BEBIDA

O roteiro do dry martini

No aniversário de 100 anos do drinque, listamos as variações mais saborosas e criativas do dry martini presentes nos cardápios cariocas. Confira ainda as receitas e prepare a bebida em casa. Experimente!

Por: Louise Peres - Atualizado em

martini-dry.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Gim inglês, vermute francês, azeitonas ou um toque de limão para arrematar: um clássico centenário, e que parece nunca ter saído de moda. Criado nos Estados Unidos, em 2012 o dry martini completa 100 anos de seu surgimento e segue com o prestígio em alta, com presença cativa nas cartas de drinques e mesas de bar mundo afora. A receita é aparentemente simples: bastante gim, geladíssimo, e pouquíssimo vermute - quanto menos deste último, mais forte é o aspecto "dry" (seco) do drinque. Diz a lenda que nos Estados Unidos, na época da Lei Seca (entre 1920 e 1933, uma lei federal baniu as bebidas alcoólicas do país), reinavam os chamados martinis molhados: o gim contrabandeado era de tão baixa qualidade que, contrariando a receita original, o vermute era adicionado em grande quantidade para disfarçar o sabor ruim da bebida.

Ao longo de um século de existência, pipocaram ínumeras criações em torno da mistura original. Nos bares do Rio, o que não faltam são variações inventivas para o clássico dry martini. Para guiar você, VEJA RIO fez uma seleção de pedidas que merecem ser provadas, com suas respectivas receitas. Antes de colocar a mão na massa, confira ainda um vídeo do mixólogo Alex Mesquita, do bar Paris, na Casa de Arte e Cultura Julieta de Serpa, que dá os truques para preparar a versão clássica do drinque centenário. Aprenda com ele no vídeo e replique as técnicas nas dez receitas que você encontra abaixo. Tin tin!

Dry martini: faça você mesmo

[---V---]

Paris

A versão ensinada no vídeo é a clássica (R$ 27,00). Veja abaixo os ingredientes.

Ingredientes

50 ml de gim Bombay Sapphire

10 ml de vermute Noilly Prat

2 azeitonas verdes

8 cubos de gelo

Modo de fazer

Resfrie a taça martini com 4 cubos gelo. Em um copo grande de vidro, com 8 cubos de gelo, acrescente 50 ml de gim, 10 ml de vermute e misture os ingredientes com uma colher bailarina. Dispense o gelo da taça, e com o auxílio de um coador, coloque a bebida na taça.

Paris. Praia do Flamengo, 340, Flamengo , tel. 2551-1278; terça a sexta, de 12h às 15h30 e a partir das 19h; sábado a partir das 19h; domingo, de 12h às 15h. O bar lounge funciona a partir das 17h e, aos domingos, no horário do almoço.

Alcaparra

Preparado pelo barman Farias, o dry martini (R$ 16,95) é um dos sucessos da casa. O segredo, segundo ele, é deixar o gim bem gelado e não passar a bebida pela coqueteleira.

Ingredientes

Gin Tanqueray (pode ser substituído por outro gin de qualidade)

Vermute Noilly Prat

1 limão

Azeitonas

Modo de fazer

Gele o gim e coloque-o em uma taça. Acrescente duas gotas de Noilly Prat e reserve. Raspe a casca do limão e passe-a na borda da taça de martini. Transfira a bebida de uma taça para a outra, acrescente as azeitonas e sirva.

Alcaparra. Praia do Flamengo, 150, Flamengo, tel. 2558-3937. Diariamente, de 12h à 1h.

Aprazível

A carta de bebidas da casa em Santa Teresa oferece opções variadas, além do dry martini tradicional (R$ 25,00). Entre os drinques estilizados sobressai o mango martini (R$ 23,00).

Ingredientes

Vodka aromatizada de manga

Suco de manga

Licor parfait amour (licor de casca de laranja e baunilha)

Modo de fazer

Deixe a taça martini resfriando. Coloque sete pedras de gelo no mix glass, adicione a vodca, o suco e mexa bem. Transfira para a taça e finalize com o licor.

Aprazível. Rua Aprazível, 62, Santa Teresa, tel. 2508-9174. Terça a sábado, de 12h às 23h; domingos e feriados, de 12h às 18h.

Astor

O bar paulista serve uma seleção de martinis variados em sua filial carioca. Entre eles destaca-se um saído da literatura, criado por nada mais nada menos do que James Bond. No livro Cassino Royale, de Ian Fleming, o coquetel é ensinado por 007 ao barman do cassino. Em seguida, o agente conhece Vesper Lin, sua primeira bond girl, e dá o nome da moça à sua nova versão para o dry martini: the vesper (R$ 23,00). Aprenda abaixo a prepará-lo.

martini-vesper.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ingredientes

60 ml de gim

20 ml de vodca

10 ml de vermute seco

Raspa de limão siciliano

Modo de fazer

Ponha pedras grandes de gelo na taça martini, para resfriá-la. Em uma coqueteleira, adicione o gim, a vodca e o vermute. Complete a coqueteleira com o máximo possível de gelo. Feche e bata o conteúdo. Coe o drinque e despeje a mistura na taça gelada, já sem as pedras de gelo. Finalize adicionando uma raspa de limão siciliano.

Astor. Avenida Vieira Souto, 110, Ipanema, tel. 2523-0085. Segunda a quarta, de 18h à 1h; quinta, 18h às 2h; sexta e sábado, 12h às 3h; domingo, 12h-22h.

