DIVERSÃO

É de graça

Confira 30 atrações gratuitas para aproveitar o fim de semana

- Atualizado em

ESPECIAL

Arte de Portas Abertas

Em sua 23ª edição, 35 ateliês de Santa Teresa - entre eles o do artista João Carlos Favoretto, um dos fundadores do evento - abrem as portas para a visitação do público. No acervo exposto nas casas encontram-se, entre outras formas de expressão artística, gravuras, pinturas, aquarelas, esculturas e fotografias. Este ano também há programação fora do bairro: a 1ª Bienal Internacional de Ocupação Pública ? Chave Mestra levará obras de artistas brasileiros, franceses e argentinos ao Campo de Santana.

Santa Teresa. Sábado (17) e domingo (18), 11h às 18h. Grátis.

favoretto.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Mega Gestante e Bebê

Nova edição do feirão de produtos e serviços para mães e bebês.

Riocentro ? Pavilhão 2. Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, ☎ 3035-9100. Terça (13) a domingo (18), 14h às 22h. Grátis.

Pinga em Paraty

Tradição na cidade histórica, o Festival da Cachaça reúne apresentações musicais, palestras e, claro, degustação. Serão montados estandes dos alambiques locais Corisco, Coqueiro, Engenho D?Ouro, Paratiana, Maré Cheia e Pedra Branca. Confira a programação completa em abr.io/festival-purinha-paraty.

Paraty. Quinta (15), 17h. Sexta (16) a domingo (18), 11h. Grátis.

Arte Urbana

O Arte Urbana volta ao terraço do Imperator promovendo um encontro entre artistas, produtores e grupos culturais que, além de exibir seus trabalhos, levam informação, cultura e entretenimento gratuito para o público. Batalhas de rima e apresentação de rappers adicionam mais diversão ao projeto.

Imperator. Rua Dias da Cruz, 170, Méier. ☎ 2596-1090. Domingo (18), 17h. Distribuição de senhas a partir de 16h. Grátis.

Caminho das Orquídeas

O Bangu Shopping recebe a mostra organizada pelo Orquidário Binot e por integrantes do projeto ?Plantar Bangu?. A exposição leva ao público cerca de cinco mil espécies da planta. Há ainda oficinas gratuitas sobre técnicas de cultivo e envasamento da planta com o professor e orquidófilo Ricardo de Figueiredo Filho.

Bangu Shopping. Rua Fonseca, 240, Bangu. ☎ 2430-5130. Sexta (16) e sábado (17), 10h às 22h; domingo (18), 13h às 21h.

Mostra de Antiguidade e Gastronomia

O Polo Novo Rio Antigo promove mais uma edição da mostra que, além de objetos de arte e antiguidades, também oferece música e gastronomia ao público. A banda Orleans Original Jazz Band (OOJAZZ) faz uma apresentação gratuita no espaço musical montando em frente à Praça Emilinha Borba, entre 13h30 e 16h. O evento acontece sempre no terceiro sábado do mês.

Rua do Lavradio, Lapa. Sábado (17), das 10h às 18h. Grátis.

Isadora Williams

A patinadora artística Isadora Williams visitará a pista de patinação no gelo Barra on Ice para uma exibição gratuita ao público carioca. A atleta luta por uma vaga para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Inverno - Sochi 2014 na repescagem mundialque acontece entre os dias 25 e 28 de setembro, em Oberstdorf, na Alemanha.

Barra On Ice. Extra 24h, Avenida das Américas , 1510, Barra da Tijuca. ☎ 3151-3354. Sábado (17), 15h. Grátis.

isadora.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

CRIANÇAS

V Circuitinho das Artes do Jardim Botânico

Parte infantil do Circuito das Artes do Jardim Botânico, o circuitinho abriga oficinas, contadores de histórias, peças e variadas atividades para os pequenos. A programação, destinada a crianças de até 14 anos, espalha-se pelo bairro até dia 25. Entre as atrações previstas há oficina de encadernação, às 14h, e cantoria com instrumentos e fantoches, às 16h, no sábado (17), no Lunático Café e Cultura (Rua Visconde de Carandaí, 6). No domingo (18), o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias apresenta contos de diversos países, às 14h, no mesmo espaço.

