua primeira retrospectiva, o caricaturista tem 114 trabalhos reunidos. Dilma Rousseff, Manuel Bandeira e Romário são algumas das personalidades retratadas. Pinturas e esboços inéditos também estão na seleção. Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, Cinelândia. Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Grátis. Até 9 de março.

Estela Sokol

Em Gelatina, a paulistana apresenta treze trabalhos da série que dá nome à mostra, nos quais estica e sobrepõe lâminas de PVC coloridas, opacas e translúcidas, sobre chassis de madeira, criando efeitos cromáticos. Completa a seleção a escultura Meio-Fio, de placas de mármore. R$ 21?000,00 a R$ 57?000,00. Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até o dia 15.

✪✪✪ Floriano Romano

Conhecido por combinar instalações, performances e sons, o artista exibe oito obras sonoras, sete delas inéditas, e uma seleção de desenhos feitos com fita isolante sobre papel, reunidas na mostra Sonar. Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até 9 de março.

Há 250 Anos... De Salvador a Rio de Janeiro

A exposição marca a comemoração dos 250 anos da transferência da sede do governo brasileiro de Salvador para o Rio, ocorrida em 1763. Estão reunidas 240 obras do acervo do próprio museu. Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, ☎ 2550-9220. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado, domingo e feriados, 14h às 18h. Grátis. Até o dia 26.

✪✪✪ Milton Guran

O fotógrafo e antropólogo apresenta cinquenta imagens em preto e branco, vinte delas inéditas, de tribos indígenas espalhadas pelo Brasil. Muitas das fotografias revelam a presença da cultura do ?homem branco? ? caso de uma produzida em 1991, enquadrando um grupo de crianças ianomâmis, uma delas calçando chinelos de borracha, diante de um rádio. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até o dia 14.

Pablo Ferretti

Questões ligadas a memória, impermanência e diluição perpassam os dez óleos que o artista gaúcho apresenta em Sob as Coisas Vistas no Céu. Também no Centro Hélio Oiticica, Zé Carlos Garcia, natural de Aracaju, exibe uma escultura monumental. Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, domingo e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até o dia 19.

Ponto de Vista ? Coleção Rico Lins de Cartazes Contemporâneos

Mais de setenta exemplares da coleção de cartazes do designer Rico Lins compõem a mostra. Há obras de países como França, Alemanha, Polônia, Cuba, Japão, Suíça, Estados Unidos, Itália, Espanha e Holanda. Um dos destaques é uma série sobre direitos humanos, criada em 1989 para celebrar os 200 anos da Revolução Francesa.Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até o dia 19.

✪✪✪ Tacita Dean

Integrante do grupo Young British Artists, do qual emergiram gigantes como Damien Hirst e Tracey Emin, a artista inglesa apresenta A Medida das Coisas, sua primeira individual na América Latina. Lá estão quinze obras, a maioria no suporte pelo qual se notabilizou: filmes de 16 e 35 milímetros. Geralmente produzidos com a câmera estática, diante de cenas prosaicas, de ritmo lento, quando não repetitivo, os trabalhos sugerem uma nova experiência temporal, mais contemplativa.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até o dia 26.

Tomie Ohtake ? Correspondências

Estrela de uma individual no Museu de Arte do Rio, a artista também está no centro desta mostra. Agora, 28 de seus trabalhos dividem o espaço com 56 criações de outros artistas, promovendo um diálogo entre eles. No grupo estão nomes como Carmela Gross, Cildo Meireles, Leda Catunda, Waltercio Caldas e Claudia Andujar. Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 9 de fevereiro.

✪✪✪✪ Wilma Martins

Cotidiano e Sonho é o nome da retrospectiva da artista mineira radicada no Rio. O acervo, de cerca de 140 obras, reúne pinturas, gravuras, desenhos, aquarelas, livros e documentos. Chamam atenção as criações da série Cotidiano, nas quais animais invadem singelos espaços domésticos e paisagens naturais amplas se insinuam em espaços como gavetas e camas. O programa no Paço conta com mais cinco individuais: de Mariana Manhães, Willys de Castro, Sergio Camargo, Vicente de Mello e Rogerio Luz. Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 16 de fevereiro.

✪✪✪✪ Yayoi Kusama

A mais festejada artista contemporânea do Japão apresenta sua primeira individual no Brasil, Obsessão Infinita. O panorama reúne cerca de 100 obras produzidas desde o fim da década de 40, nos mais variados suportes ? a maioria com as bolas que se tornaram marca visual de Yayoi. Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até o dia 26.

Fonte: VEJA RIO