Do Horto

Aos pés do Cristo, o bar e restaurante Do Horto também incluiu uma versão do clássico dry martini (R$ 16,00) em sua carta de drinques. A receita usada pela proprietária da casa, Samantha Rodrigues, é a seguinte:

Ingredientes

60 ml de London dry gim

3 gotas de vermute seco

3 pedras de gelo

1 pitada de sal

Gotas de limão

1 azeitona

Modo de fazer

Resfrie a taça por 20 minutos no congelador. Em seguida, esfregue o limão (com a casca) na borda da taça e uma ligeira pitada de sal. Na coqueteleira, coloque o dry gim, o gelo e bata. Coloque o gelo no copo, adicione as 3 gotas de vermute seco, 2 gotas de limão e misture com o auxílio de uma colher. Decore com uma azeitona espetada no palito no fundo da taça e sirva.

Do Horto. Rua Pacheco Leão, 780, Jardim Botânico, tel. 3114-8439. Terça a domingo, de 12 às 2h.

Horse?s Neck

No bar do Sofitel, a pedida é a receita clássica do dry martini (R$ 24,00).

Ingredientes

1 dose de gim

10 gotas de Noilly Prat (vermute francês)

Gelo

Azeitonas

Casca de limão

Modo de fazer

Coloque os ingredientes no mixer, com cubos de gelo. Mexa bem. Coe sobre uma taça gelada de martini. Para finalizar o drinque, decore com uma azeitona ou twist de limão (casca do limão). A casa destaca a importância da taça martini: é ela que garante que o líquido permaneça bem gelado. Quando beber, segure sempre pela haste para não transferir calor das mãos para o drinque.

Oui Oui

Uma criação da sócia Danni Camilo em parceria com o barman João Jourdan é a dica no Oui Oui. Por lá, peça o martini tropical de melancia e maracujá.

martini-tropical.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ingredientes

50 ml de polpa de melancia (bater só a fruta, sem água)

50 ml de suco de maracujá

50 ml de vodka de boa qualidade

10 ml de vermute Noilly Prat

Modo de fazer

Bata todos os ingredientes numa coqueteleira com uma pedra de gelo somente (só para gelar o drinque, sem aguar), coe e sirva num copo de dry martini. Dica: use uma melancia bem fresca e doce, para que o drinque não precise ser adoçado e o sabor azedinho do maracujá sobressaia junto ao toque adocicado da melancia.

Oui Oui. Rua Conde de Irajá, 85. Humaitá, tel. 2527-3539. Segunda a sexta, de 12h às 15h (almoço); terça a sexta, de 19h30 à 1h. Sábados e feriados, de 20h à 01h30 (jantar).

Q

A bartender do gastrobar, Lara Jennings, criou duas opções de dry martini. Aqui, apresentamos o lemon grass (R$ 23,00), feito com Absolut Citron, capim-limão, Limoncello e carambola.

q-lemon.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ingredientes

3 folhas de capim-limão

1/3 de uma carambola

50 ml de Absolut Citron

10 ml de suco de limão siciliano

10 ml de licor Lemon Grass Marie Brizard

10 ml de Limoncello

Gelo

Modo de fazer

Num Boston Shake, macere primeiro o capim-limão, acrescente a carambola e triture-a também. Coloque os outros ingredientes, bata com vigor e coe numa taça martini previamente gelada. Decore com um capim limão.

Q. Rua Dias Ferreira, 617, Leblon, tel. 2113-0564/0594. Diariamente, das 18h à 1h.

Stuzzi

No Stuzzi Bar, o barman Vitor Barros criou uma releitura com o violet martini (R$ 24,00), às base de Hendrick´s - um gin contemporâneo, xarope de violeta, espumante rosé, Absolut Vanila e limão siciliano.

martini-violet.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ingredientes

50ml de Hendricks

15ml de xarope de violeta

100 ml de espumante

10 ml de vodca Absolut Vanilla

Casca de limão siciliano

Modo de fazer

Resfrie a taça martini com pedras de gelo. No mixing glass (copo de preparo de drinques), adicione bastante gelo, o gim, o xarope e a vodca. Mexa rápido, por cerca de 20 segundos. Acrescente o espumante e despeje-o na taça, passando por uma dupla coagem. Torça a raspa de limão por cima, para deixar apenas o aroma.

Stuzzi. Rua Dias Ferreira, 48, Leblon, tel. 2274-4017. Segunda a quarta, de 19h à 1h; quinta a sábado, de 19h às 3h; e domingo, de 16h à 0h.

Venga!

Ex-funcionário do lendário bar Dry Martini, em Barcelona, o mixologista João Eusébio criou a nova carta de drinques do bar de tapas e nela incluiu duas opções versões de martini: o madrid (R$ 27,00), feito com gin, vermute rosso, bitter de laranja, licor maraschino e licor de canela, e o granada (R$ 25,00), cuja receita você confere abaixo, à base de rum, Pedro Ximenez e licor de lichia.

granada-rum.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Ingredientes

40ml de rum

30ml de Pedro Ximenez (Fernando Castilla)

20ml de licor lichia

5g de casca de laranja

150g de gelo

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes no mixing glass com gelo. Mexa durante 15 segundos. Sirva em uma taça de martini gelada e decore com um twist de laranja.

¡Venga! Ipanema. Rua Garcia D?Ávila 147 loja B, Ipanema, tel. 2247-0234. Segunda a quarta de 12h à 0h; quinta a sábado, de 12h à 1h; sábado e domingo, de 12h à 0h.

Fonte: VEJA RIO