DIVERSÃO

É de graça

Confira 19 atrações gratuitas para o fim de semana

- Atualizado em

SHOWS

Cristina Braga e Dado Villa-Lobos

A instrumentista da orquestra do Theatro Municipal e o ex-integrante do Legião Urbana, hoje em carreira-solo, apresentam o espetáculo A Harpista e o Roqueiro, fruto de parceria iniciada em 2010. Ao vivo, a dupla mistura a escola erudita da harpa de Cristina com a pegada roqueira da guitarra de Dado, em arranjos que vão de Trenzinho Caipira (Heitor Villa-Lobos) a Geração Coca-Cola (Legião), passando por Brasileirinho (Waldir Azevedo) e Águas de Março (Tom Jobim). No palco, são acompanhados por Ricardo Medeiros (violão e baixo), João Carlos Coutinho (teclado) e Joca Moraes (bateria). Livre.

Espaço Furnas Cultural (192 lugares). Rua Real Grandeza, 219, Botafogo, ☎?2528-5166. Sábado (4), 20h. Domingo (5), 19h. Grátis. Distribuição de senhas uma hora antes.

cristina-braga-e-dado-villa-lobos.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Hamilton de Holanda

Virtuose do bandolim de dez cordas, o músico brasiliense é a próxima atração da série Sesi In Jazz Festival, que já levou para o mesmo palco, no Largo do Machado, João Bosco e Leny Andrade. Músico prestigiado, responsável pela execução de bela interpretação do Hino Nacional na posse do ministro Joaquim Barbosa, em novembro de 2012, Holanda é acompanhado por Thiago da Serrinha (percussão) e André Vasconcellos (baixo). Ele desfia novas composições, além de temas da série Caprichos, inspirada nas obras homônimas de Paganini. Com o convidado da noite, o violonista Marcel Powell, divide composições do repertório de Chico Buarque e Baden Powell, pai de Marcel. Livre.

Largo do Machado. Informações, ☎?2511-5947. Sábado (4), 18h. Grátis.

DANÇA

Companhia Staccato/ Paulo Caldas

Em seu projeto de ocupação do espaço, a companhia mostra a instalação Grafismos, com projeções sobre o corpo de oito bailarinos em movimento. Em seguida, quatro artistas dedicados ao hip-hop apresentam a coreografia Deriva Quad, inspirada na peça Quad, escrita para a TV por Samuel Beckett. Direção de Paulo Caldas (60min). Livre.

Espaço Cultural Municipal Sérgio Porto (30 lugares). Rua Humaitá, 163, Humaitá, ☎?2535-3846. Quinta a

sábado, 20h; domingo, 19h. Grátis. Até 10 de maio. Estreia prometida para quinta (2). Grátis.

CONCERTOS

Rio Harp Festival

Fundador e incansável coordenador da série Música no Museu, de concertos gratuitos em centros culturais, Sergio da Costa e Silva criou, em 2006, programação dedicada a um instrumento específico. Bem acolhido pelo público, o Rio Harp Festival chega à oitava edição. Ao longo de maio, a partir de quarta (1º), quarenta harpistas de 26 países apresentam-se em onze cidades brasileiras ? o Rio concentra a maioria das apresentações. São esperados nomes importantes, a exemplo de Ronith Mues, primeira harpista da Orquestra da Alemanha, escalada para sábado (4), às 12h30, no CCBB, e do russo Alexander Boldachev, que toca no mesmo dia e no mesmo espaço, às 20h. O gracioso Atlantic Harp Duo, das americanas Marta Power Luce e Elizabeth Jaxon, tem três datas: a primeira, com programa que inclui Granados e Chopin, acontece no domingo (5), às 18h, no Parque das Ruínas.

CCBB ? Teatro II (155 lugares). Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎?3808-2020. Sábado (4), 12h30 (Ronith Mues) e 20h (Alexander Boldachev). Grátis. Parque das Ruínas (150 lugares). Rua Murtinho Nobre, 169, Santa Teresa, ☎?2224-3922. Domingo (5), 18h (Atlantic Harp Duo). Grátis.

