DIVERSÃO

É de graça

Confira 20 atrações gratuitas para aproveitar o fim de semana

- Atualizado em

TEATRO

Aquilo que meu olhar guardou para você

O grupo pernambucano Magiluth apresenta uma peça aberta ao público e à cidade na qual acontece, radicalizando a experiência teatral dando a plateia um papel ativo, além levantar reflexões sobre a cidade em que vivemos. Composta por cenas fragmentadas, a montagem traz os atores Erivaldo Oliveira, Giordano Castro, Lucas Torres, Pedro Wagner e Pedro Vilela. Com direção de Luiz Fernando Marques e Grupo Magiluth.

Espaço Cultural Furnas, Rua Real Grandeza, 219, Botafogo. Sábado, 20h, domingo, 19h. Até 30 de junho. Grátis.

peca-gratis.JPG
(Foto: Redação Veja rio)

CRIANÇAS

Tapetes Contadores de Histórias

O grupo narra histórias utilizando tapetes nos quais são costurados cenários e personagens. No espetáculo Bicho do Mato, um jardim de tecido apoia a narrativa de contos populares brasileiros, além de histórias de Ana Maria Machado (A Galinha que Criava um Ratinho) e Ricardo Azevedo (O Cachorro, o Burro, o Porco, a Galinha e o Bode, O casamento da Onça com a Filha da Cutia e A Tartaruga e a Fruta Amarela). Rec. a partir de 4 anos. Reestreou em 2/6/2013.

Parque das Ruínas (75 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎ 2224-3922. Domingo, 11h. Grátis. Até dia 30.

Cena Brasil Internacional

Entre os dezoito espetáculos de cinco países reunidos na programação do festival, três montagens são dedicadas ao público infantil ? e todas são produzidas por trupes vindas do Rio Grande do Sul. Mira, da Cia. De Pernas pro Ar, recorre a bonecos gigantes para apresentar, na terça (11), às 16h, e na quarta (12), às 17h, uma história inspirada na obra do pintor catalão Joan Miró. Em Louça Cinderella, atração de quarta (12) e quinta (13), às 15h, o papel da gata borralheira cabe a uma xícara. Destaque entre as sessões para os pequenos, Circo Minimal, também da Cia. Gente Falante, une mímica, teatro de bonecos e animação de objetos em sessões-relâmpago de quatro minutos, apresentadas em sequência ao longo de 90 minutos, de sexta (14) a domingo (16), sempre a partir das 16h. As peças, gratuitas, serão encenadas nas áreas externas da Casa França-Brasil e do CCBB. Confira a programação completa em abri.o/cena-brasil

Galinha Pintadinha

A turma da Galinha Pintadinha chega ao Center Shopping, em Jacarepaguá, com um programa de atividades para divertir a criançada. As atrações contam com a roda gigante de catorze metros de altura e capacidade para 24 pessoas (R$ 8,00), cenário decorado com pelúcias e imagens de toda a turma, oficinas de pintura e desenho, e o brinquedo ?ovos giratórios? com capacidade para até seis crianças cada. A área de lazer da Galinha Pintadinha tem a classificação livre e todas as atividades são gratuitas. Haver[a ainda o Clubinho do Jack, projeto semanal que oferece oficinas culturais e uma atração principal, neste final de semana será a peça 20 mil Léguas Submarinas.

Center Shopping, Av. Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. Informações, ☎?3312-5001. Até 29 de junho. Grátis.

Burburinho

Mão na roda para papais e mamães, o programa reúne, no mesmo espaço, produtos infantis de grifes diversas ? daDida, Daniela Santos, Ilustrices, Filhas de Maria, Kidme, Lulu Botão, Mini Humanos, Pakatutti, Rabispixa, Use cute e Zebras são algumas confirmadas. O que faz do Burburinho uma feira diferente, no entanto, é a variedade de atrações disponíveis para os pequenos. Na próxima edição do evento, no domingo (16), a turminha vai se divertir com os grupos de contadores de histórias Meleka de Jacaré, às 10h30, e Deixa q?eu Animo, às 14h. As apresentações musicais ficarão aos cuidados dos grupos Partícula (15h), Na Casca do Ovo (16h) e Panos pra Manga (18h). Também estão previstas oficinas de criação de joias, de 17h a 19h, e de plantio de mudas (13h30 a 14h30). Entre uma brincadeira e outra, os participantes podem matar a fome com itens do Empório da Papinha, referência em comidinhas orgânicas. Pequenos e responsáveis menos preocupados com o cardápio politicamente correto ainda encontram dois clássicos das guloseimas: cachorro-quente da Geneal e sorvete Alex.