Grátis. Confira a programação em abr.io/circuitinho-2013.

Genesis

Dirigido por Marcelo Silveira, o espetáculo é o mais novo projeto da trupe do Afro Circo, um dos oito grupos artísticos do AfroReg¬gae. Através da fusão de elementos das culturas indígena, afro-brasileira e dos centros urbanos com dança, música e técnicas de picadeiro, a montagem conta a história da evolução humana desde a sua criação até os dias atuais. Tudo embalado por trilha sonora bem brasileira, de nomes como Criolo, Caetano Veloso, MV Bill e Tom Jobim (90min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 29/6/2013.

Anfiteatro Benjamim de Oliveira (180 lugares). Estrada do Cantagalo, s/nº, Cantagalo, ☎?2267-9834. Sexta, 20h; sábado, 19h; domingo, 18h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes. Até 1º de setembro.

Minotauro

Ao ar livre, a montagem reúne atores, um cantor lírico e músicos com instrumentos de sopro e cordas para contar a história de Agabo, jovem artista da Ilha de Creta. O personagem encara um perigoso labirinto para retratar seu maior medo, o Minotauro, criatura mitológica com cabeça de touro e corpo de homem. Direção de Fernando Maatz (60min). Rec. a partir de 5 anos. Estreou em 13/7/2013.

Museu da República (50 lugares). Rua do Catete, 153, Centro, ☎?3235-3693. Sábado e domingo, 11h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes. Até dia 31.

Clubinho do Jack

No espaço recreativo do Center Shopping, as crianças brincam em oficinas culturais e assistem apresentações de teatro infantil. O espetáculo da vez é A Princesa que transformava palha em ouro, que conta a história de uma moça que vivia com seu pai em uma casa muito pobre. Um dia, ela conhece um duende que dá a ela um dom especial, o de transformar palha em ouro. Porém seu segredo é descoberto pelo Rei, que a tranca no castelo e a obriga a produzir ouro para ele.

Center Shopping, Av. Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. Informações, ☎?3312-5001. Domingos, 13h às 15h. Grátis.

O Reino do Feijão

Na trama, uma baronesa resolve inscrever a feijoada em um grande concurso internacional de gastronomia para salvar o Reino do Feijão Preto ? em decadência após a morte de seu marido. Samba, o porco-compositor, é escolhido para virar ingrediente do prato. Os servos Romão e Mariola enfrentam o dilema: salvam o reino ou evitam que o amigo acabe na panela? Direção de Helton Tinoco (60min). Rec. a partir de 4 anos. Estreou em 4/8/2013.

Centro Cultural Parque das Ruínas (60 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎?2224-3922. Domingo, 11h. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes. Até 27 de outubro.

Brincando com a Galinha Pintadinha

A atração infantil oferece sete atividades gratuitas para as aproveitar o tempo livre e ainda aprender em diversas oficinas. Em um circuito, as crianças de até dez anos poderão conferir o cineminha com desenhos da personagem, o jogo da memória, oficinas de reciclagem de lixo, pintura e música.

NorteShopping. Av. Dom Hélder Câmara, 5474, Cachambi, ☎ 2178-4444. Segunda a domingo, 12h às 20h. Até 25 de agosto.

DANÇA

Dança em Foco

Na 11ª edição do festival que reúne vídeo e dança, 100 obras de 34 países são exibidas em loop. Veja a programação completa em www.dancaemfoco.com.br. Livre.

Teatro Cacilda Becker (150 lugares). Rua do Catete, 338, Catete, ☎?2265-9933, ??Catete. Quarta (14) a domingo (18), das 12h às 21h.

CONCERTOS

Duo Santoro

Em atividade há mais de duas décadas, os gêmeos violoncelistas Paulo e Ricardo Santoro apresentam Bem Brasileiro, o primeiro disco do duo, lançado neste ano. Dedicados a compositores nacionais do século XX, eles interpretam, entre outras obras, Duo (Alexandre Schubert), Bis (Sergio Roberto de Oliveira) e O Trenzinho do Caipira (Villa-Lobos).