Quinteto de Sopros da Orquestra Petrobras Sinfônica

Marcelo Bomfim (flauta), José Francisco Gonçalves (oboé), Igor Carvalho (clarineta), Josué Silva (trompa) e Elione Medeiros (fagote) compõem o quinteto. No programa, obras de Franz Danzi, Giuseppe Verdi, Osvaldo Lacerda e Paul Hindemith. Dedicada à popularização da música clássica, a apresentação pode ser filmada e fotografada e compartilhada na internet.

Igreja Santa Cruz dos Militares (190 lugares). Rua Primeiro de Março, 36, Centro, ☎?2221-1389. Sábado (4),

16h. Grátis. Senhas distribuídas meia hora antes.

CRIANÇAS

Praça dos Dinossauros

Escondida no fim da Rua Saboia Lima, na Tijuca, é um lugar encantador para a turminha mais nova, de até 6 ou 7 anos. Um antigo morador instalou, em meio ao farto verde da praça, e até no Rio Trapicheiros, logo ao lado, réplicas, feitas de alvenaria, de personagens de histórias infantis e bichos, muitos bichos: a lista vai do jacaré, dentro do riacho, a um dinossauro enorme, com as costas em forma de escorrega, passando por rinoceronte, zebra, camelo, urso panda... A rua, sem saída, tem uma cancela, mas o trânsito é livre.

Praça Hans Klussmann. Rua Saboia Lima, s/nº, Tijuca.

Clubinho do Jack

No Dia do Pintor, o Center Shopping promove oficina de pintura em tela para crianças, além da história do marinheiro Popeye. Produzida pela Cia Nosso Riso e Macacos de Imitação, a montagem conta a história do avô do marinheiro que, antes de se alistar na marinha, escondeu um grande tesouro em uma ilha perdida. Em busca da fortuna, Popeye, sua namorada Olívia e o atrapalhado Brutos embarcam nesta viagem cheia de aventuras.

Center Shopping, Av. Geremário Dantas, 404, Tanque, Jacarepaguá. Informações, ☎?3312-5001. Domingo (5), 13h às 15h. Grátis.

ESPECIAL

Discos à venda

Na sétima edição, a Feira de Discos de Vinil do Rio de Janeiro reúne 65 expositores. Além de LPs, estarão à venda vitrolas, acessórios e camisetas. DJs completam o programa.

Instituto Bennet. Rua Marquês de Abrantes, 55, Flamengo. Informações, ☎?2256-8634. Domingo (5), 12h às 20h. Grátis.

Exposição de orquídeas

Oficinas, palestras, workshops e até teatro infantil fazem parte da programação, mas a atração principal é Orquídeas no Jardim, exposição de flores que volta a ocupar o Jardim Botânico.

Museu do Meio Ambiente. Rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico, ☎?2512-7204 e 2233-2314. Sexta (3) a domingo (5), 9h às 17h. Grátis.

Lançamento de livro

Isabel Diegues e Frederico Coelho lançam Desdobramentos da Pintura Brasileira do Séc. XXI (Editora Cobogó, 288 págs., R$ 160,00). Organizado pela dupla, o livro reúne mais de 160 obras de trinta artistas brasileiros. Nomes presentes na publicação, Luiz Zerbini, Laura Lima e Rafael Alonso participam de um debate no dia do lançamento.

A Gentil Carioca Lá. Avenida Epitácio Pessoa, 1674, sala 401, ☎?2523-1157. Quinta (2), 19h. Grátis.

EXPOSIÇÕES

Felipe Barbosa

Na primeira exposição do ano nas Cavalariças da EAV, Todo Movimento É Sempre Circular, o artista apresenta cinco esculturas feitas de objetos banais, como pneus e pilhas.

Escola de Artes Visuais do Parque Lage ? Cavalariças. Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico, ☎ 3257-1800. 10h às 17h. Grátis. Até 29 de junho. A partir deste sábado (27). www.eavparquelage.rj.gov.br.

✪✪✪?Laercio Redondo

Em Contos sem Reis, o artista promove um diálogo com a história e a arquitetura da Casa França-Brasil. Chamam atenção as obras nas quais Redondo se apropria de imagens do livro Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil, de Jean-Baptiste Debret.

