DIVERSÃO

É de graça

Confira 29 atrações gratuitas para curtir o fim de semana sem pesar no bolso

- Atualizado em

CINEMA

Festival Assim Vivemos

Com entrada grátis e classificação livre ? apenas o longa americano As Sessões, previsto para domingo (25), às 16h, é recomendado para maiores de 16 anos ?, o festival Assim Vivemos leva ao CCBB, de quarta (21) a 1º de setembro, um panorama audiovisual sobre o universo dos portadores de deficiência. Na programação desta sexta edição, 28 filmes de dezessete países serão apresentados com recursos de acessibilidade total, proporcionada por meio de audiodescrição, catálogos em braile, legendas closed caption e interpretação em Libras. Dirigido por Benjamin e Susie Jones, Bruscamente Interrompido será exibido na quarta (21), às 16h, e também no dia 26. O documentário de 2009 acompanha a trajetória da banda de rock australiana que o batiza, dos pubs de Melbourne ao palco da sede da ONU, em Nova York. Formado por portadores das síndromes de Asperger e de Down, além de deficientes visuais e auditivos, o grupo enfrenta com alegria contagiante a rotina de uma turma de roqueiros em turnê.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎?3808-2020. Grátis. Até 1º de setembro. Programação completa em abr.io/assimvivemos-festival-2013

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

CRIANÇAS

V Circuitinho das Artes do Jardim Botânico

Parte infantil do Circuito das Artes do Jardim Botânico, o circuitinho abriga oficinas, contadores de histórias, peças e variadas atividades para os pequenos. A programação, destinada a crianças de até 14 anos, espalha-se pelo bairro até domingo (25). Nesse último dia, as professoras Cattia Capistrano e Paola Miranda ensinam como criar carimbos exclusivos para estampar um diário feito durante a oficina, às 14h, no Lunático Café e Cultura (Rua Visconde de Carandaí, 6).

Grátis. Confira a programação em abr.io/circuitinho-2013.

Deslizes

O espetáculo celebra os seis anos de estrada do Coletivo Nopok, formado pelos palhaços e bailarinos Daniel Poittevin e Fernando Nicolini. Sob direção de Renato Linhares (ex-acrobata e Intrépida Trupe e atualmente ator), o show tem linguagem circense e é preenchido por números de acrobacia, interpretados por dois irmãos que se trapaceiam a todo o momento (50min). Rec. a partir de 5 anos. Estreia prevista para sábado (24).

Jardim do Museu da República (300 lugares). Rua do Catete, 153, Centro, ☎?3235-3693. Sábado e domingo, 15h. Grátis.

Minotauro

Ao ar livre, a montagem reúne atores, um cantor lírico e músicos com instrumentos de sopro e cordas para contar a história de Agabo, jovem artista da Ilha de Creta. O personagem encara um perigoso labirinto para retratar seu maior medo, o Minotauro, criatura mitológica com cabeça de touro e corpo de homem. Direção de Fernando Maatz (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 13/7/2013.

Museu da República (50 lugares). Rua do Catete, 153, Centro, ☎?3235-3693. Sábado e domingo, 11h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes. Até dia 31.

Clubinho do Jack

No espaço recreativo do Center Shopping, as crianças brincam em oficinas culturais e assistem apresentações de teatro infantil. A atração da vez é o teatro de bonecos que conta as histórias sobre folclore, festas e mitos do Brasil, fazendo um passeio pela mitologia popular e destacando elementos típicos do tradicional folclore, como Saci, Curupira, Iara, Boitatá e outros seres mágicos.

Center Shopping, Av. Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. Informações, ☎?3312-5001. Domingos, 13h às 15h. Grátis.

O Reino do Feijão

Na trama, uma baronesa resolve inscrever a feijoada em um grande concurso internacional de gastronomia para salvar o Reino do Feijão Preto ? em decadência após a morte de seu marido. Samba, o porco-compositor, é escolhido para virar ingrediente do prato. Os servos Romão e Mariola enfrentam o dilema: salvam o reino ou evitam que o amigo acabe na panela? Direção de Helton Tinoco (60min). Rec. a partir de 4 anos. Estreou em 4/8/2013.