Casa da Leitura ? Auditório Clarice Lispector (100 lugares). Rua Pereira da Silva, 86, Laranjeiras, ☎?2557-7437. Sábado (17), 17h. Grátis.

Orquestra Petrobras Sinfônica

O Sexteto de Cordas da Opes faz a sexta apresentação da série Mestre Athayde, que leva música clássica, de graça, a igrejas cariocas. No programa, peças de Mozart (Quinteto para Cordas em Sol Menor, K. 516) e Brahms (Sexteto de Cordas Nº 1, Op. 18). É permitido filmar e fotografar a apresentação, para disponibilização na internet.

Igreja do Sagrado Coração de Jesus (190 lugares). Rua Benjamin Constant, 42, Glória, ☎?2509-0044. Sábado (17), 16h. Grátis.

EXPOSIÇÕES

✪✪✪? Alexandre Mury

Trata-se de um contrassenso: uma individual que exibe obras não de um, mas de dezenas de artistas.

O aparente paradoxo é o mote de Fricções Históricas, exposição de Alexandre Mury na Caixa Cultural. Nome em ascensão, o fluminense de São Fidélis reúne aqui 39 trabalhos,

a maioria evocando obras-primas de grandes expoentes da arte. O próprio Mury se insere em todas as criações, posando no lugar dos personagens originalmente retratados. Assim, assume as feições da mulher pintada por Da Vinci no quadro Mona Lisa, do Adão concebido por Michelangelo para o teto da Capela Sistina, do poeta de cabeça invertida imaginado por Chagall ou da mexicana Frida Kahlo em seus famosos autorretratos. Figuras icônicas, como Joana D?Arc e o faraó Tuntancâmon, também são interpretadas por ele. Brincando com questões de autoria e apropriação, o artista produz um efeito que transita entre o humor e a provocação.

Caixa Cultural ? Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 2544-4080, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 8 de setembro.

Cristina Iglesias

Hoje um nome de destaque na cena contemporânea em seu país, a espanhola Cristina Iglesias começou a ganhar notoriedade em 1993, quando participou da Bienal de Veneza. Habitação de Alabastro, sua obra exposta na cidade italiana, consistia em uma série de placas de pedra, com mais de 100 quilos cada uma, presas a duas paredes, formando uma imagem que evocava um refúgio. Imponente, está entre os dez trabalhos que a artista exibe em Lugar de Reflexão, sua primeira individual no Rio, em cartaz na Casa França-Brasil a partir de quinta (15). A mostra inclui mais uma produção do mesmo gênero, na qual o visitante pode até entrar: trata-se de Habitação de Abraços, criada especialmente para a exposição carioca a partir de um trabalho seu instalado em Inhotim, o renomado centro de arte contemporânea em Brumadinho, Minas Gerais. Outra atração prevista, Vers la Terre lembra um poço natural, com direito a água corrente movimentada por um sistema motorizado. Cristina Iglesias assina obras guardadas em exposições de prestígio, a exemplo do Museu Reina Sofia, em Madri, do Centro Georges Pompidou, em Paris, e da londrina Tate Modern.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 20 de outubro.

Attilio Maranzano/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Ricardo Becker

Apenas uma obra é exibida: trata-se de uma grande estrutura de madeira com placas de vidro, na qual o visitante entra e encontra o chão coberto de espelhos.

Escola de Artes Visuais do Parque Lage ? Cavalariças. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800.

10h às 17h. Grátis. Até 20 de outubro.

✪✪✪?Oratórios ? Relíquias do Barroco Brasileiro

A exposição reúne 55 belos oratórios do século XVII ao XX pertencentes ao acervo do Museu do Oratório, localizado em Ouro Preto, Minas Gerais.

Museu Nacional de Belas-Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, ? Cinelândia. → Terça a domingo,

9h às 21h. Grátis. Até domingo (18).