Solar das Palmeiras. Rua das Palmeiras, 35, Botafogo, ☎?8484-0045. Domingo (16), 10h às 19h. Grátis.

Carla Costa/divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

FESTAS

Arraiá de Namorados

Para celebrar o Dia dos Namorados e acender o coração dos casais apaixonados, o West Shopping promove o Arraiá de Namorados. Haverá barraquinhas com brincadeiras, como jogo de argola, boca do palhaço e pescaria, além do tradicional correio do amor. Também haverá animadores e atrações musicais gratuitas a cada dia de festa,

West Shopping, Estrada do Mendanha, 555, Campo Grande. Informações, ☎ 3178-9501. Sexta (14), 17 às 22h; sábado (15), 12h às 22h; domingo (16), 12h às 21h.

CONCERTOS

Coral Israelita Brasileiro

Composto de mais de setenta vozes, o grupo, que no próximo ano completa seis décadas de atividade, se exibe ao lado do pianista Waldemar Gonçalves. No espetáculo, que tem regência de Abrahão Rumchinsky, serão apresentadas obras de compositores israelenses como Salomon Rossi, Uzi Hitman, Nira Chen, Mordechai Zeira e Yaakov Orland. O concerto integra o programa Música no Museu.

Clube Hebraica (200 lugares). Rua das Laranjeiras, 346, Laranjeiras, ☎ 2557-4455. Sábado (15), 20h. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes.

EXPOSIÇÕES

World Press Photo

Sediada em Amsterdã, na Holanda, a renomada fundação World Press Photo promove anualmente um concurso aberto a fotojornalistas de todo o planeta. Escolhidas por um júri de especialistas, as melhores imagens recebem prêmios e integram uma exposição itinerante que passa por mais de oitenta cidades. No Rio, a 56ª edição da mostra está em cartaz na Caixa Cultural. Foram reunidas 154 fotos, feitas por 54 profissionais de 32 nacionalidades. O alentado panorama inclui de tudo um pouco: há flagrantes de guerra, violência urbana, esportes, cotidiano de pessoas comuns, natureza e personalidades da cultura. Em comparação com a seleção passada, a impressão é que há agora mais trabalhos voltados para desvendar a miséria humana. É triste exemplo disso a obra vencedora do prêmio máximo, do sueco Paul Hansen, em que crianças palestinas mortas, vítimas de um míssil de Israel, são carregadas por uma multidão. O conflito pelo poder na Síria também é objeto de mais de uma dezena de fotografias. Em algumas ampliações, a poesia e a esperança emergem do cenário mais improvável. É o caso do clique do americano Micah Albert, que mostra uma catadora de lixo queniana entretida com um livro achado em meio aos dejetos.

Caixa Cultural ? Galeria 4. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até dia 23.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

¬Jacques Henri Lartigue

Aclamado como um dos maiores fotógrafos do século XX, o francês ¬Jacques Henri Lartigue (1894-1986) se considerava um amador nessa atividade ? dizia-se pintor, e suas telas chegaram, inclusive, a ter certa notoriedade entre os anos 20 e 30. Só em 1963, após uma exposição no Museum of Modern Art de Nova York, seu talento com a câmera passou a ser amplamente conhecido. Essa parte de sua obra é celebrada em Jacques Henri Lartigue ? A Vida em Movimento, a primeira retrospectiva do artista no Brasil, em cartaz a partir de sábado (15) no Instituto Moreira Salles. Serão exibidos 225 itens, na maioria belos flagrantes de viagens, retratos de amigos e registros de atividades esportivas, a exemplo de corridas de carros. Completam o acervo fac-símiles de páginas de diários e álbuns, vistas este¬reos¬cópicas (processo que produz efeito tridimensional), cromos e filmes.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 15 de setembro. A partir de sábado (15).

Um Outro Olhar: Coleção Roberto Marinho

A coletiva reúne 202 obras da coleção do jornalista Roberto Marinho. Diversas técnicas marcam presença, criadas por nomes de relevo, a exemplo de Guignard, Djanira, Iberê Camargo, Di Cavalcanti, Volpi e Tarsila do Amaral.