Centro Cultural Parque das Ruínas (60 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎?2224-3922. Domingo, 11h. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes. Até 27 de outubro.

Brincando com a Galinha Pintadinha

A atração infantil oferece sete atividades gratuitas para as aproveitar o tempo livre e ainda aprender em diversas oficinas. Em um circuito, as crianças de até dez anos poderão conferir o cineminha com desenhos da personagem, o jogo da memória, oficinas de reciclagem de lixo, pintura e música.

NorteShopping. Av. Dom Hélder Câmara, 5474, Cachambi, ☎ 2178-4444. Segunda a domingo, 12h às 20h. Até 25 de agosto.

Irmãos Brothers

De quinta (22) a domingo (25), o grupo conhecido por misturar música e circo, faz apresentações gratuitas na lona do Circo Crescer e Viver, na Praça XI. Os espetáculos fazem parte da semana de encerramento do projeto Circo Volante que, desde 2011, leva a magia dos picadeiros a diversos locais do estado do Rio. Quinta (22) e sexta (23), o grupo apresenta Irmãos Brothers Band, que mistura circo, teatro e dança, embalados por números musicais e humor. Já no sábado (24) e no domingo (25), é a vez de O Circo dos Irmãos Brothers, espetáculo cômico acompanhado de atrações como ilusionismo, acrobacia, perna de pau, monociclo, contorcionismo, malabarismo e números aéreos.

Circo Crescer e Viver. Rua Carmo Neto, 143, Cidade Nova. ? Praça Onze. De quinta a sábado, 20h; domingo, 18h. Grátis. Retirada de ingressos na bilheteria com uma hora de antecedência.

Genesis

Dirigido por Marcelo Silveira, o espetáculo é o mais novo projeto da trupe do Afro Circo, um dos oito grupos artísticos do AfroReg¬gae. Através da fusão de elementos das culturas indígena, afro-brasileira e dos centros urbanos com dança, música e técnicas de picadeiro, a montagem conta a história da evolução humana desde a sua criação até os dias atuais. Tudo embalado por trilha sonora bem brasileira, de nomes como Criolo, Caetano Veloso, MV Bill e Tom Jobim (90min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 29/6/2013.

Anfiteatro Benjamim de Oliveira (180 lugares). Estrada do Cantagalo, s/nº, Cantagalo, ☎?2267-9834. Sexta, 20h; sábado, 19h; domingo, 18h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes. Até 1º de setembro.

genesis.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

ESPECIAL

Debate

Sob a mediação do pesquisador Marcelo Scarrone, os professores e historiadores Carlos Addor e Alexandre Samis debatem as origens do anarquismo e a influência dessa doutrina sobre as recentes manifestações no Brasil.

Biblioteca Nacional ? Auditório Machado de Assis. Rua México, Centro. ☎ 2220-4300. Terça (20), 16h. Grátis.

Happy Hour Musical

Padrinho e produtor do Barão Vermelho, o jornalista e crítico musical Ezequiel Neves (1935-2010) deixou sua numerosa coleção de discos para Guto Goffi, baterista da banda. Dono do misto de loja de instrumentos e escola de música Maracatu Brasil, Goffi abre o acervo de 2 000 álbuns para audição pública, sempre às sextas, na sessão batizada como Discozeca. Longa, a lista de títulos vai de Chega de Saudade (1959), de João Gilberto, ao LP Sticky Fingers, dos Rolling Stones, lançado em 1971.

Maracatu Brasil. Rua Ipiranga, 49, Laranjeiras, ☎ 2557-4754. Sexta, 19h às 22h. Grátis.

Circuito das Artes do Jardim Botânico

A 17ª edição do do evento leva atrações a diversas ruas do bairro, como Lopes Quintas, Pacheco Leão e a região do Horto. As atividades acontecem das 12h às 19h e, durante o evento, além de abrir os ateliês do bairro para visitação, também há palestras, workshops, oficinas e apresentações musicais. Um circuito gastronômico composto por nove restaurantes oferece sugestões de menus especiais e descontos para o público durante o evento.

Jardim Botânico. Até domingo (25). Veja a programação completa em www.circuitodasartes.com.br.