Abraham Palatnik

Um dos maiores nomes da arte cinética apresenta cerca de 25 trabalhos, produzidos desde 1950. Obras desconhecidas do público, como pinturas em vidro da década de 50, misturam-se a peças no estilo que o consagrou. A partir de R$ 40 000,00.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea,

☎ 2274-3873 e 2540-6446. → Segunda

a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 13 de setembro.

Antanas Sutkus

Lembrado recentemente em mostra nos Correios, o fotógrafo lituano ganha nova exposição, intitulada Nostalgia dos Tempos da Pureza. Aqui, são reunidas cerca de 100 imagens em que os personagens são idosos e crianças.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550,

? Cinelândia. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 22 de setembro.

Cai Guo-Qiang

Nome de ponta da arte contemporânea chinesa, o artista apresenta Da Vincis do Povo. A mostra ocupa o CCBB e o Centro Cultural Correios. No primeiro estão instalações, algumas reunindo objetos criados por camponeses da China. Parte mais famosa de seu trabalho, os desenhos produzidos com queima da pólvora podem ser vistos, em sua maioria, no outro prédio.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda,

9h às 21h. Grátis; Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 23 de setembro.

Crux, Crucis, Crucifixus ? O Universo Simbólico da Cruz

Símbolo associado ao cristianismo, embora marque presença histórica em outras religiões, a cruz é o tema da mostra, que reúne cerca de 150 objetos dos séculos XVIII e XIX. Além das cruzes propriamente ditas, há santos, relicários e oratórios nos quais o símbolo aparece em evidência.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Segunda e quarta a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 23 de setembro.

✪✪✪✪?Haruo Ohara

Japonês radicado desde os 17 anos no Brasil, onde viveu como lavrador, Ohara também se dedicou à fotografia, conquistando renome nessa atividade. Na individual estão 110 registros em preto e branco.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 8 de setembro.

✪✪✪✪?Herança do Sagrado

Cerca de 100 trabalhos, grande parte dos Museus Vaticanos, estão reunidos na mostra. Há nomes de alto relevo histórico entre os artistas, como Ticiano, Fra Angelico, Michelangelo, Leonardo da Vinci e Caravaggio.

Museu Nacional de Belas-Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474, ? Cinelândia. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 13 de outubro.

✪✪✪✪✪?Jacques Henri Lartigue

Primeira retrospectiva do fotógrafo francês no Brasil. São exibidos 225 itens, na maioria encantadores flagrantes de viagens, retratos de amigos e registros de atividades esportivas. A beleza das imagens é valorizada pela montagem impecável da mostra.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 15 de setembro.

✪✪✪?Manabu Mabe

Chove no Cafezal ? Mabe, da Figura à Abstração reúne trinta pinturas e cinco desenhos produzidos entre 1945 e 1959. A seleção mostra como a estética de Mabe, artista japonês que se radicou no Brasil, caminhou da figuração ao abstracionismo.

Caixa Cultural ? Galeria 2. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 8 de setembro.

✪✪✪?Tadeu Jungle

Conhecido por transitar por várias mídias, em particular o cinema e a videoarte, o artista apresenta uma retrospectiva da sua obra em uma única videoinstalação, chamada TAMTA (iniciais de "tudo ao mesmo tempo agora"). Outras obras se espalham pelo Oi Futuro: na área externa, na porta de entrada, no hall do térreo e nas escadas.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 8 de setembro.

Jan Siebert

Nascido em Hamburgo, na Alemanha, Jan Siebert cultiva uma intensa relação com a América Latina. Além das muitas visitas feitas à região em seus tempos de estudante, viveu no México por duas temporadas, antes de se radicar no Brasil, em 2005. Suas experiências por aqui inspiram as dezesseis telas que apresenta no Centro Cultural Light, no Centro, a partir de sexta (16). Parte delas é dedicada a Santos, onde Siebert morou por três anos. Do Rio, cidade que adotou a partir de 2009, aparecem locais como o Vidigal, onde fica seu ateliê, a Rocinha e a Zona Portuária.

Centro Cultural Light. Avenida Marechal Floriano, 168, Centro, ☎?2211-4420. Segunda a sexta, 11h às 17h. Grátis. Até 13 de setembro. A partir de sexta (16).

Fonte: VEJA RIO