Casa França-Brasil. Rua Visconde de Itaboraí, 78, Centro, ☎ 2332-5120. Terça a domingo, 10h às 20h. Grátis. Até domingo (5).

✪✪✪?Rubem Grilo

Retrospectiva, com 112 xilogravuras, de um dos maiores gravadores brasileiros.

Museu Nacional de Belas Artes. Avenida Rio Branco, 199, Centro, ☎ 2219-8474,

? Cinelândia. → Terça a sexta, 10h às 18h; sábado, domingo e feriados, 12h às 17h. Grátis. Até domingo (5). www.mnba.gov.br.

Antonio Dias

Para Onde Vai a Libido? traz aquarelas e colagens de meados dos anos 80, feitas em papel do Nepal.

Mul.ti.plo Espaço Arte. Rua Dias Ferreira, 417, sala 206, Leblon, ☎ 2259-1952. Segunda a sexta, 10h às 18h30; sábado, 10h às 14h. Grátis. Até 22 de junho.

www.multiploespacoarte.com.br.

Danielle Carcav

Em A Noite e Outros Silêncios, a artista apresenta treze trabalhos, entre pinturas e aquarelas. R$ 7 000,00 a R$ 19 000,00.

Luciana Caravello Arte Contemporânea. Rua Barão de Jaguaripe, 387, Ipanema, ☎ 2523-4696. Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 11h às 14h. Grátis. Até 18 de maio. www.lucianacaravello.com.br.

✪✪✪✪?Fotolivros Latino-Americanos

A ótima mostra apresenta livros de fotografia da América Latina publicados desde os anos 1920. São 66 títulos, além de uma seleção de fotos e vídeos produzidos a partir das próprias publicações. Vale se deter diante das obras de dois brasileiros: Miguel Rio Branco e José Medeiros.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 16 de junho.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

✪✪✪?Lugar Nenhum

Oito artistas brasileiros estão reunidos: os pintores Rodrigo Andrade, Marina Rheingantz e Ana Prata, além dos fotógrafos Celina Yamauchi, Lina Kim, Luiza Baldan, Rubens Mano e Sofia Borges. O acervo conta com 56 obras que, em sua maioria, evocam lugares vazios e anônimos.

Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas de terça a sexta, às 17h. Até 2 de junho.

✪✪✪?Marta Jourdan

Obras em movimento transformam o estado da matéria, evocando o efêmero através do flagrante de instantes mínimos. Essa é uma definição adequada, mas inevitavelmente presunçosa, para a individual da artista carioca. É melhor, e recompensador, tomar o rumo da Galeria Laura Alvim. Uma das salas abriga onze esculturas com recipientes de vidro que deixam pingar água sobre ferros de passar ligados, virados para cima ? o metal quente faz evaporar as gotas. Em outra criação, um dispositivo derrete barras de estanho, produzindo gotas sólidas. Logo na entrada, Óleo, um tanque de alumínio cheio da substância que dá nome ao trabalho, gira em alta velocidade, acionado por um botão, desfazendo a imagem refletida sobre o líquido. Súbita Matéria tem efeito hipnótico sobre a plateia: produzido com câmera de altíssima velocidade, o filme captura detalhes imperceptíveis ao olho humano. Com formação em teatro e cinema, Marta Jourdan estudou técnicas de construção de objetos cênicos em Paris ? esses detalhes de seu currículo ajudam a explicar o impacto dramático do acervo sobre o visitante.

Galeria Laura Alvim. Avenida Vieira Souto, 176, Ipanema, ☎ 2332-2017. Terça a domingo, 13h às 21h.

Grátis. Até 12 de maio.

Newton Rezende

A retrospectiva reúne 93 trabalhos de Rezende (1912-1994), boa parte do auge da produção do artista, entre as décadas de 60 e 70. Dotadas de notável riqueza cromática, na maioria com intervenções de colagem, as obras dividem espaço com desenhos.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica. Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Segunda a sexta, 12h às 20h; sábado, domingo e feriados, 11h às 17h. Grátis. Até 28 de julho.

Fonte: VEJA RIO