Exército Brasileiro ? Braço forte, mão amiga

Exposição em homenagem ao Dia do Soldado, com equipamentos militares de combate, apresentação de cães adestrados e da banda do Exército, entre outras atrações. Para as crianças, haverá um simulador de treinamento.

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu. ☎ 2430-5130. Sexta (23) e sábado (24), 10h às 22h; domingo (25), 13h às 21h. Grátis.

EXPOSIÇÃO

Coletivo Muda

Formado pelos arquitetos Diego Uribbe, Duke Capellão e Rodrigo Kalache, além dos designers João Tolentino e Bruna Vieira, o Coletivo Muda ganhou notoriedade exibindo seus belos painéis de azulejos inicialmente apenas em locais públicos ? muros, paredes e pilastras do Rio, de São Paulo e de Nova York, entre outras cidades, são os alvos preferenciais. Logo o trabalho do grupo chamou a atenção de clientes interessados em enfeitar suas residências. Na sexta (23), eles entram no circuito comercial de arte com a primeira exposição exclusiva em uma galeria: Território Modular, na Lurixs, em Botafogo. Serão apresentados nove trabalhos produzidos para a mostra, painéis que compõem formas geométricas e abstratas, evocando a arte construtivista. R$ 15 000,00 a R$ 35 000,00.

Lurixs: Arte Contemporânea.

Rua Paulo Barreto, 77, Botafogo, ☎ 2541-4935. Segunda a sexta, 14h às 19h; sábado, apenas agendando por telefone. Grátis. Até 4 de outubro. A partir de sexta (23).

Alice Fortes/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Galvão

Vinte obras compõem a individual do artista. Os trabalhos, feitos de madeira de cedro e MDF, foram pintados com tinta acrílica ou deixados com sua cor natural. R$ 7 000,00 a R$ 35 000,00.

Marcia Barrozo do Amaral Galeria de Arte. Avenida Atlântica, 4240 (Shopping Cassino Atlântico), subsolo, loja 129, Copacabana, ☎ 2267-3747. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 14h às 17h. Grátis. Até 20 de setembro. A partir de quarta (21).

✪✪✪?Alexandre Mury

Entre a provocação e o humor, a individual Fricções Históricas exibe um vídeo e 39 fotografias em grandes formatos ? em todas o próprio artista banca o modelo, protagonizando releituras de obras-primas da história da arte, além de ícones da cultura e do imaginário coletivo.

Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 8 de setembro.

Antanas Sutkus

Lembrado recentemente em mostra nos Correios, o fotógrafo lituano ganha nova exposição, Nostalgia dos Tempos da Pureza. Nas cerca de 100 imagens, os personagens são idosos e crianças.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 22 de setembro.

Cai Guo-Qiang

Nome de ponta da arte contemporânea chinesa, o artista apresenta Da Vincis do Povo. A mostra ocupa o CCBB e o Centro Cultural Correios. No primeiro estão instalações, algumas reunindo objetos criados por camponeses da China. Parte mais famosa de seu trabalho, os desenhos produzidos com queima da pólvora podem ser vistos, em sua maioria, no outro prédio.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis; Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 23 de setembro.

Cristina Iglesias

A artista espanhola apresenta sua primeira individual no Rio. Um dos destaques é Habitação de Alabastro, já apresentado na Bienal de Veneza de 1993: a obra consiste em uma série de placas de pedra, com mais de 100 quilos cada uma, presas a duas paredes, formando uma espécie de refúgio.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 20 de outubro.

✪✪✪✪ Abraham Palatnik

Em 1951, o artista potiguar de ascendência russa participou da edição inaugural da Bienal de São Paulo. Apresentou o primeiro exemplar de seus aparelhos cinecromáticos: uma caixa contendo lâmpadas que, por meio de um sistema motorizado de engrenagens, criam padrões de cores variáveis, contempladas através de uma tela translúcida. Definida pelo crítico Mário Pedrosa (1900-1981) como "a verdadeira arte do futuro", a obra é uma das criações mais representativas da vertente cinética da qual Palatnik, em plena atividade aos 85 anos, é a referência máxima no país. Em cartaz na Anita Schwartz Galeria de Arte, sua bela individual traz um desses hipnóticos aparelhos, criado em 1969. Motores também são usados em seus objetos cinéticos ? três deles estão na mostra. Produzidas com hastes metálicas em cujas pontas são presos artefatos de madeira, as peças sugerem um deslocamento perpétuo. Mesmo em uma série de quadros sem título, estáticos, o artista transmite vertiginosa impressão de movimento.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. → Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 13 de setembro.