Paço Imperial. Praça XV de Novembro, 48, Centro, ☎ 2215-2093. Terça a domingo, 12h às 18h. Grátis. Até 11 de agosto. A partir de sexta (14). www.pacoimperial.com.br.

✪✪✪?Antonio Bandeira

Grande nome do abstracionismo informal no Brasil, o pintor cearense é celebrado na individual Da Razão à Sensibilidade. No acervo estão 69 obras, entre pinturas, aquarelas e desenhos que traçam um bom panorama da evolução do seu trabalho.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até domingo (16). www.correios.com.br.

✪✪✪✪?Fotolivros Latino-Americanos

A ótima mostra apresenta livros de fotografia da América Latina publicados desde os anos 1920. São 66 títulos, além de fotos e vídeos produzidos a partir das próprias publicações. Vale deter-se diante das obras de dois brasileiros: Miguel Rio Branco e José Medeiros.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h.

Até domingo (16).

Carmela Gross

Escadas é o nome da obra que batiza a exposição: uma série de escadas com centenas de lâmpadas fluorescentes acopladas aos degraus e às traves. A mesma evocação ainda está presente em Escada de Emergência, trabalho exibido em uma das salas laterais, constituído de dois desenhos de escadas feitos com lâmpadas em forma de tubo, verdes e vermelhas, sobre tripés metálicos. Outros dois trabalhos completam o acervo.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até 28 de julho.

✪✪✪?Charlotte Rampling ? Álbuns Secretos

A atriz francesa é fotografada e fotógrafa nesta mostra organizada pela parisiense Maison Européenne de la Photographie. No primeiro caso, ela aparece em 26 poses, clicadas por nomes importantes como Helmut Newton e Cecil Beaton. Seu interesse pelo tema surge em uma série de fotos que ela própria tirou, em momentos de intimidade, reunidas em reproduções e quatro vídeos.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 21 de julho.

✪✪✪?Elles: Mulheres Artistas na Coleção do Centro Pompidou

Concebida pela instituição francesa, a mostra reúne 115 trabalhos de mais de cinquenta mulheres, produzidos entre 1907 e 2010. O acervo traz nomes como Frida Kahlo, Nan Goldin, Lygia Pape e Louise Bourgeois.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Terça a domingo, 9h às 21h. Grátis. Até 14 de julho.

Expo(r) Godard ? Viagens em Utopia

Nome fundamental da nouvelle vague, o cineasta ¬Jean-Luc Godard é homenageado nesta mostra, que conta com projeções, totens interativos e objetos pes¬soais do diretor.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 7 de julho.

FotoRio 2013

Individuais de doze fotógrafos estão reunidas no CCJF. São eles Alexandre Hypolito, Ana Stewart, Cláudia Jaguaribe, Kitty Paranaguá, Luciana Avellar, Marcos Bonisson, Peter Lucas, Renan Cepeda, Rodrigo Braga, Rogério Reis, Susana Dobal e Thomas Valentim.

Centro Cultural Justiça Federal. Avenida Rio Branco, 241, Centro, ☎ 3261-2550, ? Cinelândia. Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 21 de julho.

✪✪✪✪?Newton Rezende

A retrospectiva reúne 93 trabalhos de Rezende (1912-1994), boa parte do auge da produção do artista, nas décadas de 60 e 70. Dotadas de notável riqueza cromática, na maioria com intervenções de colagem, as telas dividem espaço com desenhos.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, domingo e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até 28 de julho.

Rosana Ricalde

Dezesseis trabalhos, entre os quais pintura, escultura, objeto e instalação, sendo quatro inéditos, compõem a individual Poemas Pendurados. Todos evocam a ideia de texto e de livro.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h. Grátis. Até 11 de agosto.

Genesis

Em cartaz no Jardim Botânico, a exposição Genesis, de Sebastião Salgado, um dos principais nomes da fotografia na atualidade, mostra os recantos mais remotos do planeta para destacar a importância de preservar esses santuários que sobrevivem ao mundo moderno. São, ao todo, 245 fotos em preto e branco, tiradas em mais de 30 regiões de pontos extremos do planeta.

Museu do Meio Ambiente, Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎ 2294-6619. Terça a domingo, 9h às 17h. Até 26 de agosto.

Fonte: VEJA RIO