Crux, Crucis, Crucifixus ? O Universo Simbólico da Cruz

Símbolo associado ao cristianismo, embora marque presença em outras religiões, a cruz é o tema da mostra, que reúne cerca de 150 objetos dos séculos XVIII e XIX. Além das cruzes propriamente ditas, há santos, relicários e oratórios nos quais o símbolo aparece em evidência.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Segunda e quarta a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 23 de setembro.

✪✪✪✪?Haruo Ohara

Japonês radicado desde os 17 anos no Brasil, onde viveu como lavrador, Ohara também se dedicou à fotografia, conquistando renome nessa atividade. Na individual estão 110 registros em preto e branco.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 8 de setembro.

✪✪✪✪?Herança do Sagrado

Cerca de 100 trabalhos, grande parte dos Museus Vaticanos, estão reunidos na mostra. Há nomes de alto-relevo histórico entre os artistas, como Ticiano, Fra Angelico, Michelangelo, Leonardo da Vinci e Caravaggio.

Museu Nacional de Belas-Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, ? Cinelândia. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 13 de outubro.

✪✪✪✪✪?Jacques Henri Lartigue

Na retrospectiva do fotógrafo francês estão reunidos 225 itens, na maioria encantadores flagrantes de viagens, retratos de amigos e registros de atividades esportivas. A beleza das imagens é valorizada pela montagem impecável da mostra.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 15 de setembro.

Leda Catunda

A individual traz dezoito obras criadas desde 2010. Feitos com tinta acrílica sobre tela ou tecido (às vezes sobre ambos), e eventuais inclusões de elementos como plástico e veludo, os trabalhos mostram uma profusão de logotipos, escudos, números, símbolos e padrões de cores ligados ao universo esportivo.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 11h às 18h. R$ 12,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para crianças com menos de 12 anos e para todos na quarta, a partir das 15h. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 12,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até 6 de outubro.

✪✪✪?Manabu Mabe

Chove no Cafezal ? Mabe, da Figura à Abstração reúne trinta pinturas e cinco desenhos produzidos entre 1945 e 1959. A seleção mostra como a estética de Mabe, artista japonês que se radicou no Brasil, caminhou da figuração ao abstracionismo.

Caixa Cultural ? Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca.

Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 8 de setembro.

Ricardo Becker

Apenas uma obra é exibida: trata-se de uma grande estrutura de madeira com placas de vidro, na qual o visitante entra e encontra o chão coberto de espelhos.

Escola de Artes Visuais do Parque Lage ? Cavalariças. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800.

10h às 17h. Grátis. Até 20 de outubro.

✪✪✪?Tadeu Jungle

Conhecido por transitar por várias mídias, em especial o cinema e a videoarte, o artista apresenta a videoinstalação TAMTA (abreviação de "tudo ao mesmo tempo agora"). Outras obras ocupam a área externa, a porta de entrada, o hall do térreo e as escadas.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060,

? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 8 de setembro.

Jorge Duarte

Realizada em 1984, no Parque Lage, a histórica coletiva Como Vai Você, Geração 80 reuniu 123 artistas ? e muitos deles construíram uma carreira consagrada. Integrante daquele grupo, o mineiro Jorge Duarte celebra três décadas de trajetória com mostra na Galeria Coleção de Arte, em cartaz a partir de quinta (22). Na individual, exibe treze pinturas sobre diversos suportes. Promete chamar atenção sua série de tábuas de carne ? uma delas, ironicamente, estampa a inscrição "Ode ao alfacismo" e a própria verdura. R$ 5 000,00 a R$ 45 000,00.

Galeria Coleção de Arte. Praia do Flamengo, 278, térreo, Flamengo, ☎ 2551-0641. → Segunda a sábado, 10h às 18h. Grátis. Até 29 de setembro. A partir de quinta (22)

Fonte: VEJA RIO